Abrir menu principal

Wikipédia:Esplanada/Arquivo/2014/Agosto

Nuvola apps ark.png
Arquivos da Esplanada

Índice

AnúnciosEditar

Renovação do mandato como verificadorEditar

Pessoal, meu mandato como verificador acaba em 21/09/2014 e, por isso, abri um pedido de renovação aqui. José Luiz disc 01h27min de 5 de agosto de 2014 (UTC)

Visita e Anasuya e Asaf ao BrasilEditar

 
Da esquerda para direita em pé: Asaf, Fábio Azevedo (lechat), Jurema, Jo Lorib, Helder, Lugusto, Rafael Pezzi, Luiza, Joice, Fábio Barros, Lucas Teles, Sturm, Argenton, Márcio Assim. Da esquerda para direita abaixados: Jorge Maks, Morreti, Mazuco, Braz Lemes, Raylton, Jonas, Vini, Everton e Patrício.

Colegas,

Hoje, entre as atividade do Wikimania, nós, brasileiros presentes, conversamos diretamente com Anasuya e Asaf e é com satifação que anuncio que eles virão nos visitar no Brasil.

Aguardem um comunicado oficial, mas a expectativa é que nos dias 29, 30 e 31, os recebamos em São Paulo para uma reunião com a comunidade de voluntários brasileiros a respeito do futuro do movimento Wikimedia Brasil. Discutiremos como nos organizaremos e como nos relacionaremos com WMF daqui para diante.

Alguns aqui, talvez não estejam familiarizados com a atuação off-wiki do movimento Wikimedia Brasil. Neste caso, por favor, não hesitem em entrar em contato comigo.

Um grande abraço, Lechatjaune msg 18h44min de 9 de agosto de 2014 (UTC)

Criei uma página sobre o encontro em Futuro da Wikimedia Brasil. --everton137 (discussão) 19h25min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
Everton137, seria pedir demais que a página fosse criada aqui? Ou que me informasse como vigiá-la sem ter que alternar entre sites? José Luiz disc 20h18min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
Sim, seria, Wikimedia envolve mais do que Wikipédia. Ativa nas suas preferências de usuário de lá para receber novidades da lista de vigiados por e-mail e adiciona a página aos vigiados. Lugusto 20h20min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
Hmmm. No meu caso, prefiro que contem o que "envolve mais do que Wikipédia" nos países lusófonos. Agradeço de qualquer forma. José Luiz disc 21h18min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
jbribeiro1, tenho usado um script para obter uma lista de mudanças em páginas vigiadas cross-wiki (em "Especial:Páginas vigiadas/cw"). Se também quiser ser "cobaia", passo os detalhes via página de discussão... Helder 20h34min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
De coração, agradeço. Mas já vi qual é o espírito pelo post anterior. Desvigiei esta página. José Luiz disc 21h18min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
Fiz um mea-culpa ao José Luiz em sua página de discussão pela impressão que meu excesso de síntese causou nele e incluí alguma explicação adicional. Colo essa parte aqui, para quem se interessar:
É um pouco mais do Wikipédia, apesar de também a incluir e receber certa atenção de destaque, por ser o maior e mais famoso de todos os projetos. Mas também objetiva incluir esforços para localizar e gerar mídias livres (o que se encaixa mais ao Wikimedia Commons), localizar e preservar materiais textuais pré-existentes em domínio público e/ou de licenciamento livre (escopo do Wikisource), desenvolver dados estruturados para uso em web semântica (escopo do Wikidata), dentre outros. Nisso, acaba sendo mais prático ter uma página centralizada do que uma em cada um dos wikis.
BTW Não se preocupem, não sou assim tão raivoso pessoalmente, e pela Internet sou só de vez em quando =). Lugusto 21h36min de 9 de agosto de 2014 (UTC)

────────────, como o Lugusto explicou, o encontro visa uma discussão com os voluntários dos projetos Wikimedia em geral (Wikipédia, Wikiversidade, Commmons etc.), assim como os rumos de muita coisa que vem sendo feito pela Wikimedia Foundation no Brasil e sua relação com os voluntários. Por isso criei na página da Wikimedia Brasil a página desse encontro. Entendo a dificuldade em vigiarmos mais de um wiki, quando eu trabalhava para a WMF era uma dor de cabeça, pois eu tinha que olhar todos dias bastante atento pelo menos 2 wikis (meta, Wikipédia, Wikimedia Brasil e Office wiki, entre outros). Depois quero testar essa solução do Helder, não conhecia. Zé, acho que não podemos generalizar o "espírito aqui" por causa de uma reação, certo? Acho super importante esse encontro! Abraços, --everton137 (discussão) 00h19min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Pessoal, a fim de fomentar a participação dos voluntários brasileiros, haverá financiamento para a viagem e presença de um intérprete. Os interessador em tomar parte do encontro, por favor, coloquem o nome na página. Lechatjaune msg 09h46min de 10 de agosto de 2014 (UTC)

Reforço o convite. Esse é um momento muito importante para a comunidade pensar o futuro. Mesmo quem não puder ir, está convidado a compartilhar as suas ideias e projetos. Vinicius Siqueira MSG 22h31min de 12 de agosto de 2014 (UTC)

Message from WMF

Dear fellow Wikipedians,

(this message is about work in Brazil. Non-Brazilian lusophones can skip the rest of this announcement. :))

As many of you know, WMF's programmatic work in Brazil in the past three years has been controversial, and suffered from some preventable (as well as some unpreventable) problems. As relayed by your colleagues above, we have now resolved to not renew the catalyst program (scheduled to end in a few weeks) in its current form, and are interesting in discussing what directions future work in Brazil may take.

To that end, we will be visiting Brazil Aug 29-31, aiming to have a comprehensive community consultation on 30-31. We will be flying active community members to São Paulo and covering all expenses related to the meeting, including an external facilitator to help keep the conversation on track and goal-oriented, and an interpreter to provide translation.

Briefly, the aim of the meeting is to discuss future plans for the movement in Brazil, identify and prioritize some goals, and then figure out what structures (if any) and mechanisms would be needed to work towards them. Let me explicitly state that one possible answer to "what form of proactive work should WMF engage in, in Brazil?" can be "absolutely none". In other words, this is an opportunity to truly re-imagine our involvement in Brazil, with a more grounds-up approach and without a priori decisions. I encourage you all to take this opportunity and work with us.

Please do sign up and interact with us on the page started by Tom (we have no preference about where it lives -- here on PTWP or over on the BR wiki are both fine with us), so we can coordinate the logistics and attendees. I'm in a hurry to board my flight back from London, but will write more from the other side of the Atlantic ocean.

It would be great if someone can help translate this into Portuguese to ensure maximal reach. Thanks!

Asaf Bartov -- Ijon (discussão) 08h46min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Tradução do texto da Mensagem da WMFEditar

Mensagem da WMF

Caros companheiros Wikipedistas,

(esta mensagem é sobre o trabalho no Brasil. Lusófonos não brasileiros podem pular o resto desta mensagem. :))

Como muitos de vocês sabem, o trabalho da WMF no Brasil nos últimos três anos tem gerado controversas, e sofreu de alguns problemas evitáveis (assim como outros inevitáveis). Como foi informado por seus colegas acima, resolvemos não renovar o programa catalisador (previsto para terminar em algumas semanas) em sua forma atual, e estamos interessados em discutir quais direções o trabalho no Brasil vai tomar.

Para isso, estaremos no Brasil de 29 a 31 de agosto, com o objetivo de ter uma consulta abrangente à comunidade nos dias 30 e 31. Ajudaremos no transporte de membros ativos da comunidade para São Paulo e cobriremos todas as despesas relacionadas ao encontro, incluindo a contratação de um facilitador externo para ajudar a manter o foco da conversa e de um intérprete para fornecer tradução.

Resumidamente, o objetivo do encontro é discutir o futuro do movimento no Brasil, identificar e priorizar algumas metas, e então descobrir que tipo de estruturas (se for o caso) e mecanismos seriam necessários para alcançá-las. Deixem-me deixar claro que uma possível resposta para a pergunta "Com que tipo de trabalho proativo a WMF deveria se envolver no Brasil?" poderia ser "Absolutamente nenhum". Em outras palavras, esta é uma oportunidade para realmente re-imaginar a nossa participação no Brasil, com uma abordagem mais fundamentada e sem decisões previamente definidas. Eu encorajo todos vocês a aproveitar esta oportunidade e trabalhar conosco.

Por favor, inscreva-se e interaja conosco na página criada pelo Tom (nós não temos preferência alguma sobre o local onde a página será mantida - se aqui na PTWP ou na wiki BR, ambos locais são adequados para nós), para que possamos definir a logística do evento e seus participantes. Eu estou com pressa para embarcar em meu vôo de volta à Londres, mas volto a escrever do outro lado do oceano Atlântico.

Seria ótimo se alguém pudesse ajudar a traduzir isso em Português para assegurar alcance máximo. Obrigado!

Asaf Bartov -- Ijon (discussão) 08h46min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Fim da mensagem traduzida (alguns trechos foram adaptados para melhor compreensão) --Diego Queiroz (discussão) 17h09min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Obrigado, Diego! --everton137 (discussão) 03h43min de 12 de agosto de 2014 (UTC)

SuperprotectEditar

Para os que não estão acompanhando, vem aí um tipo diferente de proteção de páginas, o "superprotect". Basicamente, serve para funcionários da WMF conseguirem proteger páginas da Wikipédia (principalmente as que permitem códigos CSS ou JS - âmbito dos editores de interface) contra qualquer edição, inclusive a de administradores. Pra quem não sabe, nos últimos meses, ocorreram algumas "guerras" entre administradores da enwiki e dewiki e a WMF sobre o roll-out de "melhorias" como o Editor Visual e o Media Viewer (que é uma porcaria, IMHO). Via código, admins destas wikis desabilitaram as funcionalidades e foram revertidos e ameaçados de perderem os cargos. Agora o Erik Moller, nosso "Deputy Director and VP of Engineering and Product Development", inventa essa.

Enfim, a discussão na enwiki corre aqui, mas a fúria é grande por que ela já foi usada na dewiki ainda hoje. Ainda vai dar pano pra manga. José Luiz disc 01h53min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

[off-topic] notificações não funcionam se modificar comentários anteriores (bug 54639). Helder 02h41min de 11 de agosto de 2014 (UTC)
Erik Moller foi bloqueado (!!!!) na dewiki. José Luiz disc 00h55min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
jbribeiro1, também não tinha recebido a notificação. O catalisador chegará em breve ao fim e, embora eu pretenda seguir por aqui, editando, fui solicitada a manter-me afastada da (re)organização que se inicia e estou respeitando a solicitação, que espero ser temporária. Se tiver preocupações com relação a isso na Wikipédia em português e quiser levar essa preocupação à WMF, acho que o Usuário(a):JEissfeldt (WMF) é a pessoa que poderá ajudar.--Oona (discussão) 15h09min de 13 de agosto de 2014 (UTC)
Jbribeiro1, não sei se te interessa (tem muita mensagem que não agrega muita informação), mas há uma longa discussão na Wikimedia-l sobre este tema. Além disso, lá também, surgiu outra conversa sobre próximos passos em relação a disputas entre WMF e comunidade com relação às implementações. Se quiser participar ou acompanhar as discussões não na lista, mas em wikis, há dois links que me parecem concentrar hoje esse debate: a subpágina na nova diretora-executiva, Lila e página para discutir processo de implementação de de novos produtos. Viu também o link que comentei abaixo, sobre retirada do conteúdo devido ao "direito ao esquecimento"?--Oona (discussão) 02h09min de 21 de agosto de 2014 (UTC)
  • Atualização. Um simples "WONTFIX" do Erik Moller (como foi o caso do CAPTCHA) não vai mais acontecer (hopefully), mas não serão mais toleradas edições locais que alterem a experiência geral em cada site. O debate de onde está o limite continua. José Luiz disc 23h30min de 3 de setembro de 2014 (UTC)
Deem uma olhada no tópico no Meta. Sturm (discussão) 02h18min de 18 de setembro de 2014 (UTC)

Wikipédia:Pedidos de administração/DARIO SEVERIEditar

Informo que encontra-se aberto (aqui) um pedido de aprovação para administrador. Hºlᕷfz > (d) 23h11min de 13 de agosto de 2014 (UTC)

Pedido para operar o HuggleEditar

Caros. Fiz um pedido para operar o Huggle. Peço que verifiquem e agradeço de antemão a atenção de todos. --Diego Queiroz (discussão) 00h27min de 14 de agosto de 2014 (UTC)

Alguns dados sobre a visualização do artigo "Eduardo Campos"Editar

Artigo sobre Eduardo Campos: ver aqui Artigo sobre o Cessna Citation Excel, que foi visto apenas 100 vezes antes do acidente pulou para mais de doze mil. Gustavo fale-fiz 20h22min de 14 de agosto de 2014 (UTC)

  • Pela minha experiência, dia 14 deve ter mais visualizações que as 240k do dia 13, fica alto mais uns dois ou três dias e volta a um valor baixo. Quase vai bater no milhão de visitas.Jo Loribd 21h33min de 14 de agosto de 2014 (UTC)
  • Poxa, errei feio, não teve nem 400k no total.Jo Loribd 17h12min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

Wikipédia:Pedidos de administração/Cosin bauruEditar

Me candidato a tornar administrador, aguardo o votos de todos. comentário não assinado de Cosin bauru (discussão • contrib) 00:52, agosto 15, 2014 (UTC)

Pedido foi cancelado pois o editor ainda não cumpre os requisitos mínimos. José Luiz disc 11h14min de 15 de agosto de 2014 (UTC)

Correlatos na lateral, sem hack de javascriptEditar

Entre os dias 26 e 28 de agosto o recurso será ativado, mas contendo apenas os dados do Wikidata (ou seja, correlação entre Wikipedia, Wikimedia Commons, Wikisource, Wikiquote e Wikivoyage). Anúncio e detalhes adicionais.

Pontos a destacar:

  • A imensa maioria de páginas do pt.wikiquote ainda não possui ligações registradas no Wikidata. Seria interessante alguém rodar um bot importando ao Wikidata as relações já existentes em predefinições como q:Predefinição:Autor e q:Predefinição:Wikipédia;
  • A relação entre as páginas do Commons é complexa, o que ao menos por algum tempo não possibilitará o abandono de predefinições locais (se isso chegar a ser desejado, claro). Um verbete deve ter ligação ao Commons via Wikimedia Commons page linked to this item apenas se for do espaço nominal principal. Categorias deverão ser ligadas através de um atributo especial, d:Property:P373. Em d:Q283, registro equivalente a Água, é possível observar um exemplo. Categoria deverá ligar apenas a categorias, tal como em d:Q6529461, o registro para Categoria:Água;
  • A relação entre as páginas do Wikisource não é tão fácil quanto possa parecer. A s:Dom Casmurro e Dom Casmurro não deveriam se ligar, por exemplo, apesar disso atualmente se dar no registro de lá (d:Q1236531), mas sim através de uma relação complexa entre diversas edições/impressões que o livro veio recebendo e o registro Wikidata equivalente à edição usada para disponibilizar no Wikisource. Isso ainda requer tanto um esforço no Wikisource, para clarificações de informações, quanto criação de certos campos no Wikidata. s:Autor:Machado de Assis e Machado de Assis já estão ligadas da forma desejável, no entanto, e seguir usando a {{wikisource}} na forma atual por mais algum tempo (sem os detalhes desejáveis quando se fala de Wikidata) também não é algo proibitivo;
  • Desconheço status para o pt.wikivoyage (bem como pessoas que editem nele);
  • Demais projetos Wikimedia serão suportados por tal recurso conforme eles forem começando a ter suporte no Wikidata.

Lugusto 06h41min de 16 de agosto de 2014 (UTC)

Transparency.wikimedia.orgEditar

Compartilhando: uma recente decisão da Justiça da União europeia decidiu garantir o direito ao esquecimento. Como resultado da ação en:Google_Spain_v_AEPD_and_Mario_Costeja_González, a Wikimedia Foundation recebeu a notificação de remoção das páginas nas ferramentas de busca. Com isso, a WMF resolveu publicar no portal transparency todos os pedidos e/ou notificações de remoção que receber. Mais informações no blog. Acho que o assunto pode interessar muitos aqui. --Oona (discussão) 19h45min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

Gráfico de votos para a presidênciaEditar

Anuncio que criei, na semana passada, um novo tópico de discussão em Discussão:Presidente do Brasil#Gráfico.--Mister Sanderson (discussão) 01h28min de 20 de agosto de 2014 (UTC)

Important clarification about the community consultationEditar

Hello, everyone.

Please see this important clarification (and response to Jbribeiro1) on the "WMBR" wiki, about my upcoming visit and the community consultation we will be having. Thanks. Ijon (discussão) 04h43min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Letter petitioning WMF to reverse recent decisionsEditar

The Wikimedia Foundation recently created a new feature, "superprotect" status. The purpose is to prevent pages from being edited by elected administrators -- but permitting WMF staff to edit them. It has been put to use in only one case: to protect the deployment of the Media Viewer software on German Wikipedia, in defiance of a clear decision of that community to disable the feature by default, unless users decide to enable it.

If you oppose these actions, please add your name to this letter. If you know non-Wikimedians who support our vision for the free sharing of knowledge, and would like to add their names to the list, please ask them to sign an identical version of the letter on change.org.

-- JurgenNL (talk) 17h35min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Thx. Assinei. José Luiz disc 21h21min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Process ideas for software developmentEditar

’’My apologies for writing in English.’’

Hello,

I am notifying you that a brainstorming session has been started on Meta to help the Wikimedia Foundation increase and better affect community participation in software development across all wiki projects. Basically, how can you be more involved in helping to create features on Wikimedia projects? We are inviting all interested users to voice their ideas on how communities can be more involved and informed in the product development process at the Wikimedia Foundation. It would be very appreciated if you could translate this message to help inform your local communities as well.

I and the rest of my team welcome you to participate. We hope to see you on Meta.

Kind regards, -- Rdicerb (WMF) talk 22h15min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

--This message was sent using MassMessage. Was there an error? Report it!

Tradução livre:
"Olá,
Estou aqui notificando vocês que uma sessão de brainstorming se iniciou em "Process ideas" no Meta com objetivo de ajudar a Wikimedia Foundation a aumentar e melhorar o engajamento das comunidades no processo de desenvolvimento de software [o MediaWiki] em todos os projetos wiki. Basicamente, como você pode ser envolver em ajudar a criar funcionalidades nos projetos Wikimedia? Estamos convidando todos os usuários interessados a expressarem suas ideias sobre como as comunidades podem ser mais envolvidas e informadas sobre o processo de desenvolvimento de produtos da Wikimedia. Apreciaríamos muito se pudessem traduzir esta mensagem para ajudar a informar suas comunidades locais também.
Eu e o resto do meu time gostaríamos da participação de todos. Esperamos vê-los no Meta."
Quem quiser, altere "meu" comentário à vontade. José Luiz disc 01h37min de 22 de agosto de 2014 (UTC)
Agora meu comentário: o calor que o assunto está gerando (como se vê pela quantidade de gringos por aqui) é gigantesco. Recomendo vivamente aos usuários que conseguem se expressar em inglês e se interessam por isso, que o façam. É um ponto de inflexão da Wikipedia como um todo, garanto pra vocês.... José Luiz disc 01h39min de 22 de agosto de 2014 (UTC)
  • José Luiz, pois então, com vários assuntos quentes, acho que vale ao menos uma edição ad-hoc do Correio da Wikipédia (ele ficou parado por falta de contribuidores um tempo e não sei se haverá pernas para retomar regularidade, mas ao menos poderia sair eventualmente, quando houvesse vários desses assuntos em pauta), abordando esse processo, a carta, a questão das eleições no Brasil e proteções de verbetes, o blog exibindo as notificações e pedidos de informações de usuários e retirada de conteúdo, entre outros. O que acha? --Oona (discussão) 15h56min de 23 de agosto de 2014 (UTC)
Chamando o Vítor. É a praia dele. José Luiz disc 18h28min de 23 de agosto de 2014 (UTC)
Eu o procurei e infelizmente neste momento não pretende retomar. Eu comecei a fazer e posso terminar, mas com tanto assunto polêmico, seria ótimo mais olhares. --Oona (discussão) 19h52min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

Carta aberta à Wikimedia Foundation (Media Viewer/Super protect)Editar

Encontra-se em fase de recolha de assinaturas uma carta aberta, dirigida à Wikimedia Foundation, sobre os graves acontecimentos ocorridos a propósito da implementação do Media Viewer e do Superprotect: aqui. Trata-se de uma assunto sério que merece a atenção de todos os utilizadores, independentemente da sua língua. 85.139.22.113 (discussão) 15h07min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

Pedido de burocrata - Deyvid Aleksandr Raffo SettiEditar

O usuário Deyvid Aleksandr Raffo Setti criou um pedido de burocrata.

Página do pedido: Wikipédia:Burocratas/Pedidos de aprovação/Deyvid Aleksandr Raffo Setti.

Teles«fale comigo» 18h00min de 25 de agosto de 2014 (UTC)

Palestra em Porto AlegreEditar

Colegas,

Estou organizando uma palestra na Livraria Cultura de Porto Alegre sobre a Wikipédia. A página com informações completas se encontra na Wiki do grupo de usuários Wikimedia Brasil. Convido-os a participar do evento e divulgá-lo. Obrigado, Lechatjaune msg 23h51min de 26 de agosto de 2014 (UTC)

VersãoEditar

Anuncio que abri uma discussão em Predefinição Discussão:Info/Jogo eletrônico#Versão sobre um erro que está presente na predefinição.--Mister Sanderson (discussão) 19h06min de 27 de agosto de 2014 (UTC)

Livros, não sei como procederEditar

O texto que aqui estava foi movido para: Wikipédia:Esplanada/geral/Livros, não sei como proceder (29ago2014). Helder 18h47min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Patricio Lorente em evento na UFRGSEditar

Colegas,

Fico muito feliz de anunciar que o Patricio Lorente, atual vice-presidente do board da Wikimedia Foundation se disponibilizou a vir a Porto Alegre para participar de uma atividade na Semana Acadêmica da UFRGS. Págino do evento em wmbr:Semana Acadêmica da UFRGS 20142. Lechatjaune msg 21h23min de 31 de agosto de 2014 (UTC)

Muito legal, Lechat! Parabéns por articular isso! --everton137 (discussão) 03h32min de 1 de setembro de 2014 (UTC)

GeralEditar

Acho que vou passar isso aqui pra Veja também

Este é um tópico novo. Se foi você quem o começou, clique aqui para inserir a sua mensagem.

Wikipédia:Esplanada/geral/Acho que vou passar isso aqui pra Veja também (4ago2014)

Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2014

Olá! Dentro de dias começam os Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2014. Estou a criar os verbetes de países e desportos, a partir de outras Wikis, mas é uma tarefa hercúlea para fazer sozinho. Quem me ajuda?--Cdmafra falem 22h14min de 5 de agosto de 2014 (UTC)

Estava mesmo pensando em iniciar essa tarefa agora no mês de agosto, com a proximidade dos Jogos. Ajudarei na criação das página e na posterior atualização das mesmas, que no final é o que dá mais trabalho. Jonas kam disc | cont ) 05h06min de 6 de agosto de 2014 (UTC)
Obrigado, é verdade, a actualização é ainda mais trabalhosa --Cdmafra falem 10h49min de 6 de agosto de 2014 (UTC)

Revisão de mega-artigo Desaparecimento de Madeleine McCann

O editor Saskeh D​ C​ E​ F reescreveu completamente o artigo Desaparecimento de Madeleine McCann, incrementando o seu tamanho em 101 kb. Só que há um problema grave: o texto está pessimamente redigido. Principalmente porque possivelmente se trata de um esforço considerável de alguém bem intencionado, trago o caso aqui na esperança de surgir alguém com alento para fazer a revisão. A versão (que eu reverti por motivos óbvios) é esta

Como em situações semelhantes é frequente aparecerem editores para quem rever é ajeitar apressadamente um par de parágrafos e dizer ufanamente "já revi!", saliento que neste caso particular não se trata de "salvar" um artigo pois a versão existente tem ar (não li com atenção) de estar muito melhor do que 90% dos artigos existentes. --Stego (discussão) 22h27min de 5 de agosto de 2014 (UTC)

Desculpem por demorar a responder a tempo. Stego ou (Stegop?), em primeiro lugar, deu trabalho mesmo, coisa que nenhum wikipedista nunca deu interesse como eu fiz (parece ser seu caso, mas eu não acredito seja), mas quando algum wikipedista faz bom trabalho como eu é mal tratado. Em segundo lugar, se meu "texto está pessimamente redigido", porque você mesmo não as corrige, ao inves de reverter minha edição (aliás não é meu artigo/página, não é seu, pois é de todos) ou reportou quais os techos do texto redigido para serem corrigidos, inclusive até pedir minha ajuda e aos portugueses, coisa que até agora não fez pois só fez críticas ao meu trabalho, diferente aos outros usuários aqui e aqui. Em terceiro lugar, pra quê manter edição antiga e desatualizada de 2008? Eu usei o de 2011, apesar de ser antiga, é bem ampliada. Em quatro lugar, não é a primeira vez que venho tendo problemas com este usuário, wikipedistas, pois no mês passado, sem nenhuma base legal das regras, quis eliminar 4 páginas e questionei sobre isto, mesmo assim, decidiu manter regras e ainda me criticou por não ter apresentado "qualquer argumento para rebater a eliminação" das páginas (uma foi eliminada e outras três foram redirecionados). Em quinto e último lugar, você realmente leu toda página ou apenas só leu na primeira linha, se for isso, é sua confissão de que "vi e não li". Pra encerrar, qual objetivo desta desta Esplanada? expor usuários bons e desconhecidos usuários (no meu caso) a outros mais conhecidos ao constrangimento ilegal? Se for isso estou no lugar errado. Em protesto contra atitude sem nenhuma consulta não só comigo, inclusive até com outros editores, decidi reverter edição. Saskeh (discussão) 22h56min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
Até agora esse usuário insiste em manter edição antiga, dando a impressão em não quer colaborar e impedir que novos usuários colaborem, como é meu caso. Alguém pode intervir? Depois não venham com pretexto pra me bloquearem, pois eu volto em alguns dias pra acompanhar este caso. Saskeh (discussão) 04h37min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Repito: o texto está PESSIMAMENTE REDIGIDO. Se fosse um trabalho escolar, em muitas escolas seria rejeitado devido a isso. A wikipédia intitula-se uma enciclopédia e como tal não é admissível ter textos tão mal escritos como esse. E ninguém é obrigado a rever trabalho dos outros, por isso não venha com acusações. AH... E pare com o complexo de perseguição. Se o andasse a perseguir já tinha pedido o seu bloqueio por guerra de edições e WP:RECUSA. Pelo contrário, abri esta discussão para ver se aparece alguém que reescreva o artigo. --Stego (discussão) 05h45min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

A crítica do Stegop procede. Não consegui entender nem mesmo primeiro parágrafo do artigo. O leiaute está bisonho e o texto muito confuso. Não me comprometo a revisar por ser um texto enorme sobre um tema que nada me interessa, mas creio que deve haver alguém que queira fazê-lo.--Rena (discussão) 06h04min de 11 de agosto de 2014 (UTC)
Realmente o artigo está mal redigido, extremamente longo e com a redação semelhante a uma reportagem policial. Aconselho a criar um mais curto e resumido. Ninguém vai aparecer para melhorar um artigo do atual tamanho. DARIO SEVERI (discussão) 07h17min de 11 de agosto de 2014 (UTC)
Concordo. Tem partes que não fazem sentido nenhum, como esta "Uma marca característica é o olho direito dela, que tem tipo de coloboma, um alastramento completo da íris (uma faixa radial que se estende da pupila até ao limite do olho). O notável identificação de recurso é uma coloboma do olho direito, onde a pessoa corre para o iris na forma de uma faixa preta radial atingindo desde a pessoa até a borda do branco na posição das 7 horas, cerca de 30° no sentido horário a partir do fundo.". O que seria essa "pessoa" no olho"???? Rui Gabriel Correia (discussão) 15h05min de 11 de agosto de 2014 (UTC)
Foi o que eu disse, eu não consegui sequer sair do primeiro parágrafo. Muito confuso.--Rena (discussão) 15h59min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Era para eu voltar daqui "alguns dias pra acompanhar este caso", porém, por motivos particulares, não acompanhei esse caso e isso valeu a opinião dos users, que parecem serem veteranos, mas agem como novatos contra os iniciantes, alguns nem sequer leram nada além dos primeiros parágrafos, isso pra mim é PREGUIÇA. Em primeiro lugar, como ninguém questionou as minhas colocações, em nenhum momento, além do Stego/Stegop ninguém quis saber das minhas, ao querer apenas restritamente reclamar minha tradução, mas nem sequer teve coragem de editar para correções, por isso, contraria espírito colaboracionista na qual a Wikipédia defende. Ou seja: ao invés de colaboração, só apenas críticas a minha tradução, mas nada além disso. Em segundo lugar, se o texto ou frases estão mal regidos, como afirmam e não toleram por que a WP se intitula enciclopédia, mas esquecem que é enciclopédia on-line, diferente a enciclopédia pré-on-line (livro), por que não editam para corrigir? É editar para corrigir, é simples, para evitar discussões sem sentido. O usuário em questão compara isto como "trabalho escolar", nada a ver com isso, como forma de desviar do assunto e se "ninguém é obrigado a rever trabalho dos outros", por que faz comigo? É bem contraditório nisso... Na qual gosta de "rever meu trabalho" e dos outros! Em terceiro lugar, evite com frases contra mim sem comprovação, como "não venha com acusações", "pare com o complexo de perseguição", ou até ameaçar me bloquear "por guerra de edições e WP:RECUSA", pois em nenhum momento, não fiz ameaças ou fiz vandalismo, pois alertei inicialmente para evitar nisso, na qual não quis concordar. Em quatro e último lugar, se abriu "esta discussão para ver se aparece alguém que reescreva o artigo", era eu, mas parece que não quer eu edite, pois até agora ninguém apareceu, só você revoltado com ampliação repentina de texto que você defende tanto é COMPLETAMENTE DESATUALIZADO contra outro que é "PESSIMAMENTE REDIGIDO", pois o lugar para reclamar as minhas "asneiras" contra você não é na Esplanada e sim na discussão do texto ou tradutores (mais recomendado) e até comigo, pois sabia desses detalhes, mas não quis contatar comigo. Saskeh (discussão) 20h26min de 25 de agosto de 2014 (UTC)

Layout

Eu realmente não sei se encaixaria melhor no tira-dúvidas, mas enfim, vai aqui mesmo. Todo momento eu vejo falando: "O artigo está ótimo, só tem que melhorar o layout." "O layout não está muito bom." etc. Afinal, o que é isso? Eu sei que tem algo a ver com a organização da página, mas como ele deveria ser na wikipédia, quais as especificações? Detalhe: não achei a página correspondente em português do livro de estilo.Ger01 (discussão) 00h29min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Mas teoricamente são justamente os livros de estilo que disciplinam o "layout" da página. Se você não encontrar um livro de estilo da área de conhecimento correspondente ao artigo em questão, sugiro que consulte os artigos destacados (da mesma área), para ver mais ou menos como eles estão montados. Aí você aplica o mesmo layout no artigo em que estiver trabalhando. Victão Lopes Diga! 03h23min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Dita desta forma, a questão é vaga. Podem-se estar a referir à formatação específica da wiki (por exemplo: formatação correta de imagens ou predefinições ou ordenamento correto de secções) ou à apresentação gráfica da globalidade artigo com base no bom senso; por exemplo: se a distribuição do texto em parágrafos está equilibrada, se não há espaços em branco, se as imagens não se sobrepõem, se funciona com diferentes dimensões do browser, etc, etc. Antero de Quintal (discussão) 11h32min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Obrigado. Já deu pra ter uma noção. Ger01 (discussão) 15h01min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

O Planalto e a Wikipedia

Alguém tem conferido como andam essas coisas nestes verbetes? ( e vai piorar até a eleição, em todos os verbetes ligados à politica) MachoCarioca oi 11h19min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

http://oglobo.globo.com/brasil/planalto-altera-perfil-de-jornalistas-na-wikipedia-com-criticas-mentiras-13530321

Isto está sendo discutido em outro lugar também, (ver aqui [1]). Precisamos conferir melhor esses artigos. DARIO SEVERI (discussão) 11h37min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Atenção redobrada nesse período. Estávamos discutindo sobre os verbetes de políticos, mas ainda tem mais isso... Alex Pereirafalaê 11h38min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Lord Mota e Stegop também estão na boca do povo. [2] MachoCarioca oi 14h26min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Obrigado por avisar MC. Vozes de burro não chegam ao céu! Baboo faz-me lembrar personagem macacoide de Tarzan e só conheço porque tentou fazer spam aqui. Fico até com uma ponta de orgulho que uma cambada de energúmenos me insulte num qualquer sitezeco de m*. --Stegop (discussão) 16h16min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
E tem gente que ainda acha que manter edições por IP vale a pena. O certo é proteger todos artigos contra edições por IPs. Albmont (discussão) 16h32min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Pois é. Olha só a educação do sujeito que me chama de "medíocre". Lord MotaFala 20h27min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Se não me incomodam por aí além os uivos do cão do meu vizinho, porque é que me incomodaria esse bando de cães a ladrar lá longe? Que me desculpem os defensores dos animais pela minha falta de respeito aos bichos ao compará-los com essa gente. Já nem me lembrava dessa joia da análise crítica que esse babubaca pespegou na minha PDU, tal a importância que lhe dou... --Stegop (discussão) 23h10min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Acredito que seria cabível que os administradores da Wikipédia Lusófona tomassem uma atitude e bloqueassem, temporariamente, todas as edições vindas do Planalto ou do Serpro. Essa medida parece ser radical, mas é necessária para se manter a idoneidade desse veículo. Além disso, medida semelhante foi tomada em relação ao Congresso dos EUA. André F. Machado (discussão) 01h24min de 10 de agosto de 2014 (UTC)

  • A Globonews está dando um enorme destaque às alterações dos perfis dos seus jornalistas na Wikipédia. É uma das principais manchetes da tarde. A Globo parece estar dando muita importância ao assunto, deve sair no Jornal Nacional. 191.180.5.213 (discussão) 21h07min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
  • Já que ninguém sabe de nada como sempre, na minha opinião pode ser bem simples de resolver; bloqueia-se a faixa inteira deste IP, o Teles pode explicar se é viável. Deixando um aviso bem explícito para os usuários que tentarem editar através desta faixa que ela está bloqueada por ter sido utilizada para promover ataques através da Wikipédia a terceiros e que o projeto através de seus voluntários (ou pelo menos a maioria) não aceita este tipo de ação vergonhosa. Fabiano msg 21h22min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
E deixando claro que obviamente não se trata apenas de IPs do Planalto (PT) trollando contra jornalistas identificados como de "oposição" mas também de servidores do governo de São Paulo (PSDB), no caso a Companhia de Processamento de Dados do Estado de S Paulo (Prodesp) fazendo centenas de alterações em verbetes da wikipedia, um deles de 2011, no verbete de Dilma Rousseff, que deve ter sido tão escandaloso e ofensivo que foi apagado por algum adm. E do mesmo servidor saiu edição no verbete de Raul Seixas chamando-o de homossexual. O governo de Minas Gerais (PSDB) também, através da Companhia de Tecnologia de Informação de Minas Gerais (Prodemge), fez dezenas de mudanças em páginas da Wikipédia especialmente em material da Operação Satiagra, que envolveu o banqueiro Daniel Dantas, citado no verbete da Miriam Leitão na tal edição do Planalto. Ess link abaixo traz materia muito interessante sobre isso. MachoCarioca oi 02h16min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
http://www.ocafezinho.com/2014/08/09/governo-tucano-difama-raul-seixas-na-wikipedia/

Votações artigo destaque e o modo como são feitas.

No passado mês coloquei vários artigos a votação para destaque. É muito triste ou direi antes infrutífero ter um trabalho enorme com o artigo e ele nem sequer depois ser lido ou pelo menos ter alguma recomendação/sugestão dada pelos votantes. A ideia com que fiquei depois de alguma boa experiência é que parece que há uma certa distinção entre artigos ditos vá lá com "temas populares" e outros "não populares". Os artigos dito com "temas populares" nota-se que em menos de um dia têm uma série de votos/recomendações/sugestões e os "não populares" pode passar um mês e nada têm. E depois dizem-me "Mas eu não sou obrigado a ler o que não quero. Nem obrigado a gostar de ler algo que não me sugere nada." Eu respondo "Não seja votante". Todos os artigos na minha opinião devem ter tratamento igual no que toca a votações. Porque todos entrem em pé de igualdade nas votações. isto tem um sistema de eleições... em que eu concorro com um partido politico pequeno e outros concorrem com um partido enorme e ganham-me porque têm mais votos, porque são mais populares. Para quê, por exemplo, continuar a trabalhar no artigo do tema "x" se depois não é votado/recomendado. É infrutífero. É trabalho ingrato.--Edviges (discussão) 13h56min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Não percebi a analogia com os partidos pequeno/grande. Os artigos em votação não concorrem "uns contra os outros" nem existe qualquer competição de onde só possa ser eleito um número fixo de artigos. As votações são individuais e não têm qualquer relação com os resultados de outras votações.
Também não percebi qual é o problema nas pessoas responderem que não são obrigadas a votar os temas que não lhes interessam. Antero de Quintal (discussão) 14h02min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Assim como também não percebi a alegação de que seria "penalizado" por candidatar artigos sobre tópicos pouco populares. Analisando as suas propostas este mês, vejo que propôs artigos sobre música, videojogos, música, videojogos e videojogos. Pouco populares? Isto são os dois tópicos mais populares da wikipédia. Aliás, o inverso também não é sequer verdade: não vejo penalizações em temas pouco populares. Ainda este mês foram propostos artigos sobre um aristocrata bizantino, dois fungos, um vizir sassânida, um arcebispo do séc VIII e um general bizantino, e todos parecem relativamente bem encaminhados mesmo sendo de pouca popularidade. Antero de Quintal (discussão) 14h23min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
É muito mais efetivo você corrigir os erros apontados nos artigos que propõe, tal como aqui, do que vir se lamentar na Esplanada. W.SE (discussão) 13h38min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
  • Eu não vejo discriminação e a única lógica ali é gostar do que se lê. Falta-me conhecimento e interesse para discutir videogames e músicas populares e duvido que haja muita gente interessada em bizantinos antigos, monarcas búlgaros e doutores medievais. Enfim, Beda está lá também com zero votos e não reclamo. É um artigo enorme e algo difícil pra quem não conhece bem a Inglaterra medieval ou o tema. É a vida! José Luiz disc 17h02min de 10 de agosto de 2014 (UTC)

Entrevista para Rádio Nacional

Pessoal, recebi um contato Ponto COM Ponto BR, programa ponto Rádio Nacional que vai ao ar em no canal Brasília, na Rádio MEC AM do Rio e na internet, para participar de uma edição do programa na próxima segunda, dia 18, às 17h - o programa vai das 17h às 18h e a ideia é abordar o tema Wikipédia por volta das 17h20.

Fiquei de compartilhar a solicitação e ver quem gostaria de falar.

Por se tratar de uma rádio pública, não vão entrar na polêmica política. Querem que seja explicado como funciona a edição na Wikipédia, a revisão, se é possível solicitar revisão das contribuições e verbetes novos, etc.

O nome da jornalista/produtora é Solimar.

Os contatos dela são: 61 85404423 / jobtur gmail.com --Oona (discussão) 19h37min de 12 de agosto de 2014 (UTC)

Oona, segunda dia 18 de agosto? Alex Pereirafalaê 19h51min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
Isso, desculpe. Corrigido.--Oona (discussão) 19h54min de 12 de agosto de 2014 (UTC)

Infelizmente, nesse horário, ainda estou no trabalho, de forma que impede a minha participação no programa. Mas sugiro que outros editores de Brasília possam se voluntariar. Alex Pereirafalaê 12h00min de 13 de agosto de 2014 (UTC)

Que pena Alexanderps. Bom, eles ligaram novamente dizendo que precisam de uma resposta até amanhã de manhã. Pois caso não tenham ninguém, precisarão alterar a pauta e convidar outras em tempo. --Oona (discussão) 14h20min de 13 de agosto de 2014 (UTC)
Que estão aqui em Bsb tem o Castelobranco, o Arouck, o Raimundo57br e o Tonyjeff, fora os que me fogem à memória. Alguém se habilita? Alex Pereirafalaê 14h26min de 13 de agosto de 2014 (UTC)

Eu acho que alguém mais ativo na Wikipédia deve falar. Mas se ninguém se manifestar, eu vou entrar em contato com o jornalista hoje às 16h (GMT-3). --everton137 (discussão) 14h36min de 13 de agosto de 2014 (UTC)

Esse horário é mesmo complicado, mas vou ver se consigo um milagre aqui e respondo no fim do dia. CasteloBrancomsg 17h22min de 13 de agosto de 2014 (UTC)
Acho que pode ser por telefone. Na lista da Wikimedia Brasil o Victor Lopes disse que entraria em contato. Coordena com ele, Castelobranco?--Oona (discussão) 17h29min de 13 de agosto de 2014 (UTC)

O Victor vai entrar em contato! Ufa, um voluntário que assumiu o compromisso! --everton137 (discussão) 17h44min de 13 de agosto de 2014 (UTC)

Oi, gente! estou vivo aqui, caso precisem de algo. Abs. tony :: jeff ¿ 20h58min de 13 de agosto de 2014 (UTC)

Que bom, porque eu não vou poder mesmo nesse horário. Abs, CasteloBrancomsg 02h03min de 14 de agosto de 2014 (UTC)
Então, não rolou. Eu entrei em contato com a Solimar, avisando que estava interessado mas que também era jornalista na vida real (há veículos que evitam entrevistar outros jornalistas para assuntos não relacionados à imprensa). Ela me respondeu pedindo o telefone e o "nome do veículo". Eu dei meu telefone e perguntei se com "nome do veículo" ela queria dizer o nome do jornal em que eu trabalhava no momento. Só que ela não me respondeu mais depois disso, nem entrou em contato comigo ontem no horário previsto. Confesso que também não pesquisei pra ver se algum conteúdo sobre o assunto foi ao ar ou não. Victão Lopes Diga! 20h02min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Entendi. Acho que o Sturm acabou falando, pois ele comentou que tinha uma entrevista para uma rádio, ao vivo, no mesmo horário que ela havia comentado comigo. O programa ainda não foi ao ar no site. Em breve eles subirão. --Oona (discussão) 20h05min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Olá a todos. Falei ontem, tal como proposto pela rádio EBC, por 10 minutos, respondendo a 4 perguntas distintas e genéricas sobre como editar na Wikipédia. Obviamente as respostas tiveram que ser rápidas e igualmente genéricas, mas creio que tenha sido positivo de qualquer modo. As perguntas foram sobre como editar a Wikipédia, como resolver conflitos, confiabilidade e um convite para que mais pessoas editem o projeto. Estou à caça dos arquivos de áudio para postar os links aqui. Abraços, Sturm (discussão) 20h11min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Maravilha! Entrevista curta, mas útil e não polêmica. É ótimo. Acho que o link é esse, mas ainda não subiram mesmo o programa de ontem. --Oona (discussão) 20h16min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

Convenção de nomenclatura/Desporto

Olá a todos. Foi votada durante o ano passado uma convenção de nomenclatura para artigos de ligas esportivas. Entretanto, após a votação ser concluída, a convenção adotada não foi inserida em WP:CN. Houve algum motivo especial para a não-inserção? O não conhecimento desta convenção pela maioria dos editores tem causado alguns conflitos, como este (tópico "Superliga"). Muito obrigado a todos desde já. Gustavo hum, pode falar 22h12min de 12 de agosto de 2014 (UTC)

Não sei opinar. Acabei de reverter uma moção de título em Campeonato Gaúcho de Rugby – 3ª Divisão feita pelo Jorgesamambaia com base nessa regra. Mas ela foi aprovada com uma participação pequena, não sei dizer se "pegou". Seria bom chamar para essa discussão os que participaram da votação: Andreazevedo, Mar França (intativo), Leandro Drudo, Yanguas, Belanidia, Richard Melo da Silva, Fabio Rocha (também inativo) e Maisonneuve. Matheus diga✍ 01h19min de 25 de agosto de 2014 (UTC)
Minha opinião é que deva ser implementado, a votação ocorreu e tivemos um resultado. A menos que tenha acontecido algo que impeça isso, mas não vi nada. Acho que todos que participaram da votação concordam com isso, não tem muito o que discutir, até porque nenhum dos que não estavam inativos no momento do comentário do Matheus Faria acima vieram aqui falar nada, mesmo tendo recebido notificação. Mar França (discussão) 04h13min de 26 de novembro de 2014 (UTC)

Período 2008 – 2009

Tenho percebido que esse período foi de grande atividade. Grande parte das discussões nas páginas de discussões parece ter sido feita nessa época e em um usuário já vi um pico de edições também. Now Wikiprojetos também parece que houve mais atividade. Isso tudo é só uma conclusão errada minha ou realmente isso aconteceu? Se sim, por quê? Ger01 (discussão) 19h14min de 15 de agosto de 2014 (UTC)

Na verdade esse movimento começou em 2007, estou tentando localizar onde foram arquivadas as páginas da Esplanada e não estou encontrando. Quando coloco um link que encontrei numa discussão cai na página atual Wikipedia:Esplanada/geral#Moções de páginas em massa de agosto de 2007, será que alguém pode ajudar nessa busca? JMGM (discussão) 23h16min de 15 de agosto de 2014 (UTC)

Já localizei [3] JMGM (discussão) 23h29min de 15 de agosto de 2014 (UTC)
Ger01, esse período sucedeu um grande aumento no número de usuários na Wikipédia (provavelmente devido à popularização da internet de banga larga no Brasil a partir de 2006) e um consequente aumento do número de conflitos entre usuários. Éramos inexperientes para lidar com esses conflitos e tivemos um período de muita atividade comunitária: esplanada, PEs, páginas de discussão etc. Foi também um período de muitas brigas e muito difícil de lidar para todos que estavam envolvidos em resolução de problemas. Houve muita gente chateada durante essa época e que acabou se afastando do projeto. Acredito que a comunidade hoje esteja mais madura. Lechatjaune msg 23h56min de 15 de agosto de 2014 (UTC)
Olá Lechatjaune, na minha opinião ainda temos os mesmos problemas e as mesmas discussões e conflitos, a única diferença é que não temos mais os que se chatearam e se afastaram do projeto. É só verificar na Esplanada parece que os problemas continuam os mesmos com relação a moções de títulos sem consenso e tantos outros assuntos recorrentes. JMGM (discussão) 00h41min de 16 de agosto de 2014 (UTC)

Quem você considera parte da comunidade da Wikipédia?

Pessoal, acabo de ler um tópico interessante no wiki da Wikimedia Brasil e fiquei me perguntando: quem faz parte da comunidade da Wikipédia? Eu leio a Wikipédia (não só verbete ;) desde 2005 e sempre vejo comentários, nas entrelinhas ou até mais diretamente, sobre quem faz parte ou não da comunidade da Wikipédia.

Gostaria de saber suas opiniões e tentar chegar a algo mais claro sobre quem faz parte da comunidade. Como eu sempre dediquei um bom tempo fazendo atividades fora da Wikipédia, na minha opinião, alinhados com a missão do movimento Wikimedia, comecei a ficar com dúvidas se devo me considerar parte da comunidade ou não. O que acham? Como vocês definiriam um voluntário que faz parte da comunidade da Wikipédia? Abraços, --everton137 (discussão) 03h31min de 16 de agosto de 2014 (UTC)

"Comunidade" é uma palavra de sentido subjetivo, ela serve justamente para sinterizarmos algo que não é muito bem definido, semelhante ao que acontece com a palavra "sociedade". Mas eu definiria como aqueles que contribuem com a Wikipédia dentro das regras formais e informais do projeto e que compreendem como as coisas funcionam por aqui.
Nós temos essa dificuldade de organizar debates envolvendo atividades "offline" porque não queremos que nada sobre a Wikipédia seja decidido ou mesmo discutido fora das páginas da Wikipédia, e acho que todos estamos cientes disso pelo que pude ver nas respostas no tópico mencionado. O que temos todos que estar cientes também é que existem várias formas de contribuir com a Wikipédia, e devemos sempre procurar encontrar um equilíbrio nas relações para que todos tenham o direito de contribuir a sua maneira, mesmo que essa maneira não seja a maneira mais usual. Danilo.mac(discussão) 19h44min de 16 de agosto de 2014 (UTC)

Brasil Wikiedits

Acabei de ler uma noticia, que foi criado um perfil no twitter chamado @brwikiedits, em que são postadas todas as edições feitas por computadores ligadas a rede do governo do Brasil. Não sei se isso já é de conhecimento de alguns, mas é interessante saber e também uma boa maneira de monitorar esses tipos de edições. –Editeur ? 02h46min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Acho importante esclarecer que ele lista apenas edições feitas por anônimos. Os IPs de acesso dos usuários registrados não são divulgados publicamente pela Wikipédia. HAndrade (discussão) 04h40min de 21 de agosto de 2014 (UTC)
É um recurso que já existe faz tempo em outras wikis. Muito bem vindo. José Luiz disc 01h29min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

Sobre a parceria entre a Ação Educativa e Wikimedia Foundation

Olá a todas e a todos,

Gostaríamos, antes de tudo, de agradecer novamente àqueles/as que participaram do processo de consulta à comunidade nas esplanadas, no Meta, no IRC ou no encontro presencial, enfim, a todos/as que se predispuseram ao diálogo ou que colaboraram de diferentes maneiras com o desenvolvimento do projeto "Educação e acesso ao conhecimento no Brasil: catalisando as comunidades e projetos Wikimedia por meio da colaboração ativa, autonomia e compartilhamento" ao longo dos últimos nove meses.

O motivo desta mensagem é comunicar a todos/as alguns encaminhamentos feitos a partir do processo de consulta, sendo o principal deles a decisão da Coordenação Executiva da Ação Educativa de não renovar a parceria para a execução do programa catalisador com a Wikimedia Foundation. A possibilidade da não renovação havia sido colocada por nós ao final do encontro presencial da consulta e informada ainda em julho à Fundação e aos membros da equipe do projeto. Depois de reuniões internas, a decisão pela não renovação foi formalizada no início de agosto à Fundação.

Para além das questões em relação aos modelos de projeto catalisador e do histórico da relação entre a comunidade e a Wikimedia Foundation, identificamos por meio da consulta duas posições predominantes em relação à parceria com a Ação Educativa: uma que vê a Ação Educativa como “estrangeira” e que não acredita na possibilidade da construção de uma parceria que resulte em ganhos para a comunidade e para os projetos Wikimedia; e outra que acredita que a parceria com a Ação Educativa deveria focalizar seus esforços nos projetos Wikimedia a partir dos acúmulos da organização, não com a intenção de "apoiar" a comunidade ou sua organização, mas com ações que já fazem parte da agenda da instituição. O desenvolvimento da comunidade, neste caso, deveria se dar em paralelo, por ação da própria e sem qualquer tipo de fomento ou participação específica da Ação Educativa.

Diante deste cenário, dos resultados da consulta, da maior compreensão com relação aos conflitos entre comunidade e Fundação anteriores a nossa entrada no processo e de nossa agenda de prioridades institucionais, a diretoria executiva da Ação Educativa decidiu por encerrar a parceria, sem propor um novo projeto (menor ou em outros moldes como havia sido aventado), mas destacando a importância e a legitimidade do processo auto organizativo da comunidade brasileira. A Wikimedia Foundation, em paralelo, decidiu não manter o modelo de parceria para desenvolvimento de um programa catalisador com outra organização que substituísse a Ação Educativa. Como é de conhecimento, a WMF segue o diálogo com comunidade e grupo de usuários a respeito do futuro da Wikimedia no Brasil.

Gostaríamos de reafirmar que:

- A relação entre educação e tecnologias, recursos educacionais abertos e cultura livre já constava do Plano Trienal 2013-2015 da Ação Educativa e seguirá em nossa agenda após o fim da parceria formal com a WMF.

- Essa parceria que se encerra é resultado de um longo, aberto e transparente processo. Em 2012, fomos procurados pela WMF, assim como outras organizações o foram, para tratar da possibilidade de construção de um projeto que abarcasse as ações do programa catalisador, mas que extrapolasse essas dimensões na construção de uma agenda comum. Todo o de escolha da organização parceira foi devidamente documentado e aberto à participação da comunidade.

- Após a escolha da Ação Educativa, a construção do projeto foi feita com a participação das equipes do programa catalisador anterior à parceria (da qual fazem parte integrantes da comunidade) e da Ação Educativa e passou por consulta à comunidade para coletar críticas e sugestões e para sua aprovação. Por isso, nossa instituição acreditou naquele momento que o projeto representava um acordo e uma aposta coletiva.

- O projeto atual será devidamente finalizado, seguindo as ações acordadas (com algumas adequações feitas ao longo da execução) no ato da assinatura de contrato. Os resultados obtidos até aqui e o andamento das ações estão disponíveis em relatório.

- Para garantir a boa finalização das atividades previstas pela equipe – o que inclui integrantes da Ação Educativa e da equipe do programa catalisador anterior à parceria com Ação Educativa – e documentar de maneira mais detalhada possível a experiência da parceria e a transferência de ações que vinham sendo executadas ou planejadas, caso outras pessoas e grupos desejem assumi-las, o projeto será prorrogado por mais um mês, até o dia 30 de setembro de 2014. A prorrogação não envolve novos repasses de recursos pela WMF à Ação Educativa.

- Seguimos à disposição para colaborar com os projetos Wikimedia a partir de uma perspectiva alinhada à nossa missão e valores político-institucionais e a nossos acúmulos no campo da educação popular. Neste sentido, temos nos apropriado e divulgado alguns projetos como a Wikinews, Wikipedia e Wikiversidade, adotado licenças livres para nossas produções, entre outras ações apoiadas por voluntários/as que acreditaram na parceria. Também como desdobramento do projeto, temos defendido a incorporação de recursos educacionais abertos como meta nos planos municipais e estaduais de educação, que serão elaborados no próximo ano como desdobramento do Plano Nacional de Educação e da Conferência Nacional de Educação.

- Esperamos manter o diálogo com a comunidade e seguir construindo juntos e apoiando os projetos sempre que possível. O espaço físico da Ação Educativa segue à disposição para apoiar ações da comunidade, assim como fazemos com outros e diversos movimentos, coletivos, redes e fóruns sociais comprometidos com uma sociedade mais justa, solidária e sustentável.

Por fim, ficamos felizes em saber que a comunidade está buscando se reorganizar para assumir a frente de ações comprometida com o crescimento dos projetos Wikimedia. Acreditamos que não só acúmulo de experiências do movimento Wikimedia e um conjunto de insatisfações tenham contribuído para isso, mas que também o processo de consulta colaborou para a vocalização mais nítida das perspectivas, visões e possibilidades, estimulando a retomada de diálogo dentro da própria comunidade de voluntários.

Agradecemos a todos/as colaboradores/as e à WMF e desejamos boa sorte!

Abraços,

Denise Carreira e --Gustavo Paiva (discussão) 15h05min de 27 de agosto de 2014 (UTC) (Ação Educativa)

O texto seguinte foi movido de: Wikipédia:Esplanada/anúncios

Para quem perdeu o rumo aos acontecimentos, veja a postagem do dia 9 de agosto em Wikipédia:Esplanada/anúncios#Visita_e_Anasuya_e_Asaf_ao_Brasil que inclui o anúncio oficial da Wikimedia Foundation no dia 11 de agosto de que não renovaria o contrato com a Ação Educativa. Lechatjaune msg 10h34min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
Na verdade, Lechat, o que dificulta o entendimento do que está acontecendo são, IMHO, as "entrelinhas". Está claro que alguma coisa não deu certo e a mudança de tom desde a entrada da Oona e o anúncio do fim da parceria é claro. Há frases como Citação: ...questões em relação aos modelos de projeto catalisador e do histórico da relação entre a comunidade e a Wikimedia Foundation..., algumas pistas nas respostas recentes da Oona e o tom geral na discussão lá no meta que deixam claro que "alguma coisa azedou", mas é difícil entender pra quem está de fora. Não que ninguém deva dar alguma satisfação, longe disso, mas pode explicar por que é difícil se aproximar do tema. Boas! José Luiz disc 11h17min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
José, grosso modo o que aconteceu foi: o projeto recebeu financiamento generoso com um orçamento aprovado de mais de 550 mil dólares americanos apenas para os últimos 10 meses, o que fez com que as expectativas e responsabilidades fossem altas. Veja, por exemplo as medidas de sucesso que incluem "At least 30 professors continue to develop class assignments and make use of Wiki and other tools. The education program produce or improve at least 200 articles during the semester. The education program involve at least 300 students." Mas, enfim, eu concordo plenamente que há muitas entrelinhas e muito sentimento envolvido. Tendo acompanhado esse processo literalmente de longe, pois vivo em POA, eu não consigo entender perfeitamente o que exatamente azedou, mas tens razão: há um mal-estar horrível entre a comunidade de voluntários e a equipe do catalizador. Na reunião que tivemos com o Asaf e a Anasuya no Wikimania, alguns membros da comunidade (homem barbado chorando inclusive...) preferiram que a equipe do catalizador não tomasse parte da reunião que teremos amanhã em São Paulo. Espero vê-lo por lá, Lechatjaune msg 10h54min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Vamos entender isso direito: Agora o Catalizador tá proibido de aparecer nas reuniões? É isso mesmo que eu to lendo? Béria Lima msg 23h53min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Eu achei inadequada essa colocação do Gustavobpaiva sobre um suposto Citação: histórico da relação entre a comunidade e a Wikimedia Foundation. Na minha opinião, durante algum tempo nós não tivemos nenhum tipo de relação com a WMF, exceto através do Catalisador, o que foi um erro da comunidade, que não conseguiu repassar à Fundação as suas impressões sobre o programa a tempo de promover mudanças no questionado modelo. Mas, acima de tudo, é importante salientar que a própria Fundação, nas palavras da Anasuya, considerou o Catalisador um "fracasso" e acrescentou que eles não estavam dispostos a "falhar" no Brasil mais uma vez. Obviamente, as coisas não se reduzem a isso e é preciso reconhecer que houve algumas conquistas do programa, mas também é inevitável reparar que os "avanços" não correspondem ao investimento e ao tamanho da equipe do programa. Vinicius Siqueira MSG 14h24min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Oi vini,Com “histórico de relação entre a comunidade e a Wikimedia Foundation”: nos referíamos às questões que apareceram no encontro presencial que fizemos aqui na Ação Educativa ao fazermos o exercício de construção da linha do tempo do movimento no Brasil. Talvez tenha sido pouco preciso, pois era sobre as questões colocadas à WMF com relação aos modelos propostos para o Brasil desde 2009, antes mesmo de catalisador, e também sobre as relações com o Comitê de Afiliação do movimento Wikimedia (AffCom) em outras iniciativas de auto-organização da comunidade. Essas questões, creio, se refletiram, entre outras coisas, nas expectativas em relação ao programa. Por favor, não veja isso como uma defesa do modelo ou do programa. Acho que fazer um balanço de tudo isso é o momento que a comunidade está vivendo e é importantíssimo. E vejo que se inicia uma nova fase. O intuito ao trazer isso não era reativar coisas do passado, apenas apontar um contexto que fez parte da história, com possíveis reflexos no passado recente e no presente.--Gustavo Paiva (discussão) 22h29min de 3 de setembro de 2014 (UTC)

O texto acima foi movido de: Wikipédia:Esplanada/anúncios ───────────────────────── O Vini acabou de me lembrar de algo muito importante: o papel do catalisador como intermediário entre a comunidade e o WMF. Cabe aqui um relato: Lá por 2010/2011, havia pouquíssimo contato entre a comunidade da Wikipédia Lusófona e a comunidade geral Wikimedia e a WMF. O projeto catalisador teve, nesse contexto, um papel bastante importante em estabelecer vínculos nesse sentido. Como resultado adverso, acabamos (e eu me incluo totalmente aí) nos acostumando a ter esse indermediário. No cômputo geral, considero isso um sucesso. Até mesmo o fato de estarmos questionando a necessidade desse intermediário é um enorme avanço para nossa comunidade.

Independentemente disto, temos profundos problemas de autogestão e é muito difícil organizar uma atividade em comunidade: não raro surgem conflitos entre voluntários (tanto na Wikipédia como nas atividades off-wiki) e eu não devo ser o único a estar cansado de wikidramas. Na minha opinião, estamos diante da oportunidade de começar uma nova fase do nosso movimento e com amplo apoio da WMF. Acredito a comunidade da Wiki.pt está muito mais madura hoje do quem há alguns anos. O grupo de pessoas realizando ou disposta a realizar atividades off-wiki aumentou. Além disso, a Wikipédia tem maior aceitação como fonte de referência, há maior reconhecimento de sua relevância cultural e, por isso, temos mais facilidade em encontrar parceiros. Fica o convite de discutirmos o futuro. Abraço, Lechatjaune msg 15h38min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Pessoas do catalisador proibidas de participar de reuniões? Se isso de fato estiver ocorrendo, eu discordo veementemente dessa atitude (todos concordaram com ela?) e gostaria que as pessoas que possuem alguma justificativa para impedir pessoas de participar de uma reunião , manifestassem publicamente os motivos (quem estava na reunião da Wikimania? quem foi o "porta-voz"?). Na lista da Wikimedia Brasil deu para ver que muitas coisas paralelas estava ocorrendo e, como foi bem comentado, há muita coisa nas entrelinhas diante do que foi anunciado. Como falei nessa mesma lista de e-mails, um dos maiores problema que vi ao participar ativamente do grupo Wikimedia Brasil, que de certa forma ainda participo, mas menos, foi não aprendermos conviver com pessoas com opiniões diferentes. Até mesmo um colega nosso, que xingou a mim e um editor experiente da Wikipédia, para citar um caso extremo entre seus vários abusos aceitos pela comunidade, não vejo como alguém que não deveria participar de uma reunião, ainda mais após horas e mais horas de dedicação com o projeto.

Discordo de muita coisa que ocorreu no catalisador, tinha divergências profissionais em algumas coisas (N. B. eu lidava com várias pessoas da Wikimedia Foundation, não só com pessoas do catalisador), mas não consigo ver justificativa para tornar profissionais, que também envolveram-se com os projetos Wikimedia até mesmo além do que deveriam, personae non gratae. E é isso o que está parecendo, o que merece uma explicação para o público que não acompanhou as entrelinhas. --everton137 (discussão) 03h10min de 30 de agosto de 2014 (UTC)

O Vini explicou a questão aqui. Faz sentido haver um momento em que a comunidade tenha liberdade para falar sem constrangimento sobre eventuais problemas. Mas se formos pensar nessa questão de catalisador não participar dessa reunião, então faria sentido eu e o Célio não termos participado. O que talvez mostre, na minha opinião por causa de uma visão um tanto equivocada, que possivelmente alguns foram tratados de forma diferenciada porque tem um histórico de contribuição voluntária aos projetos Wikimedia. Como o foco era tratar sobre o futuro da relação entre a WMF e os voluntários, talvez faça algum sentido.
Acho que o Catalisador tem muitos resultados bons e houve muitos aprendizados para a comunidade durante a execução dele por causa dos profissionais envolvidos. E espero que a construção do futuro leve em conta também esses aprendizados. Enquanto trabalhei com a Oona, Jessie, Kul, Barry e outros, aprendi muito. E houve ações tentando melhorar os projetos Wikimedia, principalmente a Wikipédia (quando eu estava trabalhando, ao menos). Pensem com carinho nas coisas boas, pois há muito trabalho legal e dedicação que às vezes fica invisível. E não é porque um profissional não tem o mesmo tesão que os voluntários que o trabalho deles é menos importante. Foi uma tentativa e temos que arriscar mais sem tantas condenações a possíveis erros, se quisermos construir um futuro melhor. --everton137 (discussão) 04h49min de 31 de agosto de 2014 (UTC)
Pessoalmente, a explicação dada não me convence. Talvez seja porque ainda existam entrelinhas a serem percebidas e entendidas mas por princípio o projeto é aberto a participação de todos. Li parte do que foi discutido ontem e a ideia de esquecer o passado e focar no futuro pra mim é um erro. Entender o passado é o ponto básico para construir o futuro. Sejam os erros e acertos, boa parte dos esforços poderiam ser focados em captar este aprendizado a que se referiu, Everton. Por respeito ao trabalho anterior, para facilitar a continuidade das atividades sendo realizadas, e para não repetir os vícios que levaram ao fim do catalisador.OTAVIO1981 (discussão) 15h34min de 31 de agosto de 2014 (UTC)
É claro que ninguém vai esquecer o passado, muito menos erros. Supor isso é agredir a inteligência das pessoas querendo construir algo, tanto que no final há uma lista de coisas boas do catalisador que seria bom continuar existindo, mas de preferência incorporado pelo grupo de usuários, assim como diversas questões do catalisador + comunidade terem sido abordadas. O ponto sobre discutir o futuro é para que o grupo foque nas ações visando como vão agir daqui para frente. Como é típico das discussões da comunidade online e offline no mundo Wikimedia, perde-se muito tempo com condenações e tentativas de justificativa, ao invés de trabalharem juntos mesmo com diferentes formas de trabalho.
O fato de ficar querendo achar uma justificativa mais aprofundada ao invés de participar da construção do futuro talvez seja emblemático. E o catalisador não acabou por causa de vícios, isso seria uma explicação muito simplista diante da complexidade do quadro existente.
Já participei de dezenas de encontros online e offline da Wikimedia desde 2008. Sem a menor sombra de dúvidas, esse foi o melhor encontro que participei e fico muito feliz em ver o grau de maturidade dos envolvidos querendo construir algo bom para os projetos Wikimedia em português. --everton137 (discussão) 15h53min de 31 de agosto de 2014 (UTC)
Talvez seja emblemático, sim. Da minha parte, é muito difícil tomar parte das ações quando sinto que não estou sendo envolvido no processo. Não se trata de por a culpa em ninguém, mas avaliar de forma responsável o trabalho realizado. Se quer olhar pra frente, fique à vontade mas não estranhe se nem todos entrarem no barco com a mesma disposição. Sinceramente, fico feliz que o encontro tenha sido produtivo e espero que as discussões continuem online para a participação aberta de quem tiver interesse.OTAVIO1981 (discussão) 13h03min de 1 de setembro de 2014 (UTC)
Otavio, quando me referi a ser emblemático, não estava me excluindo, que inclusive foi um dos que pediram esclarecimento sobre o assunto. Eu particularmente não gostei do ocorrido e da falta de comunicação, como ficou mais claro após as explicações da Oona e do Asaf (abaixo). Mas agora já ocorreu o encontro e acredito que ele foi amplamente divulgado para a comunidade (mesmo num intervalo tão curto!). Então para mim é bola para frente e tocar o tanto de coisa que tem para fazer. Para citar um exemplo do que foi discutido, alguém vai ter que continuar recebendo os e-mails educacao wikimedia.org, antes com o time do Catalisador e o Lechat. Você foi um dos caras que contribuíram desde o começo com o Programa de Educação, mais especificamente o Projeto Wikipédia na Universidade. Para mim seria legal dar esse apoio ao Lechat, independentemente de divergências pontuais, como o ocorrido nesse episódio. Meu ponto é, se a cada divergência não formos nos sentir convidados ou formos criar um obstáculo para colaboração com outras pessoas, vamos continuar trabalhando sozinhos e seremos mais fracos. Houve muito esforço aqui e nem tudo foi ruim, há muito o que continuarmos tocando para envolver melhor pessoas de instituições de ensino com os projetos Wikimedia. Abraço, --everton137 (discussão) 14h15min de 1 de setembro de 2014 (UTC)

Clarification from WMFEditar

Hi, folks.

(translation into PT to help others would be much appreciated, but I realize it's quite long. Perhaps a paragraph at a time... :))

As I have been reading the above through machine translation, please forgive any misunderstanding in the following, but I would like to make a few comments for clarification and accuracy, and without meaning to debate this at any length:

1. First, I would like to thank Açao Educativa for this positive and clear note. It is consistent with the professionalism and maturity they have demonstrated throughout the partnership.

2. Let me clarify that despite the awkward timing difference (due to both the timing of Wikimania and of some vacation time) in the announcements from WMF and Açao, both organizations have discussed the possibility of renewing the partnership, and both have come to the same conclusion, from their own side, i.e. that despite the great good will on both sides, the environment and circumstances do not accommodate this model of engagement and that it is thus the right thing to not renew the project. The decisions are coordinated, despite the time lapse in the announcements.

3. While the catalyst program clearly did not achieve all its stated goals, it is important to take a nuanced view when assessing it as a "failure". First of all, it was an experiment: at the time it began, nobody had ever tried to "catalyze" Wikimedia communities in such a way, and there was no "received wisdom" or "best practice" on the matter. Experiments do not always succeed.
But anyway, the catalyst has done much for the community, and attempted to do even more. We have seen, yesterday, how many things will now need to either be undertaken by the community or not done, as we were discussing the transition, and we heard some community members praise the catalyst and point out what they will miss, with its end. The picture is not all black, just as it is also not a resounding success.

4. To the extent that it is a failure, I would like to clearly say the responsibility for that lies with WMF: In the way the catalyst program was setup up originally, in the kind of ambition and engagement it chose, and what it did not do (e.g. community capacity building and organizing), and in transitioning to a partnership grant in 2013 as part of a broad internal WMF strategic change (no more direct program work; an exclusive focus on Engineering and Grantmaking) and not necessarily in the best interest of the work already begun in Brazil or of the community (and to her credit, Oona told us so, at the time).
It is in this context that Açao was selected as a partner, and whereas Açao has turned down grants before, it took this one because it truly saw potential in promoting Wikimedia and a good overlap between their mission and ours. Indeed, I do think there was much potential benefit for the community to be gotten from Açao's expertise and background. Through no fault of Açao, it seems to me, the conditions were just not there for the partnership to truly succeed and reach the stated goals, and neither, perhaps, for the community to recognize the potential benefits of the partnership.

5. Let me further state clearly that Açao Educativa has been a good partner to WMF, and has demonstrated maturity and perseverance despite the difficulties. In a way, we have not been such good partners to Açao, because the starting conditions that they "inherited" with taking on this project were far from optimal.

6. Likewise, I think there is little to blame the catalyst team for. It was doing its best, in earnest, in very difficult conditions they had no control over (both from WMF and from the community). The team, too, was perhaps given an impossible task, and they have done what WMF has asked them to do, even when they disagreed.

7. let me remind you that the catalyst was WMF for about half of its existence, so it cannot be said the community "did not have contact with WMF". Indeed, through the catalyst, the Brazilian community enjoyed increased and facilitated access to WMF, compared to other communities with no dedicated WMF (and later WMF-funded) staff. Certainly, it will now have different contact with WMF.

8. So, in summary, from WMF's perspective, we consider most of what has not worked with the catalyst effort, in its different forms, to be due to inadequate foresight and community understanding in early stages of WMF's planning. It also didn't help that there were many personnel changes and strategy changes at WMF itself. We do not think the team or Açao did a bad job.

9. Finally, let me encourage you to think very carefully about the practice of exclusion. As we know, it is a serious matter on-wiki, and we have careful rules and practices around it; I have been persuaded, in meeting some of you in London, that excluding members of the catalyst team except Sturm is pragmatically important to increase the chances of a successful meeting, but I had pointed out to you that it is not the wiki way to exclude people who express interest to continue contributing as volunteers, without any serious misconduct on their part that would require exclusion (e.g. violence, threats, etc.). This has also been echoed by others, above, and on the BR wiki.
We have now had the meeting, so it is done, and we are turning a new page. I encourage you to give the matter some serious thought, and to find the strength to be inclusive and welcoming of good-faith contributors, whatever your feelings about their work in another context (and I hope your thinking on that is also tempered somewhat by what I wrote above).

As some have said above, let us embrace the learning from all this (certainly not forgetting the past), and look forward with renewed energy and engage in careful, gradual nurturing of community initiatives and the building up of its capacities. I will be with you, every step of the way. I'm glad some have found the meeting productive, helpful, clarifying, or motivating. I can't wait to continue! Abraços! Ijon (discussão) 21h23min de 31 de agosto de 2014 (UTC)

Esclarecimento da WMFEditar

Traduzido do texto acima

Como tenho acompanhado o texto acima via tradução automática, perdoem-me, por favor, qualquer mal-entendido no que segue, mas eu gostaria de fazer alguns comentários para fins de esclarecimento e acurácia e sem intenção de debater mais longamente.

1. Primeiro, eu gostaria de agradecer a Ação Educativa por sua nota positiva e clara. Ela é consistente com o profissionalismo e maturidade que demonstraram ao longo de toda parceria.

2. Clarifico que apesar da infeliz diferença temporal (devido à duração do Wikimania e de um pouco de tempo livre) nos anúncios da WMF e da Ação, as duas organizações discutiram a possibilidade de renovar a parceria e ambas chegaram à mesma conclusão independentemente, isto é, que apesar da boa-fé de ambos os lados, o ambiente e as circunstâncias não acomodam este modelo de trabalho e que, portanto, não renovar o projeto é a coisa certa a ser feita. As decisões são coordenadas, apesar da defasagem de tempo nos anúncios.

3. Enquanto o programa catalisador claramente não atingiu suas metas declaradas, é importante lançar uma visão nuançada ao avaliar isso como um "fracasso". Primeiro de tudo, ele eram um experimento: no momento em que começou, ninguém jamais tentara "catalisar" comunidades Wikimedia desta forma e não havia "conhecimento prévio" ou "boas práticas" no assunto. Experimentos nem sempre são bem sucedidos.
Mas de qualquer forma, o catalisador fez muito pela comunidade e tentou fazer muito mais. Vimos ontem quantas coisas deverão ser agora ou assumidas pela comunidade ou não serão feitas, e ouvimos membros da comunidade elogiar o catalisador, destacando que sentirão sua falta. A figura não é totalmente negra assim como não é um sucesso retumbante.

4. Na porção em que é um fracasso, eu gostaria de dizer claramente que a responsabilidade por isso recai sobre a WMF: Da forma como o catalisador foi originalmente montado, no tipo de ambição e empenho que escolheu e não escolheu (por exemplo: capacitação e organização comunitária), na transição para uma verba de parceria em 2013 como parte de uma ampla mudança estratégia interna (não mais trabalho direto em programas; um foco exclusivo em engenharia e financiamento) e não necessariamente no melhor interesse do trabalho já começado no Brasil ou na comunidade (e para seu crédito, Oona disse-nos isso à época).
É neste contexto que a Ação foi selecionada como parceiro, e mesmo que a Ação tenha recusado verbas anteriormente, aceitou esta porque viu verdadeiro potencial em promover a Wikimedia e uma boa superposição entre sua missão e a nossa. De fato, eu realmente penso que havia muito benefício potencial para a comunidade na expertise e histórico da Ação. Não por erro da Ação, parece-me, as codinções simplesmente não estiveram presentes para que a parceria realmente tivesse sucesso e atingisse as metas assumidas e, tampouco, talvez, para que a comunidade reconhecesse os potenciais benefícios da parceria.

5. Além disso, devo dizer claramente que a Ação Educativa tem sido um bom parceiro para a WMF e tem demonstrado maturidade e perseverança apesar das dificuldades. De certa forma, nós é que não fomos bom parceiros para eles porque as condições iniciais que eles 'herdaram' ao assumir este projeto foram longe do ótimo.

6. Igualmente, eu acho que há pouco para culpar a equipe do catalisador. Eles estavam fazendo o seu melhor, trabalhando a sério, em condições muito difíceis, as quais não podiam controlar (tanto da WMF como da comunidade). A equipe talvez também tenha recebido uma tarefa impossível e fizeram o que a WMF lhes pediu para fazer, mesmo quando discordavam.

7. Recordo que o catalisador foi WMF por aproximadamente metade de sua existência, pelo que não se pode dizer que a comunidade "não tinha contato com a WMF". De fato, através do catalisador, a comunidade brasileira gozou de acesso aumentado e facilitado à WMF, comparado a outras comunidades sem funcionários dedicados da WMF (e, depois, financiados pela WMF). Certamente agora, terá contato diferente com a WMF.

8.Então, em suma, da perspectiva da WMF, nós condideremos que a maior parte daquilo que não deu certo no Catalisador, em suas diferentes formas, é devido a inadequada visão e entendimento da comunidade nos primeiros estágios do planejamento da WMF. Também não ajudou que tenha havido muitas mudanças de pessoal e de estratégia na própria WMF. Nós não achamos que a equipe ou a Ação tenham feito um trabalho ruim.

9. Finalmente, deixe-me encorajá-los a pensar muito cuidadosamente sobre a prática da exclusão. Como sabemos, é um assunto sério no wiki, e temos regras cuidadosas e práticas em torno disso; fui persuadido, ao encontrar alguns de vocês em Londres, que excluir alguns membros do time do Catalisador exceto do Sturm é pragmaticamente importante para aumentar as chances de um encontro bem sucedido, mas eu apontei que vocês que isso não é o modo wiki para excluir pessoas que expressam seu interesse em continuar contribuindo como voluntários, sem nenhuma séria má conduta de sua parte que requeriria exclusão (e. g. violência, ameaças etc.). Isso também foi repetido por outros, acima, e na wiki BR.
Agora tivemos o encontro, então está feito, e estamos abrindo uma nova página. Eu os encorajo a refletirem seriamente sobre o assunto, e encontrar a força para serem inclusivos e acolhedores com contribuidores de boa-fé, independentemente de seus sentimentos sobre seus trabalhos num outro contexto (e espero que suas reflexões sobre isso também seja também atenuado pelo que escrevi acima).

Como alguns têm dito acima, vamos abraçar a aprendizagem de tudo isso (certamente não esquecendo o passado), e olhar para frente com energia renovada e se envolver de forma cuidadosa, com um apoio gradual de suas iniciativas e a construção de suas capacidades. Estarei com vocês, a cada passo do caminho. Estou feliz que alguns de vocês acharam o encontro produtivo, útil, esclarecedor ou motivador. Não posso esperar para continuar! Abraços! Ijon (discussão) 21h23min de 31 de agosto de 2014 (UTC)

Eduardo Campos em Eventos Recentes

Morto há duas semanas e com sua morte ali colocada desde 13 de agosto, o falecimento do presidenciavel brasileiro foi retirado de Eventos Recentes pelo editor Antero de Quintal. Diz o editor que o cidadão era desconhecido até sua morte e ali não devia figurar. Mas resolveu dizer isso hj, depois da nota constar ali, sem qualquer contestação, por mais de duas semanas.

O argumento do editor é que se um jornalista portugues completamente desconhecido fora de Portugal enfiado ali - e retirado no mesmo dia em que foi colocado, pelo despropósito, mais de quinze dias atrás tbém - não pode figurar (e não pode mesmo, a seção é lusofona e internacional e não sobre pessoas ou fatos famosos em um unico pais, e ele até hj não aprendeu isso) então Eduardo Campos também não pode. O presidenciavel brasileiro foi comparado pelo editor a um tal de Emilio Rangel em falta de conhecimento internacional.

Pra mim tanto faz, eu sou da opinião que a seção não é obtuário e apenas personalidades realmente muito famosas atualmente no mundo lusofono como inteiro ou no mundo todo tem lugar ali qdo morrerem. Mas solicito à comunidade que se pronuncie para saber se Eduardo Campos - que foi noticia no mundo todo e até objeto de análise internacional sobre as eleições brasileiras com manchetes em jornais de Portugal inclusive - volta ou não. E q isso se resolva em 24 horas, por que senão nem tem sentido discutir o assunto. MachoCarioca oi 23h05min de 28 de agosto de 2014 (UTC)

Seguindo as regras, voltei para a versão estável (que foi a edição do Chronus). Estou opinando lá na discussão. José Luiz disc 23h15min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
Lembrando que o Emídio foi incluído em 24/08, tb sem contestação... De maneira geral, acho péssimo aquilo virar um obituário e morte ali deveria ser de gente do naipe do Nelson Mandela ou o João Paulo II.... Fora disso, uma boa alternativa seria criarmos um ticker igual ao "Recent deaths" da enwiki.... E lembro aos navegantes que essa seção sequer aparece na versão móvel da Wikipédia (sei lá quem decidiu isso, mas enfim), portanto não superestimem a importância dela. José Luiz disc 23h18min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
Não é verdade, Zé, a inclusão do tal portugues (é sempre um portugues desconhecido que tentam enfiar ali) foi constestada logo no dia seguinte, qdo vi [4] E assim ficou por dez dias, sem mudança. Se é pra intervir, veja o historico direito. Por sinal, constestada tambem por vc na discussão, no mesmo dia, portanto não é verdade que não foi contestada. E só voltou dez dias depois, porque o Antero foi lá, mediocrizar a seção com assuntos portugueses mais uma vez, portanto, sua msg não procede. No mais, vc voltou tudo por lá agora, e acabou deixando de fora a nota do Ebola que incluí hj e é importantissima. MachoCarioca oi 23h28min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
Eu não ia comentar nesta discussão, mas resolvi comentar porque o comentário que acabaste de escrever, MachoCarioca, é completamente inaceitável num fórum públicio, quanto mais a wikipédia. Fica claro que o teu problema não é se um aparece ou se o outro não, ou se o Emídio Rangel (e não Emílio) foi ou não foi uma figura pública relevante, ou se tu conhecias ou não o Emídio Rangel. O teu problema é que era um português. O teu problema é os portugueses que alguém tenta meter lá. O problema é que achas que meter lá um português leva a "mediocrizar a secção". Parece-me que esse é que é o teu problema. Mas esse problema é eu e apenas teu. Por favor não o faças também um problema da wikipédia. --Mecanismo (discussão) 06h48min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

E tbém voltou a nota de Lauren Bacall, contestada por tres editores, e que nem estava em discussão. Creio q deveria arrumar aquilo direito.É uma das poucas seções q necessita de ações rapidas pq está na PP. Se é pra fica assim a ultima versão antes de vc voltar era até melhor que isso, não tem nada a ver aquilo ali. MachoCarioca oi 23h32min de 28 de agosto de 2014 (UTC)


  Comentário Como é habitual, este choradinho público começa com uma série de descontextualizações, disparates e roça a xenofobia. Reparem que a secção Eventos Recentes exige que sejam listados apenas eventos capazes de interessar ao mundo inteiro, e não aqueles que sejam do interesse apenas do Brasil ou de Portugal. No entanto, nem a morte de Campos nem de Rangel têm particular relevância para o mundo fora do Brasil ou fora de Portugal. Se fôssemos a seguir escrupulosamente e intransigentemente os critérios estipulados, nenhum dos dois falecidos deveria aparecer na secção. Repare-se que até à data da sua morte, independentemente de ser extremamente importante no Brasil, ninguém fora do Brasil sabia quem era Eduardo Campos e se o seu nome aparecia, era apenas no contexto das notícias sobre as eleições brasileiras. Tal como até à sua morte, ninguém fora de Portugal sabia quem era Rangel.

Apesar disto, creio que deveria existir alguma flexibilização e aceitação para casos que possam ser de grande relevância nacional ou ser muito conhecidos num dos países lusófonos, mesmo que essas pessoas em vida não tenham tido uma espetacular relevância internacional ou até sejam completamente desconhecidos noutro país lusófono. E aqui eu tenho toda a flexibilidade do mundo: tratam-se de duas figuras com imensa relevância para o seu país e que deveriam ter sido incluídos na secção. Eu apoiei e apoio a entrada de ambos nos eventos recentes. Se é para ser flexível com os critérios da secção, então que se incluam os dois. No entanto, se é para ser intransigente, então que se excluam ambos. O que não tolero de forma nenhuma é descriminação e, pior, descriminação por ignorância, nacionalismo ou prepotência.

Notem como na retórica deste editor (brasileiro, e que removeu a entrada do português), Eduardo Campos é adjetivado como "presidenciável", quase até um estadista apesar de se tratar apenas de um candidato eleitoral e de até à morte ser desconhecido internacionalmente, enquanto que o português Rangel não passa de um "jornalista qualquer" e de um "português desconhecido" (sic), apesar de eu ter na discussão apontado diversas fontes entre os mais reputados periódicos portugueses que o confirmam como a pessoa mais influente da comunicação social em Portugal nos últimos trinta anos (reconhecido inclusive pela concorrência). Mas não! Na óptica deste editor, o brasileiro Eduardo Campos é que teria gabarito para figurar ali, e não se poupa em palavras para rebaixar e diminuir ao máximo a importância de Rangel, tal como antes já o tinha feito, na mesma secção, em relação à morte de outros portugueses.

Mais: o editor em causa até tem perfeita noção de que os editores que defendiam o nome de Rangel para a secção estão entre as pessoas mais imparciais aqui no projeto e que no geral não têm o mínimo de interesse em assuntos de televisão (aliás, eu próprio vomito o estilo populista de televisão e jornalismo que Rangel introduziu, e nem fui eu que propus o nome), mas nem isso lhe incutiu uma dose de bom senso e nem foi capaz de raciocinar que, se são estas pessoas a propor, talvez o tal "jornalista" (sic) tivesse de facto importância para figurar na secção. Nem sequer deu o benefício da dúvida numa secção já de si pobre em notícias; pelo contrário, perseguiu ativamente o tal "jornalista português" e não descansou enquanto não o removeu de forma ativa, proporcionando uma guerra de edições e agora criando um muro de lamentações na esplanada com a alegação populista de que este idiota português "removeu" o Eduardo Campos, com o intuito de horrorizar e escandalizar os editores brasileiros.

Repare-se que não estou a apontar este problema com base em birras ou critérios igualitários idiotas do tipo "se entra um brasileiro tem que entrar um português para equilibrar". As entradas devem existir por mérito individual. O que estou a salientar é pura descriminação, na qual perante duas entradas de igual validade e com iguais critérios, cuja data foi por acaso coincidente, uma delas é descriminada porque no universo de outro editor só é válido e "famoso" o que ele sabe e vê na televisão brasileira e se é português e não conhece, é para mandar para o lixo. Se há inflexibilidade para uns, passa a haver inflexibilidade para todos, e por isso também me reservo o direito de discordar de toda e qualquer entrada de pessoas que em vida não tenham sido extremamente notáveis internacionalmente.

Discriminação incomoda-me. São atitudes como esta, que infelizmente são recorrentes mas que são constantemente varridas para baixo do tapete a bem da convivência tranquila, que levantam mais uma vez o espectro do tema de uma eventual separação entre os dois códigos de linguagem de lingua portuguesa. É triste. Antero de Quintal (discussão) 00h54min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Antero, a seção funciona assim e não há qualquer 'discriminação', pelo contrario, assim como não há "flexibilização" para assunto nacional, ela não é destinada a isso. Pra isso existe o Wikinoticias que tem EXATAMENTE esta função. Ela é "pobre de noticias" pq é assim mesmo, nao é jornal diario, é destinada apenas a grande eventos, eles não existem todo dia, portanto ela não funciona como jornal diario. Wikinoticias é o lugar. Ao que parece vc se recusa a compreender algo q existe desde q vc nem sabia o que Wikipedia e foi muito debatido, não é para assunto nacional apenas de grand eimportancoa lusofona (Portugal E Brasil) ou internacional, especialmente no tocante a pessoas. E deve-se evitar transformar aquilo num obtuário, não é a intenção ali, também existe lugar pra isso aqui. Comparar Eduardo Campos com esse jornalista independente de qualquer coisa é simplesmente absurdo. Minha posição sobre constar Eduardo Campos é neutra. Deixo para a comunidade dizer o que acha. Mas o que quis fazer, é absurdo. Achasse o que diz achar qdo a noticia entrou ali duas semanas atrás e não hj. Ao achar que Eduardo Campos nao deveria estar ali apenas quinze dias depois de ser colocado, estando sempre presente aqui, é simplesmente querer tumultuar e impor um ponto de vista pq se sentiu contrariado em outro topico. É Birra individual num ambiente coletivo. MachoCarioca oi 01h04min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Separando os assuntos: (i) eu discordo em transformar EvR em obituário; acho que o critério deveria ser relevância internacional E volume de notícias proporcionado no mundo lusófono. Foi por isso, que o Robin entrou e por isso que a Bacall não deveria. Foi por isso que o Eduardo entrou e o Rangel não deveria.... (ii) A discussão tem focar NA NOTÍCIA e não noticiado. A enwiki desvia bem disso (campeão de críquete na Índia interessa a 1 bilhão de pessoas; campeão de basebol nos EUA, um punhado...) colocando o foco no quanto isso reverbera no noticiário mundial (críquete = pouco; basebol = muito), simplesmente por que a cultura americana EM INGLÊS é muito forte (na wikipédia em hindu, certamente não será assim). Assim, a NOTÍCIA do Rangel, como já disse, reverberou nada enquanto a do Eduardo reverbera e continua reverberando. (iii) Em linha com o item anterior, a fama anterior pouco importa, pois não estamos falando de pessoas e sim de NOTÍCIAS: o Eduardo era desconhecido (fato: até no Brasil muita gente o desconhecia), mas é inegável que agora todo mundo conhece... É notícia. A morte do Rangel é notícia (no sentido que dei aqui, por favor)? Duvido. Vide Google Trends (qualquer versão: internacional, lusófono, por região, por período etc.). Precisamos sair do pessoal nesse negócio. José Luiz disc 01h19min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
  • Vamos então analisar o google trends? Para Eduardo Campos: índice de pesquisa de 100 no Brasil (máximo), índice de 10 na Bolívia, zero para os restantes países. Deduzo que seja para concluir que o interesse mundial é nulo e que se confirme que seja um tópico que interessa exclusivamente ao Brasil, uma vez que no resto do mundo o índice é zero. Isto só demonstra o que salientei nesta discussão e existe uma concepção muito errada por parte de editores brasileiros que estão convencidos que a morte de Eduardo Campos continua a ser notícia de grande impacto mundial, quando não o foi. Lamento ter que me por nesta posição insensível, mas ninguém no mundo sabia quem era Eduardo Campos e as escolhas para uma enciclopédia não são baseadas em resultados do google.
  • Por outro lado, Lauren Bacall, a cuja inclusão se opunham, teve repercussão internacional. Como ficamos? Mais uma vez, dualidade de critérios para justificar o injustificável.
  • O que por sua vez leva a uma ideia ainda mais perigosa: basear critérios em resultados no google. Óbvio que é expectável que as "pesquisas" no google ou as notícias sobre determinado evento sejam vinte vezes superiores no Brasil em relação a Portugal e incontavelmente superiores à dos restantes países lusófonos onde a acesso à internet é praticamente nulo. No Brasil, a população é vinte vezes superior, pelo que essa proporção é expectável e tem apenas a ver com a diferença populacional, não com o real impacto do evento. Se é para usar este tipo de critério segregacionista e bacoco, e não a análise qualitativa da relevância do evento, de modo a abrir o precedente para daqui para a frente alegar que "esse evento português não tem resultados nenhuns em comparação com os resultados deste evento brasileiro", então avisem-me que vou imediatamente propor a separação dos projetos.
Também acho piada ao editor que removeu a notícia, dando origem à confusão, e que começou esta birra toda na esplanada, vir insultar os outros acusando-os de estar a "tumultuar o ambiente coletivo". Priceless! Antero de Quintal (discussão) 02h09min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Como é, Antero, então que podemos medir então o impacto de notícias? Ainda considerando o que colocou no item 1, não dá pra comparar a "notícia" do Eduardo com a "notícia" do Rangel (ainda que as "pessoas" sejam comparáveis). É fato que o Brasil é vinte vezes mais populoso que Portugal, não? Seria então "justo" então que numa wiki compartilhada tenhamos vinte vezes mais notícias brasileiras que portuguesas? Ou, como contraponto, se estivéssemos falando de, por exemplo, de notícias sobre "brancos vs. negros" ou "homens vs. mulheres" seria assim? Num lugar onde há vinte vezes mais negros que brancos, deveríamos ter essa mesma proporção nos EvR pra não ser discriminação? Enfim, precisamos focar num ponto aqui: como decidir o que é "relevante" quando falamos de "Notícias".... José Luiz disc 02h31min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Acho que estas tentativas de comparar o Emídio Rangel com o Eduardo Campos são falsas questões. Não foi por incluir um na secção que o outro teve de ser tirado. Mais, o Portal:Eventos atuais está cheio de entradas que, segundo o critério de notoriedade que queres usar para justificar a eliminação da entrada de Emídio Rangel, a contar com a relevância internacional e volume de notícias proporcionado no mundo lusófono, estaria muito à frente da lista de prioridades de eliminação. Está lá uma entrada sobre um recorde batido no Snooker. Será que a discussão dos méritos/necessidade de eliminação de referências a Eduardo Campos e Emídio Rangel é justificada enquanto está lá uma referência sobre um recorde de snooker? Pois é, mas no fundo não é a lista de critérios que estão a discutir, pois não? --Mecanismo (discussão) 07h07min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Desculpem a sucintez, mas quando pressinto que algum debate na Wikipédia Lusófona dá espaço para a xenofobia fico, não só desiludido, mas até agoniado. Emídio Rangel era uma figura ímpar na cultura e no jornalismo em Portugal e certamente não será desconhecido no meio, na cultura lusófona e não só, por razões inerentes à sua actividade profissional, que exercia como líder. Quanto a Eduardo Campos, sei apenas que faleceu trágica e violentamente enquanto candidato à presidência. E só a sua morte me fez tomar conhecimento do caso. Relativamente à pessoa em si, nada me fez procurar saber quem foi Eduardo Campos.

Posto isto, respondo à questão colocada no início da proposta: na minha opinião, nenhum deles deveria constar nos Eventos Recentes. Nem que tivessem falecido no mesmo acidente, chocando de frente. Por mim, não volta, nem Eduardo Campos, nem qualquer «jornalista portugues completamente desconhecido» (sic), nem Emídio Rangel.

Tentamos construir uma enciclopédia, Lusófona. Guiamo-nos pela difusão do conhecimento, não pela expressão do espanto, seja trágico ou maravilhoso.

Manifesto o meu pesar e solidariedade a todos os que, próximos ou distantes, lamentam a perda de Emídio Rangel ou de Eduardo Campos, que certamente inspiraram e continuarão a inspirar tantos. Lamento igualmente pressentir que ambos (Rangel, indubitavelmente) valorizavam a procura de laços entre povos irmãos, que certamente não se reveriam em debates desta natureza e que repudiariam o uso do seu nome num contexto com estes contornos. De facto, penso que o caso em apreço acaba por ser lamentável em todos os aspectos. Tegmen enviar msg 03h33min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

  • Apoiado. Aproveito também para sublinhar o ridículo desta discussão: enquanto há aqui gente a usar argumentos xenófobos, ódios pessoais e ignorância para tentar ditar que conteúdo deve ser eliminado da secção de eventos actuais, o evento mais recente que está lá listado já se passaram há mais de 2 semanas. Pior, são postos à frente do anúncio da atribuição da medalha Fields, que é a meu ver claramente mais relevante e notável que qualquer outra entrada referida. O próprio anúncio da atribuição da medalha Fields está mal feito, uma vez que apesar de ter sido atribuída a 4 matemáticos, parece que só dois é que merecem ser notados. Portanto, parece-me que as prioridades da manutenção da secção estão todas viradas ao contrário. --Mecanismo (discussão) 07h24min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
  Discordo a inclusão de ambos,xenofobia é uma tolice quando se pode passar uma estadia em paz, por favor, vamos tentar fazer um acordo,ambos não tem relevância internacionalMarcos Dias ? 07h27min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

  Concordo com a inclusão de ambos, na minha opinião Emídio Rangel teve um papel crucial no jornalismo, não só ao nível nacional, bem como internacionalmente, Eduardo Campos em virtude das circunstâncias da sua morte, sendo ele forte candidato ás eleições presidenciais, seria considerável também o incluir, agora se se retirar um, a minha opinião é que ou ficam os dois ou retiram-se os dois--Jfmsventura (discussão) 10h31min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

A acrescentar, o Emídio Rangel não foi apenas um jornalista qualquer. Ele foi director de informação e director-geral da RTP e foi director de informação da SIC (quem não sabe, é a companhia de televisão estatal de Portugal e a primeira companhia privada de televisão em Portugal). O homem detinha tanto poder e influência sobre a comunicação social portuguesa e a política nacional que ele era referido por "fazedor de presidentes". --Mecanismo (discussão) 11h23min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

  Comentário"um tal de Emílio Rangel" "porque o Antero foi lá, mediocrizar a seção com assuntos portugueses mais uma vez" Parece aqui tudo começar com uma certa competição ou arremesso de ofensas e argumentos idiotas... com que necessidade? Parece que esta discussão foi criada unicamente não devido ao Eduardo Campos ou ao Emídio Rangel, mas porque o Sr. MachoCarioca tem algum problema de carácter em relação aos portugueses... e se não o tem, deveria ter cuidado com a forma como se refere a assuntos portugueses, o que faz com que seja vergonhosa a sua prestação. Seja como for, como o Antero de Quintal diz em relação do facto de usuários incrivelmente imparciais já se terem pronunciado... e tendo lido os argumentos dos diversos usuários em toda esta discussão... creio que não há mesmo necessidade sequer de a mesma continuar. Ambos os casos não podem ser comparados. O correcto a fazer seria seguir as regras ponto por ponto, quer ambas as partes gostassem ou não. Cada noticia é uma noticia, não pode haver comparações. Se as regras não permitem uma flexibilização em relação a assuntos lusófonos... então que haja inflexibilidade para ambas as partes. Se as regras actuais não têm em vista os interesses do mundo lusofono, então as pessoas responsáveis que as alterem. Existem regras, existem discussões e usuários para as desenvolver em prol de uma solução... então que utilidade tem uma discussão de baixo nível como esta? Sejam flexíveis ou inflexíveis. Luís Angelo "Tuga1143   10h37min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

  Comentário Portugal é um país, geográfica e demograficamente muito mais pequeno que o Brasil; tem uma população cerca de 20 vezes mais pequena, e naturalmente o que acontece no Brasil tem muito mais impacto mediático no mundo daquilo que acontece em Portugal. Como português com alguma literacia devo referir que Emídio Rangel era uma referência notável no jornalismo e televisão portugueses, mas aparentemente desconhecido fora de Portugal. Devo dizer também como português, que desconhecia por completo o dito candidato presidencial, apenas até à trágica notícia do acidente de aviação. Se usarmos apenas o critério de mediatismo internacional, o eventual falecimento do presidente de Timor Leste, que todos desconhecem no panorama internacional, devido à pequenez do país em causa, não terá qualquer direito a referência noticiosa na wikipédia lusófona. Mas acima de tudo, detesto guerras editoriais, prefiro sempre abstrair-me destes assuntos fraturantes da comunidade lusófona da wikipédia, e gastar os meus caracteres a construir verbetes. Parece-me que o editor Antero Quental tem alguma razão nos argumentos que evoca, mas pela forma como li o desenrolar dos acontecimentos, parece-me todavia que o fez devido a uma latente, admito inconsciente, vingança editorial, o que também não é de apoiar. Saudações lusas. João Pimentel Ferreira (discussão) 11h36min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

  Comentário E a lástima maior é que não estamos aqui mais discutindo o que deve estar na PP e ocmo decidir e sim apagando o incêndio provocado pelo uso desmedido de palavras carregadas na realização de uma edição. O debate, que é produtivo e necessário, poderia ocorrer sem termos que julgar quem foi o Emídio Rangel ou o Eduardo Campos e sim qual deve ser o nosso critério de inclusão na lista. Convido os editores a verem como faz a enwiki (en:Wikipedia:In the news/Candidates): eu leio esta página toda semana (às quartas) e há brigas sempre, mas é uma aula de construção de consenso sobre o que é "notável" e como balancear o que é anglófono entre USA, UK, AUS, Índia etc.... Não proponho criar nada assim aqui (não temos massa crítica pra isso), mas que sirva de inspiração. Deixo ainda duas sugestões: criarmos um "ticker" de "Mortes recentes" (vejam a PP da enwiki, uma listinha embaixo ocm os mortos recentes), deixando a inclusão de "blurbs" (a notícia completa) só quando o morto for muito, muito importante (Nelson Mandela, João Paulo II, presidente de país lusófono etc.), seguindo um critério similar a este. Bola pra frente, por favor. José Luiz disc 12h01min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Concordo com a sua ideia José Luiz. Ainda mais, deveríamos ser flexíveis e cooperar ou simplesmente seguir as regras como elas são sem excepções... é bom discutir e trocar ideias, mas as pessoas costumam chegar ao ridículo quando não se entendem... E agora, no final de contas, o que fazer? Renovar e criar uma janelinha de "Mortes Recentes", flexibilizar o processo ou endurecer? Luís Angelo "Tuga1143   14h56min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
É evidente que a colocação do Zé Luis é o que deve ser feito ali, na verdade, sempre foi a ideia da seção. ela não é obtuário, existe uma seção pra isso. Existe o Wikinews. Morte de alguém ali só quem realmente extrapole em questão de fama internacional, como os citados por ele. É ridiculo demais se colocar um jornalista portugues ali. Como seria ridiculo colocar ali a morte de jornalistas como Janio de Freitas, Miriam Leitão, Reinaldo Azevedo ou William Bonner muito famosos no Brasil mas sem expressão internacional ou "atores globais". Não há q ter flexibilização nenhuma, a Wikipedia não é portuguesa nem brasileira, é lusofona, flexibilizá-la significa transformá-la em uma coisa ou outra. É obvio que é uma formação de barra atroz do Antero querer enfiar isso ali. A sugestão de enfia-la veio de outro português, o Stegop, mas ao ser retirada, nao insistiu no assunto. Tudo passa pela maneira do Antero trabalhar aqui, é o homem da opiniao unica e a dele deve valer, no importa mais nada, mesmo q seja ele contra todos e mesmo que esteja completamente errado, como é esse caso. Essa criação de caso é de responsabilidade dele, pois foi o editor que DEZ dias depois da nota do tal portugues sair em qualquer constestação, foi lá e colocou de novo, ele não pode ser contrariado. E de nada adianta fazer trocentas solicitações WP:Solicitação a editores portugueses para virem aqui opinar Antero, nada muda os criterios da seção. Já começou errado com o Stegop querendo enfiar aquilo ali e piorou, com o Antero dez dias apos ser retirado, tentar enfiar de novo e agora ,por birra, querendo retirar o Eduardo Campos (pq não retirou qdo foi colocada?) . O problema dessa seção é que amadores no assunto jornalismo se metem a querer colaborar ali, e pra isso, nem simplesmente leem as regras!! se entendessem as regras ja ajudava!! Não é de hoje que editores portugueses tentam enfiar irrelevancias ali, geralmente ligadas apenas a Portugal. (tem varios exemplos no historico) É so ler o historico. Não tem a menor noção do que seja lusofonia, ao que parece. No mais a politica do Zé Luis usada ali foi a politica do avestruz, "não quero me comprometer". Se quisesse realmente "seguir as regras" (deixando na edição realmente estavel) e manter a relevancia editorial da seção, nao tinha deixado como deixou. E continuo a perguntar: cade a nota do ebola, que não tem nada a ver com isso?

Citação: Luis Angelo escreveu: «mas porque o Sr. MachoCarioca tem algum problema de carácter em relação aos portugueses... e se não o tem, deveria ter cuidado com a forma como se refere a assuntos portugueses, o que faz com que seja vergonhosa a sua prestação. "».

Não tenho problema nenhum com os portugueses, tenho problema com colocarem na seção portugueses apenas conhecidos em Portugal e a inserção de notas sobe eles ali torna a seção mediocre e fora do escopo dela, qual parte vc nao entendeu? Antes de ser "solicitado" a vir dar sua opinião aqui, devia procurar entender do que estou falando e ler as regras da seção.

Citação: Mecanismo escreveu: «Está lá uma entrada sobre um recorde batido no Snooker. »

E pq não retirou aquela bobagem? (Foi colocado por portugues?) Eu não vi isso, ou teria retirado. Pq as pessoas por aqui (e isso serve pra todos os segmentos da Wiki) só ficam falando que tal coisa nao deveria estar, tal coisa nao deveria ser assim, mas nada fazem e sobra sempre pros outros mais ativos e responsaveis fazerem e sofrerem o onus das ações? Assim é muito facil.

Citação: Mecanismo escreveu: «O teu problema é os portugueses que alguém tenta meter lá. »

Não, o meu problema, defendendo as regras da seção (item 5), é com os portugueses irrelevantes no mundo lusofono que tentam meter lá, q parte vc tbém não entendeu? Pode ter certeza que se o Cavaco Silva morrer amanhã eu sou o primeiro a colocar lá. E mais, devia ir ao historico da seção ver qtas notas referentes a portugueses eu mesmo coloquei lá nesses anos antes de fazer essa afirmação esdrúxula. MachoCarioca oi 18h31min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

E complementando, além de voltar a nota do Ebola, favor acrescentar nova nota:
"Judoca brasileira Mayra Aguiar conquista torna-se campeã mundial de judô na Rússia."

Agora, se forem fazer essas correções daqui a cinco dias, é melhor nem fazer nada e acabar com aquilo, porque senão deixa de ser seção de eventos internacionais ou lusofonos importantes e vira papel de jornal velho para embrulhar peixe. E se depender de mim, nenhuma nota de falecimento que ali está transformado aquilo num obtuario deveria permanecer, nem a do Robin Wiliams, um ator já fora do mainstream artistico desde o fim dos anos 90 e que vivia da fama do passado. MachoCarioca oi 19h02min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

  Comentário Wikipédia:Esplanada/geral/Predefinição:Eventos atuais (21mai2011) Discussão relacionada, ocorrida em 2011. Antero de Quintal (discussão)

Zé Luis, no momento temos uma seção de Eventos recentes relevantes internacionalmente na PP com cinco notas das quais quatro sao atestados de obito, pelo amadorismo e falta de entendimento de EvR de quem colocou aquelas coisas ali, nos cobrindo de vergonha e mostrando a incapacidade da comunidade de lidar com jornalismo. Tem certeza q aquilo é a melhor versão e "mais estável" pra seção? MachoCarioca oi 19h50min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
MC, não, não acho. Mas a regra aprovada por esta comunidade não me dá poderes editoriais e é explícita sobre qual é a versão: Citação: Numa guerra de edições, a princípio prevalece a versão estável, que é a versão anterior a edição que originou a guerra de edições (seja inserindo, removendo ou alterando o conteúdo do artigo). escreveu: «WP:Status quo». Não existe latitude pra eu escolher o que é ou não é versão estável.... José Luiz disc 21h26min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Tô torcendo pra cair uns 3 aviões e estourar duas guerras pra essa coisa toda sumir dali. José Luiz disc 21h27min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Usuário:MachoCarioca, esta discussão já estava absurda há bocado. Esta tua nova série de edições apenas piorou-a. Vamos por partes. Não retirei a entrada do snooker porque remoção de conteúdo, sobretudo conteúdo justificado e fundamentado, não faz qualquer sentido. O problema daquela secção não é o excesso de conteúdo: é falta dele. Tu, com essa ânsia de eliminar conteúdo, apenas está a contribuir para que piore. Estás realmente interessado em melhorar a wikipedia? Então prova, e acrescenta conteúdo. Não é a perderes tempo com pulsões de eliminação apontadas a entradas válidas numa secção cujo conteúdo já é escasso que a wikipédia melhora. Sobre o problema que revelas ter em relação a portugueses, terias mais sucesso a ocultá-lo se não descrevesses aquilo que achas ser o problema como sendo a inclusão de portugueses na lista, ou as edições feitas por portugueses. Se essas coisas incomodam-te então é um problema com o qual terás de lidar, mas ao menos tenta não o deixar passar para a wikipédia. Aparentemente, pelo teu historial de edição, és uma pessoa demasiado propensa para criar problemas pessoais significativos a partir dos assuntos mais insignificantes. Isso não melhora a wikipédia. Quanto ao resto, volto a referir que esta discussão já estava absurda. O problema da secção é falta de conteúdo: não é a nacionalidade dos editores ou dos temas dos artigos. A resolução do problema está na contribuição de mais conteúdo. Tudo o resto é desperdiçar tempo e energia. --Mecanismo (discussão) 01h10min de 30 de agosto de 2014 (UTC)
  • Eu concordo que, tal como na en.wiki, a secção de eventos recentes deveria ter um corpo principal apenas para eventos recentes e dois rodapés para: 1) mortes recentes, listando apenas o nome dos falecidos; e 2) eventos recentes, mas que continuem a decorrer por um longo período de tempo (por exemplo, conflitos militares ou pandemias), listando também apenas o título do artigo.
  • Mais: a secção de artigos destacados deveria em rodapé ter também a ligação para os dois ou três artigos destacados anteriores a esse, tal como acontece na en.wiki.
  • Infelizmente, nada disso tem a ver com o problema recorrente de seleção e discriminação deste tópico, nem o vai resolver. Antero de Quintal (discussão) 18h03min de 30 de agosto de 2014 (UTC)

Eu não acedo à página principal todos os dias. A página que tenho nos marcadores é a dos artigos vigiados. A página principal, tal como qualquer outra da wikipédia, não pertence a nenhum utilizador em exclusivo e não pode servir como plataforma de propaganda a nenhum país lusófono. Talvez não seja má ideia constituir algum tipo de grupo que garanta a qualidade e o equilíbrio da PP. Cumprimentos! --Bluedenim (conversa) 13h12min de 1 de setembro de 2014 (UTC)

Livros, não sei como proceder

O texto seguinte foi movido de: Wikipédia:Esplanada/anúncios

  • Interessantes as contribuições deste editor IP, está colocando links de livros em domínio público, aparentemente normal, mas o link é desconhecido, os livros citam um tal de Rafael Palma, mas ninguém consegue digitar tanto texto em tão pouco tempo, parece vda da tradução, as licenças são estranhas, citam a Wikipédia como fonte de informações. No mínimo deveria ser carregado no Wikisource. Acho que é alguma tentativa de divulgação, mas gostaria de mais opiniões sobre como proceder.Jo Loribd 18h07min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
Abri o primeiro "livro" da lista de contribuições (diff, pdf aqui).
  • A primeira parte é uma cópia da Wikipédia. Dada a data de criação do PDF, aparenta ser copy paste de versões mais antigas dos artigos.
  • A segunda parte (a tabela) é copy paste daqui. Antero de Quintal (discussão) 18h20min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
Por outro lado, esta outra edição parece-me ser apenas o um pdf com a obra do artigo, que está em domínio público. O mesmo acontece aqui. Ainda assim, seria preferível que a disponibilização destas obras ocorresse através de uma fonte fidedigna, em vez de um pdf criado por um anónimo qualquer que pode muito bem ter alterado o texto original e com nítidos interesses comerciais. Antero de Quintal (discussão) 18h24min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
  • É o que está parecendo, não é? e o link é para um site estranho, não se sabe se vai estar no ar muito tempo. Ressalvo que nos artigos que verifiquei já existia algum link para a obra e no Google e acho que até na Amazon é fácil encontrar essas obras sem custo, então não haverá prejuízo grande. Deixei uma mensagem para o IP, se ele não responder nada vou reverter tudo.Jo Loribd 18h41min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
@Jo Lorib: A longevidade das ligações externas é também um dos critérios para a sua inclusão. Dito isto, também não me parece previsível que este site pessoal vá ficar online muito tempo. Antero de Quintal (discussão)
Além disso, no caso de obras estrangeiras, o que está em domínio público é a versão original do autor. As traduções são geralmente protegidas, a não ser que haja prova em contrário. Refiro isto porque o pdf aí de cima não é da Metamorfose de Kafka, e sim de uma tradução portuguesa da Metamorfose de Kafka, que tanto pode ter sido feita há setenta anos como o mês passado. Antero de Quintal (discussão) 18h48min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
@Jo Lorib: A mim parece apenas uma forma de divulgar esse site, que por sinal foi criado no dia 16/06/2014. Sobre as licenças, creio que o @555: pode analisar melhor isso e principalmente ver se é caso dos livros serem carregados pro Wikisource. Abs ---- @lestaty discuţie 19h01min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
  • Estranho, passei o número do IP 177.41.163.104 no whois deu um IP da GVT no Brasil, o site é de Portugal e o domínio é UK (Ucrania?). Mas o IP da GVT é fixo.Jo Loribd 19h36min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
O IP 177.41.163.104 pertence a GVT. O site está amarrado no IP 188.93.231.189 que é de propriedade da iberweb.pt uma empresa de hospedagem. Logo esse IP 177.41.163.104 deve ser o proprietário e portanto o tal do Rafael Palma. o domínio .uk é do Reino Unido e qualquer pessoa por +/- 12 euros pode registrar um site .org.uk ---- @lestaty discuţie 19h53min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
  • Não chequei todos os títulos, mas todos os que vi encontram-se também no sítio domínio público. A ideia em si é boa e poderia ser adaptada com links para ele. --Oona (discussão) 23h16min de 28 de agosto de 2014 (UTC)
  • Tem certeza que é uma boa ideia, Oona? Me explica por quê acha isso.Jo Loribd 15h42min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Eu acho uma boa ideia facilitar o acesso às obras porque 1) incide sobre mais acesso a conhecimento e cultura; 2) mais pessoas conhecendo a obra em si, mais pessoas aptas a melhorar os verbetes sobre a obra. Havendo a possibilidade de apontar no verbete onde a obra em domínio público pode ser encontrada (e pode ser o Wikisource ou outro lugar), não me parece haver motivos para não fazer isso. Você vê? --Oona (discussão) 00h27min de 31 de agosto de 2014 (UTC)
  • Desculpa pela demora na resposta, tive um acúmulo de trabalho. Mas Oona, o que está em questão não é a colocação de link para o site DP ou o Source ou o Gutemberg, isso é até incentivado e muitos artigos já apresentam essas ligações, o que está em questão é se este link do Rafael é bom ou ruim, se devemos bloqueá-lo ou não, pelas características apontadas acima.Jo Loribd 14h01min de 2 de setembro de 2014 (UTC)

O texto acima foi movido de: Wikipédia:Esplanada/anúncios

Mais um ataque do Governo Federal Brasileiro à Wikipédia

Este é um tópico novo. Se foi você quem o começou, clique aqui para inserir a sua mensagem.

Wikipédia:Esplanada/geral/Mais um ataque do Governo Federal Brasileiro à Wikipédia (29ago2014)

proteção em cascata durante o período eleitoral

Estava eu pensado com o meus botões: Por que não criamos uma lista, no domínio anexo, com todos todas as paginas que possam se alvo de manipulação politica. (e.g. Miriam Leitão, Partido dos Trabalhadores, Delcídio do Amaral, etc) Assim poderemos utilizar a proteção em cascata durante períodos eleitorais somente nesta pagina e qualquer editor sem os privilégios de administrador poderá proteger estas paginas sensíveis. A questão é: A proteção em cascata poderia ser usada desta forma? É uma ideia valida? Que tal anexo:artigos politicamente sensiveis? Algum Burocratas sabe programar uma MediaWiki, com uma lista de artigos politicamente sensíveis, que será automaticamente protegida a cada 2 anos? --Econt (discussão) 18h24min de 30 de agosto de 2014 (UTC)

A ideia parece boa e acho que é factível. Poderíamos inclusive colocar numa categoria de manutenção para que o anexo não seja visível. José Luiz disc 18h37min de 30 de agosto de 2014 (UTC)
Ver tópico existente: WP:Esplanada/propostas/Impedir ataque politiqueiro de IPs na Wikipedia = self defense do projeto (8ago2014). Helder 20h18min de 30 de agosto de 2014 (UTC)

Embaixador - Pelotas

Algum editor experiente que more em Pelotas com disponibilidade para ajudar em uma oficina de edição no dia 7 de outubro, pela manhã, na UFPel? --Domusaurea (discussão) 00h34min de 1 de setembro de 2014 (UTC)

PropostasEditar

Discussão sobre renomeações

Venho propôr o início de uma discussão sobre renomeação de títulos de artigos, tendo em vista a quantidade muito grande de propostas nos últimos meses e a quantidade de discussões geradas com as contestações. Esta consulta a comunidade é para saber se apoiam o início dessa discussão mais ampla sobre o assunto. Caso concordem:

  1. Saber da comunidade, se tomaram conhecimento da quantidade de solicitações existentes na Categoria:!Páginas marcadas para serem renomeadas?
  2. Ao mesmo tempo, perguntar se concordariam ou não com o bloqueio a nível sysop da opção Mover páginas? JMGM (discussão) 19h54min de 2 de agosto de 2014 (UTC)
  Pergunta. Em alguma outra wiki ou projeto da WMF esta opção está protegida em nível tão elevado? Parece-me um exagero extremo...
  Pergunta, entendo que Wikipédia:Convenção de nomenclatura/Nomes próprios, adotada depois de quatro meses de discussão (Wikipédia:Esplanada/propostas/Adoção de termos em língua portuguesa (25fev2014) e declarada "recomendação" em junho/2014, já resolve muitos dos casos. Ainda que a discussão ocorra (como a que está ocorrendo em Wikipédia Discussão:Projetos/História e sociedade), o tom é extremamente civilizado e sempre baseado nas regras (o que não acontecia antes). Aliás, se tirarmos os casos listados nesta última discussão, a categoria para menos da metade dos casos. Mas, em benefício da dúvida, gostaria que fossem listadas exatamente quais são as Citação: quantidade de discussões geradas com as contestações referidas na proposição... É possível?
Finalmente, "eliminar a discussão" com base numa norma restritiva parece-me exatamente o contrário do que se espera de uma enciclopédia onde todos podem editar... José Luiz disc 20h37min de 2 de agosto de 2014 (UTC)
Resposta: Não acho exagero. O problema de não bloquear a opção mover nas outras wikis é porque certamente os usuários não costumam mover os artigos ao seu gosto e bel-prazer, o que não é o caso da wiki PT! Além do mais, as variantes PT e BR provavelmente geram mais problemas do que as variantes nas outras línguas.
Quanto a listar as discussões geradas por moções vou ter que fazer uma busca, e caso alguém já tenha essa relação pronta é só colocar aqui para completar. JMGM (discussão) 21h44min de 2 de agosto de 2014 (UTC)
Não acho. O quebra pau entre inglês-uk e inglês-usa é tão ruim quanto e já gerou muitíssimas discussões no passado. Acontece que a enwiki tem o manual de estilo com recomendação pra simplesmente qualquer coisa e não há mais nada que não tenha uma recomendação (a sobre "títulos de artigos", por exemplo, tem 50k e literalmente dezenas de sub artigos; a sobre biografias, 30k e dezenas de subartigos). Enfim, lá eles investem em criar um bom manual de estilo. Mas lembro-me uns anos atrás quando um quebra-pau sobre nomes de pássaros (ou colocação de infoboxes, já não me recordo) foi parar no Comitê de Arbitragem.... Enfim, sobre os casos do "bel prazer", sugiro que liste pra que a discussão fique focada. Eu, por exemplo, discuto todos os casos que me incomodam e estou extremamente satisfeito com o trabalho sendo realizado, apesar de um outro exagero que, depois de saudável debate, chegamos num consenso. José Luiz disc 22h38min de 2 de agosto de 2014 (UTC)

  Discordo de se impedir movimentações. Toda vez que um artigo é criado com o título errado ter que ir pedir a um administrador que corrija é aumentar a burocracia; e no caso apenas para resolver o problema eterno deste projeto com contas que acham que tem "salvá-lo". Fabiano msg 22h45min de 2 de agosto de 2014 (UTC)

Por mim o mais simples era fazer uma proposta para mudar Wikipédia:Convenção de nomenclatura/Nomes próprios de recomendação para regra e acabava-se com os problemas de uma vez por todas. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 23h59min de 2 de agosto de 2014 (UTC)

Z, bem vindo de volta. Concordo totalmente. E daí criar similares para topônimos e termos estrangeiros. José Luiz disc 11h29min de 3 de agosto de 2014 (UTC)

Menção a esta discussão no grupo do facebookEditar

Informo que esta discussão está a mencionada no grupo de facebook da wikipédia lusófona, onde vários editores insultam de forma explícita outros editores deste projeto. Antero de Quintal (discussão) 00h46min de 3 de agosto de 2014 (UTC)

É exatamente por isso que aquilo não presta. Não há regras de conduta e as discussões rapidamente transformam-se em bullying. É triste ver que tem gente que apóia esta mer... Como não tenho conta, não consigo saber o que ocorre. José Luiz disc 11h14min de 3 de agosto de 2014 (UTC)
Qual é o problema, isso é para quem não tem nada a esconder. comentário não assinado de JMGM (discussão • contrib)
Só esclarecendo, não tinha visto esta discussão e como participei da discussão no Facebook e falei aqui, concordo que as questões da Wikipédia devem ser discutido na PD do tema; concordo que no Facebook há um certo descompromisso por ser um ambiente "de fora". Luiza Teles Lu 21h37min de 15 de agosto de 2014 (UTC)

Continuação da discussãoEditar

Discussão sobre restrição de movimento

Categoria

    • Discussões em aberto dos últimos 7 dias
Topônimos ou relacionados
Antropônimos e relacionados
Outros
Mudanças sem aviso ou discussão e fontes

Quem souber de mais alguma é só colocar aqui. JMGM (discussão) 02h38min de 3 de agosto de 2014 (UTC)

  Comentário Para os casos de antropônimos, já existe recomendação do projeto. Não deveria haver mais discussão: itens 1.3 e 1.4 são muito explícitos sobre isso: Citação: Nomes de personalidades estrangeiras da Antiguidade, Idade Média ou de outros tempos históricos recuados devem ser grafados de acordo com o nome pelo qual são mais conhecidos hoje em dia no país lusófono em cuja variante o artigo foi escrito originalmente (podendo haver referência a como são as outras variantes), seguindo-se uma explicação do nome original/mais conhecido globalmente e a que língua corresponde caso não haja coincidência. Se foi escrito a primeira vez em ptPT, que fique na versão mais conhecida em Portugal. Se foi escrito em ptBR, que fique na versão mais conhecida no Brasil (quase certamente anglicizada, infelizmente)... Não compreendo o debate. José Luiz disc 11h19min de 3 de agosto de 2014 (UTC)
PS:E, ainda no espírito conciliatório proposto em Wikipédia:Versões da língua portuguesa, acho sim que deveria ser emendada uma exceção a 1.4 para artigos com "forte afinidade" a uma das variantes da língua, dando preferência a ela em alguns casos. É justo. Mas a forma correta seria emendar a regra da maneira certa e daí aplicá-la. Lembro que não há pressa: muitos desses artigos ficaram numa ou noutra variante por anos e não precisamos arrumar tudo em 30 dias. O que é preciso é garantir que a "falta de pressa" não se transforme em procrastinação ou fillibusting pra impedir o consenso. José Luiz disc 11h26min de 3 de agosto de 2014 (UTC)
  Comentário Há casos na lista em que não houve "conflito". Houve discussão e consenso... José Luiz disc 11h19min de 3 de agosto de 2014 (UTC)

Zé, você pediu para colocar as discussões geradas com as contestações, eu coloquei as que encontrei, inclusive as que houve consenso como diz, justamente para que fossem analisadas e para dar conhecimento das mesmas, gostaria que colocasse de volta os títulos retirados, e ainda falta colocar as moções que foram feitas e não contestadas por desconhecimento da existência das mesmas, que não entraram na categoria para serem renomeadas e que não foram colocadas tags de renomeação. JMGM (discussão) 18h58min de 3 de agosto de 2014 (UTC)

Cedência é necessária Como eu disse aqui, era necessário que a Jurema e o Renato procurassem ceder, vejo muita insistência de ambos em manter suas versões e não abrir mão de nada mesmo quando todos os argumentos e a própria convenção de nomenclatura indicam que estão errados. Em Bases Britânicas Soberanas, Guy de Boulogne e Zaouïa o consenso parece claro a favor do Renato e contra a Jurema, e ela não cede. Em Baden-Württemberg, Jihad, Hussein da Jordânia, Princesa Charlotte, Duquesa de Valentinois o consenso é claro contra o Renato e a favor da Jurema, e ele não cede também. Quanto mais os casos mais óbvios forem retirados de discussão, mais poderemos discutir os casos realmente discutíveis.

Moções como a de Kandahar e Andhra Pradesh, sem fontes sou contra. O mínimo que quem pretende modificar o título precisa fazer é colocar fontes nele, e quem deseja manter o título original, deve colocar fontes lusófonas que reconheçam o nome original. Renomeios sem discussão prévia nesses casos onde sabemos que haverá conflito, não devem ser feitos (isso foi previsto na discussão que aprovou a convenção de nomenclatura e foi aceito por todos). Propostas em grande quantidade de uma única vez deveriam ser evitadas, para que todos tivessem tempo de opinar em cada uma delas.

Todos os envolvidos deveriam prestar atenção no que disseram o Fulvio e o Zé aqui. Fatiar o problema, prestar atenção na convenção e citar fontes. Se isso for feito, vão sobrar poucos casos realmente controversos, onde poderemos opinar com mais calma.   Discordo totalmente de proibir todos os usuários de mover todas as páginas a nível sysop por causa disso. Matheus diga✍ 01h17min de 4 de agosto de 2014 (UTC)

Bom citar estes casos para que eu possa deixar as coisas mais claras. Eu não estou fazendo guerra com ninguém por Hussein da Jordânia, por exemplo, já que ele está sendo discutido de maneira unificada com casos semelhantes, e Baden-Württemberg não está desfavorável ao que propus, pois mais gente mostrou-se conivente com o título. Outro caso emblemático é jihad. Eu defendi a proposta, mas não fui eu que propus (deveria ter sido visto na discussão antes de ser atribuído a mim). Sobre Candaar, há fonte no artigo, em Andra Pradexe, esqueci de colocar e já irei providenciar.--Rena (discussão) 01h25min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Nestes casos, vou ser direto. Por que uma regra como os itens 1.3 e 1.4, recém votados para nomes próprios, não serve pra topônimos? Por um lado, respeita-se o desejo do criador (como muitos aqui querem, inclusive eu) e, por outro, abre-se o espaço para a mudança cultural. Por que pra "Andra Pradexe"/"Andhra Pradesh" não podemos utilizar a mesma regra? Eu faria exceções na linha que venho propondo sobre artigos com "forte ligação com uma versão ou outra da língua" e só. José Luiz disc 01h34min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Relembro um outro FATO pros navegantes: os 200 milhões de brasileiros tem sim, infelizmente, utilizados formas anglicizadas de nomes. Manuais de estilo de grandes jornais, revistas, televisão etc. suportam o movimento. Não sei se é papel da wiki mudar o presente, mas estou certo que não é o de mudar o "passado", quando aportuguesar era a norma... Daí a beleza das regaras 1.3 e 1.4, que balanceiam isso.... Leiam. José Luiz disc 01h38min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Mas como ficaria, por exemplo, casos como Calinga, onde a versão na qual usava-se a grafia antiga não mais condiz com a versão atual do artigo? Pra falar a verdade, nesse caso ai, e no irmão Guerra de Calinga, pouco ou nada dialogam as versões antiga e a atual.--Rena (discussão) 01h42min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
E há casos onde o topônimo e/ou antropônimo é pouco ou nada conhecido no português, caso do Aleixo Estrategópulo e do Basílio Onomágulo. Neles a única fonte apresentada corroborava a atual grafia, e mesmo assim teve discussão bem longa sobre.--Rena (discussão) 01h45min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Pqp... Leia Wikipédia:Convenção de nomenclatura/Nomes próprios de cabo a rabo, por favor. E refaça suas perguntas. José Luiz disc 01h49min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Eu li, a propósito fiz parte da discussão que elaborou o texto complementar dela. Mas no fim das contas os casos acima ficam a deriva. Principalmente Calinga. Nem a versão que prefiro nem a outra versão com "k" são irrefutavelmente majoritárias em qualquer uma das variantes, e no caso presente também não é possível alegar que é preferível utilizar-se da escolha do primeiro editor quando a versão feita por ele não é mais a versão usada no artigo.--Rena (discussão) 01h55min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
O vácuo nasce por que "nomes próprios", IMHO, não engloba topônimos, Rena. Para eles, a discussão é bem mais espinhosa e um consenso, mais difícil. José Luiz disc 22h46min de 4 de agosto de 2014 (UTC)

Comunicação de moção indevida hojeEditar

Informo que dois dos artigos que ainda estão em discussão e ainda não houve consenso, teve seu título movido para o nome contestado, solicito ao administrador mediador desta discussão que retorne ao título Aksum, Zaouïa imediatamente, para que possamos continuar esta discussão. JMGM (discussão) 23h16min de 3 de agosto de 2014 (UTC)

PS:Esse é o motivo de eu pedir o bloqueio da opção mover a nível sysop. JMGM (discussão) 23h25min de 3 de agosto de 2014 (UTC)
Moveu mais um Bases Britânicas Soberanas para seu redirecionamento Acrotíri e Deceleia nome não consensual.
Jurema, estava movendo de volta o artigo quando, perplexo, vi que, em 2009, o artigo foi movido de Axum para Aksum!!:
(mostrar/esconder) 16h20min de 17 de novembro de 2009 Raafael (Discussão
Original {{{{{língua}}}}}: bloquear) moveu Axum para Império de Aksum (Nome padrão nas outras Wikipédias.)
— contribs
Este artigo foi criado em 2005 por um português (conhecido seu até):
(atu
Original {{{{{língua}}}}}: contribs
— ant) 08h42min de 27 de maio de 2005‎ Rui Silva (Discussão  bloquear)‎ . . (2 477 bytes) (+2 477)‎ . . (agradecer)
Não estou certo se é o melhor a fazer. Ressalto que achei sim desrespeitoso mover dado que estamos aqui e ia de fato desfazer a moção, mas me parece muito mais um caso de correção de uma injustiça cujo remédio está bem em linha com os parâmetros que costumamos seguir (e que estão entronados, para nomes próprios, na recomendação): respeitar a versão da língua utilizada originalmente... Pode opinar? O histórico está aqui José Luiz disc 23h46min de 3 de agosto de 2014 (UTC)
Perfeitamente, quem criou esse artigo em 2005 foi o Rui Silva com o título de Aksum, o outro agiu corretamente em retornar o título em 2009, pois tinha sido movido sem discussão. JMGM (discussão) 23h55min de 3 de agosto de 2014 (UTC)
Não, Jurema. A única moção nesta página foi a do Rafaael em 2009: Axum para Império de Aksum (no fim da página). Em 2011, o Rafa moveu de volta para Axum e certamente daí iniciou-se uma GE. Mas posso levantar mais se quiser... José Luiz disc 00h06min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Zé ela está falando da cidade de Axum não do Império de Axum. Pra falar a verdade nem faço ideia o porquê desta página, que nem está em proposta à propósito, estar aqui. Há outras inclusive de tom bem questionável, mas deixa pra lá. Cansei de dar murro em ponta de faca em discussões com a Jurema.--Rena (discussão) 00h08min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Claro. Está tudo interrelacionado, Rena. A confusão começou, neste caso (deixo claro - cada um é diferente), quando o Rafaael moveu Axum para Império Aksum em 2009 e misturou tudo. José Luiz disc 00h12min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Tem razão sobre a movimentação, mas como se justifica alguém criar um artigo com o título de Axum e na primeira linha colocar apenas Aksum [5], como pode ser visto na primeira edição? JMGM (discussão) 00h15min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Aí só ele pode esclarecer. Eu sempre cito o nome original entre parênteses, independentemente se concordo ou não com a tradução ou transliteração, pois sei que isso ajuda quem faz a pesquisa via Google (ex.: Wilfrid obviamente vira "Vilfrido", mas qqer um que leia uma obra em inglês (ou uma brasileira anglicizada) vai bater "Wilfrid" no Google. Se retirarmos, perde o leitor, que vai parar na enwiki... O caso em questão, novamente, reforça minha percepção de que precisamos para de discutir os casinhos pra formularmos uma boa regra que possamos seguir mesmo não concordando 100% com tudo 100% do tempo (cedência). E dos dois lados. Pra nomes próprios, estou certo que os nomes árabes anglicizados fora da península ibérica são péssimos pro Rena, mas ele aceitou (ou deveria!) em nome do consenso. Chamo você pro mesmo compromisso: como podemos avançar numa proposta que não preveja tirar a licença pra dirigir de todo mundo por causa de alguns que, mutuamente, se consideram maus motoristas? José Luiz disc 01h22min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Caro Zé, as leis de transito não funcionam lá tão bem como deveriam assim como aqui, lá diz que a carteira de motorista é apreendida e o infrator volta a fazer um curso para se reabilitar. O que acontece aqui, é que na maioria das vezes o Rena coloca a tag indevida e algumas vezes é outra pessoa que faz a moção, vai tirar a carteira de quem nesse caso? E como ficam as três moções feitas hoje enquanto estamos discutindo? JMGM (discussão) 01h34min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
O caso de Axum, acho que acabamos. Ou você entende que devemos ir contra a forma mais conhecida na versão da língua mais conhecida do autor? Em tempo: quais são as outras duas? José Luiz disc 01h47min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Não estamos aqui para discutir caso a caso, isso está sendo feito nos próprios artigos. Estamos aqui para discutir os atos e e as consequências geradas pelos mesmos. Lá no início desta proposta diz o seguinte: 1 Saber da comunidade, se tomaram conhecimento da quantidade de solicitações existentes na Categoria:!Páginas marcadas para serem renomeadas? 2 Ao mesmo tempo, perguntar se concordariam ou não com o bloqueio a nível sysop da opção Mover páginas? Por esse motivo nenhum título colocado nesta página deve ser retirado ou movido antes que todos vejam e analisem o que está acontecendo. JMGM (discussão) 02h17min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Há um pequeno problema Jurema. Mesmo sendo uma discussão em esplanada, a probabilidade de muitos editores se manifestarem é nula, pois muitos não gostam de discutir sobre o tema. Ao mesmo tempo, é nula a chance de grande parte da comunidade tomar conhecimento da discussão. E outra, seu tom claramente mostra que você, acima de tudo, abriu a discussão porquê entende que qualquer moção que leve ao emprego duma grafia que você discorda (que no caso seriam todas os títulos) deve, por conseguinte, ser necessariamente depreciada pela comunidade.--Rena (discussão) 02h28min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Caro Matheus, você está dizendo que eu não quero ceder, ceder em que? A única coisa que eu não cedo é em não permitir que se façam arbitrariedades como moções sem consenso e sem discussão e fontes, os casos que encontrei fui analisando e concordando ou discordando de acordo com a analise, o que se discutiu após minha discordância é que vai decidir o que será feito. JMGM (discussão) 01h52min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Se meu intuito no caso dos árabes fosse começar uma discussão interminável eu não teria acatado a solicitação do Zé de fazer uma discussão unificada no projeto história e sociedade e teria, por conseguinte, começado a abrir discussões individuais em cada um dos artigos. Estou plenamente interessado que chegue-se a alguma conclusão, mas não posso deixar passar bem na frente dos meus olhos o fato de que muitos dos que opinaram acharam possível usar os nomes em português dos ditos, ainda mais quando levamos em conta o fato de que se, em tese, todos os monarcas e nobres árabes fossem aportuguesados, eles ainda seriam um grão de areia em meio a uma praia inteira de indivíduos que nunca terão seus nomes alterados.--Rena (discussão) 01h58min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
A respeito da sua contestação Jurema, ela é manjada e já caiu em descrédito com mais de um editor. A propósito, você é "tão versátil" na argumentação que fez copia e cola da mesma mensagem e saiu colocando em todos as discussões.--Rena (discussão) 01h58min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
É simplesmente constrangedor abrir uma discussão para se apurar fatos nesta wiki. Ao mesmo tempo que se pede para a comunidade analisar uma situação, ela vai sendo modificada nos bastidores, como esvaziar a categoria que foi colocada no início da página para que toda a comunidade tome conhecimento. Moções e encerramento de discussões que ainda não tiveram um consenso porque muito poucos editores tiveram conhecimento das mesmas. Assim é fácil. JMGM (discussão) 02h29min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Não é engraçado. É engraçadíssimo ver você apontar-me o dedo para uma coisa que eu não fiz. Isso é algo digno de aplausos mesmo. Desde que essa "proposta" que já recebeu o não de dois administradores começou eu não mexi em mais artigo nenhum. Todavia, veja que nos casos onde as discussões foram encerradas eram justamente aqueles que a moção devia ser feita, pois o consenso foi favorável a moção.--Rena (discussão) 02h55min de 4 de agosto de 2014 (UTC)

  Comentário Em quase todos os casos que verifico, a JMGM começa por discordar. Ou sem apresentar motivo (o mais comum) ou porque "não existem fontes". No entanto, verifico que na maior parte das discussões lhe são prontamente apresentadas as fontes em língua portuguesa, inclusive enciclopédias, mas ela recusa-se obstinadamente a aceitá-las e frequentemente contrapõe com sites em língua estrangeira, traduções do google (!) ou conjeturas rebuscadas para evitar sair de "orgulho ferido" e "perder a discussão". Na quase totalidade dos casos, tratam-se de tópicos que a utilizadora nunca editou, percebe-se que tem pouco ou nenhum conhecimento sobre o tema e nunca tinha mostrado o mínimo interesse em editar o tópico. Isto parece-me mais próximo de abuso para provar um ponto de vista do que alguém que está interessado em construir uma enciclopédia. Observo também que nos últimos dois meses, as suas edições no projeto são quase exclusivamente em perseguição ao editor Renato de Carvalho Ferreira, desfazendo ou opondo-se sistematicamente a todas as edições feitas por ele; um comportamento assediante de "wikistalking" e que na en.wiki é sancionado com bloqueios pesados, chegando inclusive a lançar campanhas de difamação em redes sociais contra vários editores. Evidentemente que a usuária até pode estar do lado razão num ou noutro caso. Mas geralmente chega-se a essa conclusão porque houve outras pessoas a intervir com argumentos minimamente convincentes, e não em função dos seus comentários fora de pauta.

Portanto,   Discordo da proposta de ter administradores com privilégios de edição. Mas acho que é óbvio para toda a gente que a "proposta" aqui não é sequer séria nem real. É só mais um pretexto que a usuária encontrou para fazer outro caso com pompa e circunstância em relação a um dos seus desafetos, como vem sendo hábito. Aliás, a própria afirmação de que "há muitas propostas" abertas é descabida e completamente alheada da realidade: só existem "muitas propostas" para usuários determinados a impor um ponto de vista e que sentem uma necessidade incontrolável de ter que "aprovar" tudo o que se passa no projeto. O projeto é uma comunidade, e não uma pessoa ou um grupo de pessoas que querem controlar tudo e todos. Não falta muito para que apareça aí um sock do Quintinense a exigir que haja um limiteum limite de dez edições por dia para cada editor porque senão ele não tem tempo de conferir, aprovar e carimbar tudo. Antero de Quintal (discussão) 02h47min de 4 de agosto de 2014 (UTC)

Até o dia de hoje, nunca fui obrigada a concordar com nada que eu não concordasse, e não vai ser agora que vou fazer isso só pra agradar alguém ou dizer que sou boazinha. Posso até ceder quando vejo lógica e sensatez na proposta, mas não que seja obrigada.
Nos últimos dias inúmeras propostas de renomeação de títulos de artigos foram feitas e houve uma discussão na própria página de discussão da categoria, para saber como localizar todos os artigos com essa proposta, onde o Helder deu algumas orientações ao Matheus sobre a predefinição que é colocada na página que se pretende renomear. Nessa discussão se fez um teste e levantamento das páginas que não possuíam justificativa na discussão, e as que tinham discussão em andamento. Foi discutida até a possibilidade ou não, da criação de central como a de fusão, mas não houve consenso. Comecei a verificar os nomes constantes da lista e por coincidência um bom número de artigos tinham sido propostos pelo Renato. Por esse motivo, agora estou sendo acusada de perseguir o mesmo. Que culpa eu tenho se encontrei as páginas que ele propôs? Contei o ocorrido pra quem não sabe da história e caso queiram saber mais é só perguntar.
Quanto ao meu desabafo no Facebook, não citei nome de ninguém, não joguei nada no ventilador e não difamei ninguém, alguns que curtiram podem ter feito alguns comentários de brincadeira mas também sem citar nomes, ao contrário do que ocorreu aqui na Wikipédia, na página de discussão do editor que me acusa de estar fazendo campanhas de difamação, onde pode-se ver quem é que está sendo difamada. Quanto a discordar do bloqueio da opção mover, me surpreenderia de verdade se concordasse, como iria continuar seu trabalho? Quanto ao complexo de Q não sei como te responder. JMGM (discussão) 09h24min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Jurema, vela lá. Você não citou nomes, certo, porém ao não fazê-lo deixou a coisa mais instável do que caso o tivesse feito. Por quê? Porque agora qualquer um que tenha participado nas referidas discussões e que tenha apoiado o posicionamento que você disse discordar tornou-se alvo dos comentários escarnosos da multidão enfurecida que aplaudiu seu discurso tendencioso. E outra, chamar comentários onde usa-se termos como "xenofóbicos", "viadagem", etc. de mera brincadeira ou é falta de coesão e/ou omissão do ocorrido. Mesmo que você nunca admita, você errou no primeiro instante que resolver "desabafar" fora da Wikipédia, num lugar onde punições para tais comentários não podem ser aplicadas. Se seu real intuito fosse tentar resolver a situação que lhe incomodava, então desde o começo você teria aberto essa proposta, e não feito aquilo, que só abriu uma via para os odiadores odiarem (haters gonna hate).--Rena (discussão) 14h21min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
E outra Jurema, quanto a perseguição, o Antero refere-se, imagino eu, ao fato lastimável, possivelmente verificável no seu histórico de edições, de que nos últimos meses você só vem dedicando seus esforços a participar de discussões, sendo que muitas você tem pouco ou domínio nenhum sobre o tema. Como eu a alertei na central de fusões, você deveria (repito como disse lá, é uma recomendação, não estou forçando-lhe) preocupar-se mais em corrigir erros seus, terminar as dezenas de traduções que você começou e não terminou e até mesmo continuar criando artigos sobre os temas que lhe agradam. Você seria muito mais produtiva com isso.--Rena (discussão) 14h42min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Renato, gostaria de lembrá-lo que já sou bem grandinha, o suficiente para ser bisavó, não sei se sabia. Conselhos se fossem bons seriam vendidos e não dados a quem não pediu. Desculpe. Voltando ao assunto, esta discussão não é para discutir o que devo ou não fazer, o que fiz ou deixei de fazer, isso é problema exclusivamente meu, não sou obrigada a fazer nada que eu não queira. Você está tentando mudar o rumo da prosa e inverter as coisas para uma posição que lhe favoreça. Um dia você chega lá. O assunto aqui não é entre eu e você, o assunto aqui é para a comunidade tomar conhecimento do que vem acontecendo na Wikipédia, e a esta altura já devem estar cientes, e se quiserem decidirão o que fazer a respeito. JMGM (discussão) 15h49min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Citação: JMGM escreveu: «não sou obrigada a fazer nada que eu não queira.» Bom saber que você pensa isso dos artigos que criou e dos inúmeros problemas presentes neles.--Rena (discussão) 15h59min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Renato, sinceramente, assuntos fora de pauta desta discussão, devem ser evitados. Novamente está usando minhas edições para me criticar e me diminuir em público, para desviar a atenção da discussão. Cadê o moderador pra ver isso, sumiu? JMGM (discussão) 17h07min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
E tem assunto esta proposta? Os 5 primeiros a se manifestarem foram contrários a restrição às moções. Quantos "nãos" mais você quer ouvir para perceber que sua proposta naufragou logo de início?--Rena (discussão) 17h11min de 4 de agosto de 2014 (UTC)

Citação: JMGM escreveu: «Quanto ao meu desabafo no Facebook ...» A hipocrisia de certas pessoas não tem limites! Não citou por hipocrisia; seria menos asqueroso se tivesse citado! Como é possível alguém acreditar que adianta alguma coisa tentar colaborar com este tipo de gente?

PS: Obviamente   Discordo da proposta. Regras à medida de "editoras" por regras à medida de editoras, e para termos paz, tenho as seguintes propostas alternativas, bem mais eficazes:
  1. Criação de um novo grupo de "movimentadores" (que já existe no Commons), coordenado só e somente pela JMGM, que pode, se quiser atribuir esse estatuto a quem quiser, desde que previamente discutido no Facebook.
  2. Proibição de qualquer tipo de moção de títulos a todos exceto a JMGM.
  3. Proibição da moção de quaisquer títulos que coincidam com algum interwiki, com preferência pelo inglês. --Stegop (discussão) 14h44min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
PPS: Para aqueles que acham que estou a ser negativista, vândalo, ou o que seja, sugiro que analisem bem da proponente no último ano (não é complicado, só se dedica a tarefas de wiki-stalkink "salvação"...), veja o tipo de argumentação nas discussões, veja a sua postura "consensual", nomeadamente na moção de artigos com insultos nos sumários, feitas em artigos que tiveram marcas de renomeação não contestadas durante semanas ou moções sem perguntar a ninguém (e é esta mesma pessoa que reclama que "não há discussão"...).
PPPS: Tenho-me abstido de entrar em discussões com esta "senhora" devido a um acordo feito há uns meses. Mas é evidente que tal acordo já foi mais que espezinhado vezes sem fim por essa "senhora". Pretendo continuar a evitar contacto com gente que não faz nem deixa fazer e que continuamente lança veneno assumindo uma pose hipócrita, mas hoje, num dia em que só tomei um dos 10 comprimidos "Bayer Politicamente Correto Hipócrita" necessários para entrar em qualquer discussão, caí na asneira de vir à Wikipédia... --Stegop (discussão) 14h44min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Este está pior que eu, vou poupá-lo de um enfarto e eu de um AVC. Não vou discutir com você, senão vou ficar com remorso. Passe bem. JMGM (discussão) 15h53min de 4 de agosto de 2014 (UTC)

Resposta para o RenatoEditar

Renato, e quem foi que disse pra você, que eu abri esta discussão esperando algum consenso? Só se eu fosse uma perfeita idiota pra pensar nessa hipótese. Abri a discussão para que a comunidade tivesse conhecimento do assunto, e saber a opinião de todos se possível, sobre as moções que andam sendo feitas, se eles concordam ou não, e decidir o que fazer com todos esses casos, indo direto em cada página de discussão e colocando lá suas posições se apoiam ou não apoiam o que está sendo feito, tanto os links desta página, como da lista na discussão da categoria. É esse o assunto a ser discutido aqui. JMGM (discussão) 18h29min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Então você começou uma discussão mais tola do que eu pensei. Foi decidido aqui mesmo na esplanada que as moções podem ser feitas quando não há contestação, só com isso essa discussão naufragaria. Além disso, se o intuito não é buscar um consenso, então por quê diabos você perguntou se os editores concordam em proteger moções a nível sysop? Sem consenso uma coisa dessas nunca seria aprovada, e você percebeu pelas respostas que você recebeu que ninguém está disposto a acatar o que você quer.--Rena (discussão) 21h21min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
E outra, se seu intuito é questionar a Wikipédia inteira, vá em frente. Se você quer tanto perder seu tempo atormentando os outros ao invés de fazer a coisa funcionar, não vai ser eu que vou impedir vossa excelência.--Rena (discussão) 21h21min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
  • Vou dizer isso da melhor maneira que conseguir: acho que esta comunidade só vai se interessar por este tema se vocês dois não participarem da discussão. Eu, que acompanho vocês há tempos, já fiquei sem saco de ler a ladainha... Imagina quem tem 2h por dia pra passar aqui. A realidade é que os casos estão se resolvendo em fóruns mais pacíficos, para o bem ou para o mal. Finalmente, deixo novamente a sugestão de que ao invés de ficarem criticando caso a caso, sugiram uma proposta de recomendação que lance a fundação de uma discussão mais saudável. Boa sorte! José Luiz disc 22h44min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Já não existe a WP:Convenção de nomenclatura/Nomes próprios? Basta seguir, e discutir apenas os pontos que estão obscuros. Matheus diga✍ 23h21min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Vamos imaginar então que eu abandone essa discussão, vai mudar muita coisa? Custo a crer. A proposta dela já naufragou deste o primeiro momento, quando todos discordaram de restringir moções aos administradores. E, por osmose, isso aqui logo será fechado, ela continuará a envolver-se nas discussões e a roleta russa continuará a girar. Eu não sou o único que já cansou-se dos pseudos argumentos dela, que veio enquanto discutíamos aqui, marcando a discussão de vários artigos com o discordar dela. Ela pediu para que as discussões fossem congeladas enquanto o negócio aqui não deslanchava, sendo que ela mesma não cumpriu aquilo que pedia. Fica difícil levar isso aqui a sério, principalmente com alguém que tem um loooooonnnnggggoooo histórico de discordância sem argumentos, muito antes de eu me envolver inclusive.--Rena (discussão) 23h02min de 4 de agosto de 2014 (UTC)
Não subestime nossa inteligência e, principalmente, não caia no mesmo erro dela: não imagine que "só você pode salvar a Wikipédia".... Fácil seguir nessa linha, não? José Luiz disc 00h46min de 5 de agosto de 2014 (UTC)
Zé, não só não subestimo a inteligência de ninguém, inclusive a dela, como também não me vejo, e nunca me verei, como o único a salvar o projeto, todos precisam, ou deveriam, fazer sua parte. Só estou expressando minha opinião de repúdio a uma proposta confusa, e com ar tendencioso, que foi vista de maneira não muito diferente da minha por mais gente (não preciso dar nome aos bois quando a discussão está aqui e em todo lugar para ser apreciada). Tampouco acho que preciso ficar trazendo diffs. para ilustrar o que disse acima (você mesmo foi um dos que mais foi contrário a fazer tal coisa, quando no fim isso só inflama a discussão) a respeito de eu não ser o único que entrou em colisão com o ponto e vista dela. Ela já era famosa antes mesmo deu entrar no projeto em 2010.--Rena (discussão) 01h00min de 5 de agosto de 2014 (UTC)
Pois é, Rena... Perceba que o seu argumento está claro. O da Jurema também. Deixe que outras pessoas discutam um pouco sem que vocês dois fiquem se rebatendo o tempo todo, por favor. Ouvimos a parte A e a parte B, é muito pedir que ouçamos agora os demais? Independente do que eu acho, duvido que você ache produtivo esses 35 kb de conversa que você e ela colocaram aí pra cima.... José Luiz disc 01h10min de 5 de agosto de 2014 (UTC)
Façamos o seguinte, já mais que disse o que eu penso e ficar rebatendo tudo que ela disser aqui e em todo lugar não vai levar a lugar nenhum. Deixemos, pois, que a discussão prossiga e quando minha opinião foi solicitada eu apareço. Ok? Vou-me para os bizantinos, depois volto.--Rena (discussão) 01h20min de 5 de agosto de 2014 (UTC)

Falando com a comunidadeEditar

A questão a ser discutida é se a comunidade está de acordo com as renomeações que estão sendo feitas do tipo: Este artigo foi criado em 2011 com este nome na primeira edição Brunswick-Wolfenbüttel e em 2014 mudado para Brunsvique-Volfembutel, Pergunto, há necessidade desse tipo de mudança nos títulos de artigos? JMGM (discussão) 16h09min de 5 de agosto de 2014 (UTC)

Olhando pelo viés das recomendações que temos, Jurema, vejo o seguinte: (i) trata-se de uma pessoa (e não um local), portanto vale a convenção que temos (já citada); (ii) o artigo foi escrito por uma portuguesa (a Sara) em ptPT e, portanto, seguindo 1.4, devemos privilegiar a forma mais conhecida do nome em Portugal; (iii) resta apenas decidir se a forma final é a mais conhecida por lá. Se for, não há problemas na moção do ponto de vista técnico. Porém, há um problema de forma neste caso, pois o Rena, na época, não marcava os artigos controversos antes de mover e ele foi advertido depois disso (este caso foi em fevereiro) e não tem mais feito assim. Finalmente, lembro também que diversos editores experientes editaram o artigo antes e depois disso e não se importaram com a moção, o que nos trás à baila Wikipedia:Status quo, votado pela comunidade. Enfim, pode-se discutir o item (iii) acima e gostaria de ouvir os editores portugueses neste caso. José Luiz disc 16h29min de 5 de agosto de 2014 (UTC)
Esta confusão de discussões por causa de movimentação de títulos de artigos, já vem desde que foi modificada a Convenção de nomenclatura em fevereiro com base nesta discussão Wikipédia:Esplanada/propostas/Adoção de termos em língua portuguesa (25fev2014) que foi gerada por causa da saída do Tetraktys que fez uma consulta parecida com esta e pelos mesmos motivos Wikipédia:Esplanada/geral/transliterações e neologismos em massa (21fev2014). Resta saber se a comunidade concorda com esse clima gerado por movimentações apoiado por mudanças feitas na Convenção, e se hoje não são o real motivo para revermos essas normas. JMGM (discussão) 17h43min de 5 de agosto de 2014 (UTC)
Jurema, entendi. Mas lembro que a convenção foi alterada com base no consenso não faz 6 meses e já estamos aqui querendo "rever". Vou tentar fazer o breakdown dos casos que listou no item anterior, pois acho que há lições que podemos inferir. Eu volto (e torço pra que mais gente opine).José Luiz disc 17h58min de 5 de agosto de 2014 (UTC)
  • A princípio sou contra qualquer tipo de proibição - até por convicções pessoais - e ainda mais em se tratando de uma enciclopédia "livre". Porém não posso ignorar o que vem ocorrendo, uma série de movimentações bizarras, muitas vezes sem qualquer embasamento em fontes fiáveis ou baseando-se numa fonte obscura encontrada num livro de sabe-se lá quando publicado num dos lados do Atlântico. Poderíamos, por exemplo, ter um artigo "Jiade", por exemplo, o que seria no mínimo motivo de chacota e descrédito para a Wikipédia no Brasil. Então creio que infelizmente se faz necessário algum tipo de policiamento no que diz respeito à movimentação de títulos. Ultimamente ando meio ausente do projeto, mas lembro que desde que comecei a editar aqui esta questão de títulos foi uma das principais causas de conflito aqui, então não vejo porque algum tipo de dispositivo que evite movimentações em massa, ou precipitadas, e que atraia uma consulta maior por parte da comunidade, possa fazer mal. Afinal, este é um projeto em permanente construção, e um pouco de cautela sempre faz bem. Nenhuma mudança é tão urgente que não possa ser discutida antes de ser feita. RafaAzevedo msg 05h43min de 7 de agosto de 2014 (UTC)
  • Mais uma vez, estamos aqui discutindo sobre renomeações não consensuais. Mais uma vez, os mesmos envolvidos... Será que o problema está na comunidade ou nos usuários envolvidos nas mesmas discussões de sempre? Essa briga cansa... Alex Pereirafalaê 12h10min de 7 de agosto de 2014 (UTC)
Citação: RafaAzevedo escreveu: «uma série de movimentações bizarras, muitas vezes sem qualquer embasamento em fontes fiáveis ou baseando-se numa fonte obscura encontrada num livro de sabe-se lá quando publicado num dos lados do Atlântico» É isso mesmo que se tem passado? Chegou a essa conclusão porque analisou em detalhe? Tem a certeza que não está a deixar-se ir na conversa distorcida de certa gente? E esteve muito mal aqui, praticamente ao nível argumentativo de quem fez esta proposta: «[..] ter um artigo "Jiade", por exemplo, o que seria no mínimo motivo de chacota e descrédito para a Wikipédia no Brasil». PS: estou-me a borrifar para a chacota e descrédito da Wikipédia no Brasil. --Stegop (discussão) 12h18min de 7 de agosto de 2014 (UTC)
Confesso que não entendi direito o teor da sua mensagem, mas tenho certeza que 'Jiade' também seria recebido com boas risadas em Portugal. RafaAzevedo msg 12h27min de 7 de agosto de 2014 (UTC)
Uau, finalmente estamos de acordo... Jihad significa Guerra Santa ou Guerra Legal, esse termo teve a sua origem quando Maomé deu início às suas campanhas contra o povo de Meca e teve como base algumas passagens do Corão, sendo o "único termo usado na lusofonia sobre o assunto", por seu lado Jiade é um local e nada tem a ver com "guerras santas", ou seja são coisas completamente distintas e nem faço a mínima ideia de quem foi o génio que se lembrou desse absurdismo ridículo, mas tenho que lhe dar os parabéns pela sua grande capacidade inventiva. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 14h07min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Pergunto novamente, há necessidade desse tipo de mudança nos títulos de artigos? Alegam Wikipedia:Status quo conforme a conveniência, um artigo que está estável desde 2008 ou outro ano qualquer perde sua estabilidade a partir do momento que resolvem mudar o nome do artigo com moções sem discussão e quando se percebe que foi feita a tal moção e tenta reverter a alegação do dito status quo só vale após a moção e para manter o título na versão movida, está certo isso? JMGM (discussão) 03h50min de 17 de agosto de 2014 (UTC)

Ver tambémEditar

Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2014

Olá! Dentro de dias começam os Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2014. Estou a criar os verbetes de países e desportos, a partir de outras Wikis, mas é uma tarefa hercúlea para fazer sozinho. Quem me ajuda?--Cdmafra falem 22h13min de 5 de agosto de 2014 (UTC)

Página com orientações para usuários que sejam de outras wikis

Proponho a criação de uma página com orientações sobre marcações e outras regras só existentes na wikipédia lusófona para auxiliar usuários de outras wikipédias que eventualmente venham editar aqui.Dado que por exemplo predefinições usadas em outras wikipédias não funcionam aqui,usuários de outras wikis que venham aqui podem acabar se confundindo com as regras,em especial com predefinições.Tive essa ideia ao ver que um Steward tentou marcar uma página para eliminação rápida aqui usando a marcação para ER da wikipédia anglófona,o que obviamente deu errado--Leon saudanha 14h55min de 6 de agosto de 2014 (UTC)

  • Você conhece o domínio Ajuda ? Jo Loribd 15h19min de 6 de agosto de 2014 (UTC)
    Sim conheço Jo Lorib,mas quis dizer uma página com orientações principalmente sobre predefinições,e de preferencia bilíngue--Leon saudanha 15h48min de 6 de agosto de 2014 (UTC)
  • E utilizar os interwikis?Jo Loribd 16h42min de 6 de agosto de 2014 (UTC)
Se se refere ao uso (praticamente universal) de {{delete}}, é para isso que servem o redirecionamento. Helder 17h06min de 6 de agosto de 2014 (UTC)
Helder Acho que no caso especifico do usuário que eu me refiro,o Vituzzu, provavelmente ele nunca havia marcado um artigo aqui para ER,veja a edição que ele fez aqui:[6]. É disso que eu estou falando na proposta--Leon saudanha 20h10min de 6 de agosto de 2014 (UTC)

Proposta de template para ajudar nos múltiplos conflitos sobre grafias de antropónimos e topónimos

É inegável que a comunidade está a atravessar um ressurgimento nos conflitos sobre mudanças de títulos de alguns artigos referentes a antropónimos e topónimos, conflitos esses nos quais tenho tido uma participação nula ou mínima tal é a saturação deste tema para mim e para a grande maioria da comunidade. Sendo um dos principais envolvidos no histórico consenso alcançado em abril passado, depois de árduos 2 meses de discussão (ver aqui) e de vários anos de insistência, gostaria de relembrar que a Convenção de nomenclatura acordada em abril fornece à comunidade um mecanismo simples de aplicação das regras que a própria comunidade definiu e que é capaz de resolver estes conflitos. Como a proposta e o texto final da recomendação foram aprovados com o objetivo claro de pôr um ponto final nas intermináveis discussões, decidi apresentar à comunidade um template simplificado que possa ajudar na aplicação da Convenção aos casos concretos, terminar com os conflitos e permitir que os usuários se foquem definitivamente na edição do corpo dos artigos.

Passos Resposta Resultado
1. Quem foi o primeiro editor do artigo? Usuário:X (dif) Passar ao 2.
2. Que versão da língua portuguesa foi usada? Pt-br/Pt-pt/Pt-.../AO90/etc. Passar ao 3.
3. Que grafia foi utilizada? Grafia Y Passar ao 4.
4. A língua original usa o alfabeto latino? S/N Se S, passar ao 5. Se N, passar ao 11.
5. Trata-se de um topónimo ou antropónimo? Topónimo/Antropónimo Se "Topónimo", passar ao 6. Se "Antropónimo", passar ao 8.
6. O aportuguesamento, forma histórica, tradução ou adaptação (ditos, exónimos) tem fonte lexicográfica, linguística ou académica fiável? S/N Se S, passar ao 7. Se N, passar ao 22.
7. O exónimo tem fonte que comprove uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? S/N Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 22.
8. O antropónimo é de um santo ou nobre? S/N Se S, passar ao 9. Se N, passar ao 6.
9. Existe uma forma de tradução do nome do santo/nobre que tenha fonte lexicográfica, linguística ou académica? S/N Se S, passar ao 10. Se N, passar 22.
10. A tradução do nome do santo/nobre tem uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? S/N Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 22.
11. Trata-se de um topónimo ou antropónimo? Topónimo/Antropónimo Se "Topónimo", passar ao 12. Se "Antropónimo", passar ao 14.
12. O aportuguesamento, forma histórica, tradução ou adaptação (ditos, exónimos) tem fonte lexicográfica, linguística ou académica fiável? S/N Se S, passar ao 13. Se N, passar ao 17.
13. O exónimo tem fonte que comprove uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? S/N Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 17.
14. O antropónimo é de um santo ou nobre? S/N Se S, passar ao 15. Se N, passar ao 12.
15. Existe uma forma de tradução do nome do santo/nobre que tenha fonte lexicográfica, linguística ou académica? S/N Se S, passar ao 16. Se N, passar 17.
16. A tradução do nome do santo/nobre tem uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? S/N Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 17.
17. A língua original é o mandarim? S/N Se S, passar ao 18. Se N, passar ao 19.
18. Se a língua original é o mandarim, deve ser usado o sistema de transcrição pinyin. Manter/mover o artigo para forma em pinyin.
19. Existe uma transliteração/transcrição para português que tenha fonte fiável comprovando o seu uso corrente? S/N Se S, passar ao 23. Se N, passar ao 20.
20. Existe uma transliteração/transcrição utilizada internacionalmente numa língua próxima do português (espanhol, italiano ou outras), que tenha alguma fonte fiável comprovando o seu uso? S/N Se S, passar ao 23. Se N, passar ao 24.
21. O aportuguesamento deve estar no título do artigo. Mover artigo.
22. Não havendo fonte (lexicográfica ou de uso), deve manter-se a grafia na língua original. Não mover o artigo.
23. Essa transliteração/transcrição deverá estar no título do artigo. Mover artigo.
24. Uma transliteração/transcrição internacional deverá estar no título do artigo. Mover ou manter o título do artigo, consoante o caso.

Exemplo de aplicação, no caso de Baden-Württemberg/Bade-Vurtemberga.

Passos Resposta Resultado
1. Quem foi o primeiro editor do artigo?   Usuário:Andreas Herzog (dif) Passar ao 2.
2. Que versão da língua portuguesa foi usada?   Português europeu Passar ao 3.
3. Que grafia foi utilizada?   Baden-Württemberg Passar ao 4.
4. A língua original usa o alfabeto latino?   Sim Se S, passar ao 5. Se N, passar ao 11.
5. Trata-se de um topónimo ou antropónimo?   Topónimo Se "Topónimo", passar ao 6. Se "Antropónimo", passar ao 8.
6. O aportuguesamento, forma histórica, tradução ou adaptação (ditos, exónimos) tem fonte lexicográfica, linguística ou académica fiável?   Sim [7] [8] Se S, passar ao 7. Se N, passar ao 22.
7. O exónimo tem fonte que comprove uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo?   Sim [9] [10] [11] Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 22.
8. O antropónimo é de um santo ou nobre? Se S, passar ao 9. Se N, passar ao 6.
9. Existe uma forma de tradução do nome do santo/nobre que tenha fonte lexicográfica, linguística ou académica? Se S, passar ao 10. Se N, passar 22.
10. A tradução do nome do santo/nobre tem uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 22.
11. Trata-se de um topónimo ou antropónimo? Se "Topónimo", passar ao 12. Se "Antropónimo", passar ao 14.
12. O aportuguesamento, forma histórica, tradução ou adaptação (ditos, exónimos) tem fonte lexicográfica, linguística ou académica fiável? Se S, passar ao 13. Se N, passar ao 17.
13. O exónimo tem fonte que comprove uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 17.
14. O antropónimo é de um santo ou nobre? Se S, passar ao 15. Se N, passar ao 12.
15. Existe uma forma de tradução do nome do santo/nobre que tenha fonte lexicográfica, linguística ou académica? Se S, passar ao 16. Se N, passar 17.
16. A tradução do nome do santo/nobre tem uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 17.
17. A língua original é o mandarim? Se S, passar ao 18. Se N, passar ao 19.
18. Se a língua original é o mandarim, deve ser usado o sistema de transcrição pinyin. Manter/mover o artigo para forma em pinyin.
19. Existe uma transliteração/transcrição para português que tenha fonte fiável comprovando o seu uso corrente? Se S, passar ao 23. Se N, passar ao 20.
20. Existe uma transliteração/transcrição utilizada internacionalmente numa língua próxima do português (espanhol, italiano ou outras), que tenha alguma fonte fiável comprovando o seu uso? Se S, passar ao 23. Se N, passar ao 24.
21. O aportuguesamento deve estar no título do artigo.   Mover artigo.
22. Não havendo fonte (lexicográfica ou de uso), deve manter-se a grafia na língua original. Não mover o artigo.
23. Essa transliteração/transcrição deverá estar no título do artigo. Mover artigo.
24. Uma transliteração/transcrição internacional deverá estar no título do artigo. Mover ou manter o título do artigo, consoante o caso.

Exemplo de aplicação no caso Juan Carlos da Espanha/João Carlos da Espanha:

Passos Resposta Resultado
1. Quem foi o primeiro editor do artigo? Usuário:Ikescs (dif) Passar ao 2.
2. Que versão da língua portuguesa foi usada?   Português brasileiro. Passar ao 3.
3. Que grafia foi utilizada? Juan Carlos da Espanha Passar ao 4.
4. A língua original usa o alfabeto latino?   Sim Se S, passar ao 5. Se N, passar ao 11.
5. Trata-se de um topónimo ou antropónimo?   Antropónimo Se "Topónimo", passar ao 6. Se "Antropónimo", passar ao 8.
6. O aportuguesamento, forma histórica, tradução ou adaptação (ditos, exónimos) tem fonte lexicográfica, linguística ou académica fiável? Se S, passar ao 7. Se N, passar ao 22.
7. O exónimo tem fonte que comprove uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 22.
8. O antropónimo é de um santo ou nobre?   Sim Se S, passar ao 9. Se N, passar ao 6.
9. Existe uma forma de tradução do nome do santo/nobre que tenha fonte lexicográfica, linguística ou académica?   Sim [12] Se S, passar ao 10. Se N, passar 22.
10. A tradução do nome do santo/nobre tem uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo?   Não Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 22.
11. Trata-se de um topónimo ou antropónimo? Se "Topónimo", passar ao 12. Se "Antropónimo", passar ao 14.
12. O aportuguesamento, forma histórica, tradução ou adaptação (ditos, exónimos) tem fonte lexicográfica, linguística ou académica fiável? Se S, passar ao 13. Se N, passar ao 17.
13. O exónimo tem fonte que comprove uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 17.
14. O antropónimo é de um santo ou nobre? Se S, passar ao 15. Se N, passar ao 12.
15. Existe uma forma de tradução do nome do santo/nobre que tenha fonte lexicográfica, linguística ou académica? Se S, passar ao 16. Se N, passar 17.
16. A tradução do nome do santo/nobre tem uso considerável na variante da língua usada maioritariamente no artigo? Se S, passar ao 21. Se N, passar ao 17.
17. A língua original é o mandarim? Se S, passar ao 18. Se N, passar ao 19.
18. Se a língua original é o mandarim, deve ser usado o sistema de transcrição pinyin. Manter/mover o artigo para forma em pinyin.
19. Existe uma transliteração/transcrição para português que tenha fonte fiável comprovando o seu uso corrente? Se S, passar ao 23. Se N, passar ao 20.
20. Existe uma transliteração/transcrição utilizada internacionalmente numa língua próxima do português (espanhol, italiano ou outras), que tenha alguma fonte fiável comprovando o seu uso? Se S, passar ao 23. Se N, passar ao 24.
21. O aportuguesamento deve estar no título do artigo. Mover artigo.
22. Não havendo fonte (lexicográfica ou de uso), deve manter-se a grafia na língua original.   Não mover o artigo.
23. Essa transliteração/transcrição deverá estar no título do artigo. Mover artigo.
24. Uma transliteração/transcrição internacional deverá estar no título do artigo. Mover ou manter o título do artigo, consoante o caso.

Relembrando, mais uma vez, que este template não é mais do que um facilitador da aplicação da Wikipedia:Convenção de nomenclatura/Nomes próprios#Traduções e transliterações, qual é a opinião da comunidade? Gameiroestá lá? 17h47min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

DiscussãoEditar

No meu caso, por não estar habituado a ter de lidar com o tema, o template facilita-me imenso a vida. Raramente terei de recorrer à convenção (presumo...) e, colocada desta forma, rapidamente encontrarei o título mais adequado. Tal como o Gameiro, também estou saturado da discussão e gostava que os extremos tentassem facilitar consensos. Não se coíbam (todos os intervenientes em discussões relacionadas) de, enquanto expõem os vossos argumentos, apontar os argumentos contrários que reconhecem como válidos - porque eles existem, na minha perspectiva, em ambas as partes. Se todos se dispuserem a fazê-lo, o ambiente melhora. Tegmen enviar msg 20h03min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio   Parece-me uma ferramenta muito útil, cuja única vulnerabilidade advém das próprias regras: esse tal "uso considerável", que quer se queira quer não tem quase invariavelmente uma grande dose de subjetividade e que se formos por critérios quantitativos que implicam por todas as fontes ao mesmo nível (jornais ao nível de fontes académicas, principalmente de índole linguística, etc.) caímos sempre na forma anglófona. --Stegop (discussão) 21h02min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio Considero que é uma ferramenta bastante útil para o futuro, pois delineia bem de que forma devem ser construídos os títulos dos novos artigos. Parabéns pela iniciativa. Tokiohotelover (discussão) 21h46min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio mais didático impossível. Rodrigolopes (discussão) 21h49min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio - Excelente trabalho. Enquanto lia, vinha-me sempre à mente a expressão "uso considerável". Deve-se lembrar que isso não pode significar cair no número de ocorrências no Google, que sempre cai na versão em inglês ou transliterado ao inglês. Pedrassani (discussão) 22h11min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio - Realmente bem abrangente e facilitador. Somente reitero a ressalva do Stegop e Pedrassani.--Rena (discussão) 22h20min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio - Mas continuo a dizer que a "Convenção de nomenclatura" devia deixar de ser uma recomendação e passar a regra, porque senão, seja com o template ou sem o template, continuará a haver quem se oponha já que uma "recomendação" não implica que o seu uso seja "obrigatório" e sim "facultativo". Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 23h55min de 7 de agosto de 2014 (UTC)

PS: Já agora, notei uma falha no template... Não contempla a regra dos 50%, ou seja se um artigo for alterado em mais de 50% para outra variante essa variante é que passa a ser a variante do artigo ou esqueceram-se disso, e já agora, também não contempla a regra da afinidade linguística, como tal vou mudar para   Não apoio até esses detalhes estarem corrigidos. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 00h08min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Inicialmente, quero agradecer ao colega Gameiro o seu trabalho de esquematização, que deve ter dado um trabalhão enorme. Para já não apoio, nem sou contra, pois tenho algumas dúvidas e não está fácil conseguir editar e tirar essas dúvidas, porque abrir uma página no computador, está a ser um martírio e ...
Dúvida: Em relação ao ponto 12 por exemplo. Se houver fontes (não questionáveis) para o uso da tradução ou para o uso do original, porque motivo se deve traduzir ? Exemplifico com o caso Baden-Württemberg porque foi citado acima e eu nem comentei ainda essa questão. Há fontes para a tradução mas também há fontes para o uso do termo original como Infopédia --João Carvalho deixar mensagem 00h12min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Mas...Zorglub D​ C​ E​ F e João Carvalho D​ C​ E​ F, é a convenção que especifica as situações que mencionaram; ambas estão abrangidas/explicadas no texto aprovado. O template apenas pretende apresentar um sistema o mais claro e sucinto possível para auxiliar na concretização da convenção, não substituir a sua leitura ou alterá-la. Tegmen enviar msg 01h21min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio a iniciativa, mas isso não esgota que há ainda disrupções em moções de títulos sem o devido consenso ou sem a respectiva justificativa/fontes. Alex Pereirafalaê 13h21min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Caro Tegmen, sou macaco velho nestas andanças e conheço bem demais como isto funciona, a partir do momento que se comece a utilizar o template ele vai virar "regra" e vão começar a surgir discussões do género, "não está previsto, então não é válido" concordo com a utilização do templete acho prático mas tem que prever as situações que referi, visto as mesmas serem regra e a convenção não o ser, ou seja, as regras estipuladas tem que constar na utilização do template para não surgirem duvidas nem discussões futuras. E olhe que já à muito abandonei estas conversas da treta, se estou aqui a opinar é porque considero o assunto demasiado importante para não dizer nada. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 13h47min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Garneiro, obrigado pelo toque, depois vou ler tintim por tintim com calma, na verdade ando sem muito tempo pra wiki há alguns meses, mas quero sim opinar nisso pra ver se conseguimos resolver essa questão aqui de uma vez por todas. Louvo seu empenho em estar sempre buscando uma solução apresentando ideias. MachoCarioca oi 14h11min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

  Concordo com a proposta, sem restrições. É melhor ter algo assim e depois discutir os detalhes do que deixar que cada nome se torne motivo para guerra de edições. Albmont (discussão) 16h41min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Caro Tegmen, por aquilo que li, não me parece que seja totalmente verdade isto: "ambas estão abrangidas/explicadas no texto aprovado" Não vejo lá nenhuma afirmação a dizer que devemos usar uma tradução em vez do nome original, quando os dois são usados na língua portuguesa. O que lá diz em português corrente, é que depende.

Está lá escrito:

I. Antropónimos e topónimos derivados de línguas grafadas com o alfabeto latino:
....devem ser usadas formas históricas portuguesas, traduções, aportuguesamentos...quando estes: b) Tenham uso considerável em alguma das versões da língua portuguesa. Isso não é o caso de Bade-Vurtemberga ! Segundo me parece o caso de "Bade-Vurtemberga" só com muita imaginação é que tem uso considerável. Este caso específico deve ser aplicado o ponto 3 (Em todos os outros casos deverá ser usada a forma na língua original (ditos, endónimos)). Baden-Württemberg/Bade-Vurtemberga não deve ser conhecido pelo menos por 95 % da população mundial que fala português. Além disso Jonal de negócios, Diário de Campos, Jornal do Oeste, Diário de Notícias etc., etc., confirmam também o uso do termo original.
Parece-me óptimo o trabalho do colega Gameiro, mas não pode ser usado com uma febre tradutora. Deve ser usado sim, mas com cuidado e honestidade. (Nota: Gameiro não me estou a referir a ti, porque sei que não escolheste propositadamente os exemplos dos links acima. Esses links devem ter resultado, provavelmente da forma como foi feita a busca).

Cumprimentos --João Carvalho deixar mensagem 17h47min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Por um lado, discordo da leitura que faz da convenção, João Carvalho, exemplificada no caso que apontou, embora eu ache importante que tenha demonstrado que há espaço para outras interpretações; aqui remeto-o para os alertas do Stegop e Pedrassani. Por outro lado, apesar de apoiar a convenção, partilho consigo a apreensão relativa a uma eventual febre tradutora. Tem de existir bom senso, mas penso que a convenção e respectivo template conseguem ser suficientemente restritivos para não poderem ser usados para esse fim. Não obstante, quando o template refere a "variante da língua usada maioritariamente no artigo", leio implicitamente que uma edição substancial legitima uma eventual mudança de variante, mas é verdade que, não sendo explícito, outros podem não entender assim. Por último, tal como sublinhado pelo Zorglub, acho importantíssimo que editores veteranos (mesmo os mais ausentes) marquem presença nestas decisões importantes, visto que a sua experiência é uma mais-valia que não pode ser substituída por apreciações meramente teóricas como a minha. Cumprimentos e boas contribuições! Tegmen enviar msg 19h31min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Só aqui venho por ter sido "solicitado", pois acho que convém focar a discussão no template, que apenas reflete muito fielmente a regra aprovada há alguns meses, com todos os seus pontos bons (claros) e fragilidades (espaço para achismos como esse do "uso considerável"). Quanto à mudança do título por causa da variante usada, eu acho que faz todo o sentido, pois no mínimo é estranho ter História da ArmÉnia cheio de "armÊnia". Dou este exemplo, pois fui eu, um falante de ptPT que tentei harmonizar o texto em ptBR e movi para "História da Armênia". Mas não vale a pena haver guerras por causa disso quando o título é consensualmente aceite como português... Já me custa um pouco mais dizer o mesmo, por exemplo, em relação a topónimos e antropónimos em que até mesmo em outras línguas, nomeadamente no omnipresente inglês, há fontes com grafias mais perto das "aportuguesadas", independentemente do nome original (ou, mais usualmente, em inglês!) ser também muito usado. --Stegop (discussão) 19h49min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Esclarecimento: Eu defendo o uso do template que o Gameiro fez, pois está muito bem feito, esquematizando na perfeição o que foi decidido. Que não haja dúvidas sobre a minha opinião de que acho a sua existência uma enorme vantagem para diminuir conflitos. Quem me dera que, na maioria das questões que existem sistematicamente na wiki, houvesse templates como este. --João Carvalho deixar mensagem 22h49min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Penso é que, como em tudo na vida, devemos usar o bom senso, e apesar do template estar óptimo, devemos ter o maior cuidado ao tentar decidir se devemos ou não alterar os títulos dos artigos. Deve-se procurar sempre a existência do uso do nome original na língua portuguesa, antes de querer aporteguesar e se houver alguma dúvida, deixar ficar como está. Por exemplo, no caso Baden-Württemberg/Bade-Vurtemberga, acho que há dúvidas mais que suficientes para que não se faça alteração. É evidente que eu não me oponho a mudanças dos títulos, devem é ser feitas com os devidos cuidados e com parcimónia. --João Carvalho deixar mensagem 22h49min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

  Apoio com as referidas resalvas. Nota: na minha opinião, o exemplo que referi (Baden-Württemberg/Bade-Vurtemberga), não deve ser apresentado como um exemplo de como fazer, mas sim como um exemplo do que se não deve fazer, pois até é importante mostrar como, sem ser propositadamente, nos podemos precipitar a mudar um nome dum artigo. --João Carvalho deixar mensagem 22h49min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

Garneiro, há alguma opção para: "o verbete com grafias de antropónimos e topónimos deve ser mantido como foi criado no verbete, existindo o uso comum dele em publicações fiáveis em língua portuguesa?" (a menos que haja um consenso pela mudança, caso ela seja sugerida) Essa é a minha opção. A visão "brasileira" da coisa. MachoCarioca oi

Primeiro que tudo, um obrigado pela participação de todos, pelo apoio à proposta e pelas críticas construtivas. Tentarei responder aos comentários que traziam sugestões: @Stegop:, @Pedrassani:, @Renato de carvalho ferreira: e @João Carvalho:. O caso do "uso considerável" é de facto difícil de quantificar. A minha interpretação até aqui tem sido a seguinte: Coisas como Uóxinguetone, Bons Ares, Uélinguetone ou Carlos Cháplim não têm nem fontes académicas/linguísticas/lexicográficas, nem têm qualquer uso na língua (falha nos pontos 1.a e 1.b da convenção). Coisas como Oxónia, Cantabrígia e João Carlos da Espanha apesar de ser possível encontrar obras académicas/linguísticas/lexicográficas que os apontem como corretos em português, têm no fundo um uso mínimo ou nulo na língua (cumpre o ponto 1.a, mas falha no ponto 1.b). Coisas como Bade-Vurtemberga ou Botsuana são defendidos por obras académicas/linguísticas/lexicográficas, e têm uso atual como se pode ver por várias notícias já deste século, em órgãos de comunicação de referência ou em obras literárias. No entanto o uso destas formas dá-se a par do uso de formas na língua original (Baden-Württemberg e Botswana), o que é inegável. O que a convenção vem dizer é que caso esse uso considerável de formas aportuguesadas, formas históricas, traduções, adaptações, transcrições ou transliterações para português exista ele é usado no título, mesmo que haja também um uso generalizado das formas na língua original, e mesmo que as formas na língua original pareçam ser usadas mais vezes. Para provar e fundamentar o "uso considerável" de uma grafia (que não pode de alguma forma ser confundido com "uso maioritário") será necessário apresentar várias ocorrências da palavra, em textos de obras literárias (Google livros) ou notícias de órgãos de comunicação de repercussão nacional, que sejam relativamente recentes. Se procurar por Oxónia, Listenstaina ou Oaio, será muito difícil encontrar uma obra recente ou uma notícia que use esta grafia para Oxford, Liechtenstein ou Ohio, respetivamente. Mas se fizer o mesmo com Bade-Vurtemberga ou Botsuana, encontrará muitos resultados fiáveis que comprovam o "uso considerável" dessa grafia. Se procurar por Baden-Württemberg e Botswana encontrará também muitos resultados fiáveis (provavelmente até mais!), mas como o uso dos resultados numéricos do Google não pode nem deve ser usado como "fonte", desta forma o que a comunidade decidiu para solucionar de uma vez os conflitos, e no espírito do Acordo Ortográfico de 1990 (e dos anteriores Acordo Ortográfico de 1945 e Formulário Ortográfico de 1943) foi adotar a forma aportuguesada quando haja conflito no uso com uma forma na língua original, caso se prove que a forma aportuguesada tenha fonte académica/lexicográfica/etc. e o tal "uso considerável". (salvaguarda: tudo isto obviamente depois depende da versão da língua portuguesa usada no artigo!). Proponho, então, que comunidade decida em conjunto o que entende por "uso considerável". Acima está a minha interpretação, que me parece prática. Temos de nos lembrar que é preciso fazer cedências, e esta foi uma das cedências que quem se opõe aos aportuguesamento fez, ao aceitar que quando há conflito entre uma forma aportuguesada e uma forma na língua original (ambas com uso em português), se dá prevalência à aportuguesada. Os fãs do aportuguesamento abdicaram de aportuguesar tudo e qualquer coisa, bastando haver fonte lexicográfica, sendo agora necessário provar também o uso atual, e respeitar as diferenças das versões da língua, bem como a aceitação de transcrições/transliterações para inglês como recurso aceitável, em caso de falta de forma portuguesa, em vez de se fazerem transcrições/transliterações ao sabor do usuário aportuguesador.

@Zorglub: Concordo plenamente consigo, quando diz que a recomendação devia passar a regra. Quanto às regra dos 50% e da afinidade linguística, acho que foi uma falha original na composição do texto da convenção. Acho que em qualquer ponto que diga "regra do primeiro editor" deverá ler-se "regra do primeiro editor/dos 50%/de afinidade nacional" que são, no fundo as três regras da comunidade que até agora se ocupavam da mudança de títulos e que a convenção não pode ignorar. É uma questão de emendar o texto da convenção, caso não haja oposição de outros usuários. Boa observação!

@MachoCarioca: Essa opção que sugere é no fundo como a comunidade funcionou durante anos, e que deu no que deu. Mantinha-se a grafia do primeiro editor, e caso alguém quisesse mudar, por muita fonte que apresentasse, gerava megabytes de discussão, tinha gente desentendida do assunto por todo o lado, gente contra só porque sim, impossibilitando na prática toda e qualquer possibilidade de consenso. E nesta situação aconteceu de tudo: artigos movidos sem consenso, bloqueios, impasses, guerras de edições, insultos, votações, artigos com os títulos manifestamente errados cujos conflitos impossibilitavam a sua movimentação para títulos corretos, discussões com 20 pessoas a apoiar e 2 contra que não apresentavam qualquer fonte para as formas por si defendidas. Foi por isso que se fez a convenção acima, que apesar de imperfeita do ponto vista dos dois lados (houve várias cedências...), gerou o consenso necessário. E agora, resta-nos respeitá-la e, eventualmente, melhorá-la. Gameiroestá lá? 16h36min de 9 de agosto de 2014 (UTC)

@Gameiro: - Sua explicação, e exemplos, da expressão "uso considerável" está excelente. Seria muito útil que ela, juntamente com o template, fossem colocados junto à Convenção de Nomenclatura, pois certamente é nesse ponto que haverá dificuldade em muito casos, e essa explicação ajudará a chegar ao de consenso. Parabéns pela clareza e pela paciência ao abordar assunto tão espinhoso. Pedrassani (discussão) 16h55min de 9 de agosto de 2014 (UTC)

Parabéns Gameiro pelo trabalho bem-feito. As polêmicas sempre continuarão, mas com o template acho que muitas guerras de edição poderiam ser evitadas. Exceto, claro, quando haja polêmica com o "uso considerável", mas isso é inevitável. Seria bom que as fontes fossem sempre de primeira qualidade, acadêmicas preferentemente, não meramente informativas como algum artigo de jornal ou revista. --Fulviusbsas (discussão) 22h56min de 9 de agosto de 2014 (UTC)

Obrigado aos dois. Temos consenso? Gameiroestá lá? 15h00min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

  Concordo. E parabéns! José Luiz disc 15h14min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Conflito de edição

Gameiro será possível, dares a tua opinião sobre o comentário que eu fiz mais acima sobre a questão do caso "Baden-Württemberg/Bade-Vurtemberga" ? Parece-me que seria um caso de não haver alteração do título, pois acho que subsistem algumas dúvidas, mas isso é a minha opinião pessoal. No caso "Juan Carlos da Espanha/João Carlos da Espanha", 100 % de acordo ! Abraços --João Carvalho deixar mensagem 15h57min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Caro João, no meu comentário (longo) acima tentei explicar porque considerei Bade-Vurtemberga um aportuguesamento com uso considerável, e expliquei a minha interpretação dessa expressão. Bade-Vurtemberga tem uso em várias notícias recentes de órgãos de comunicação em Portugal (RTP, Público, Associação Sindical dos Juízes Portugueses, Diário de Notícias, TVI 24, Jornal de Notícias, Instituto Português de Relações Internacionais, Económico, Comissão das Comunidades Europeias), bem como de obras impressas recentes (Einstein, de Peter D. Smith, tradução de Melissa Silva e Paula Alves, Revista Bocagiana (2003), Toda a Música que Eu Conheço, de António Victorino d'Almeida (2012)). Como o artigo está escrito em pt-pt, à luz da conveção (que diz que existindo aportuguesamento com fontes académica/lexicográfica/linguística e que esse aportuguesamento tenha uso considerável, ele deve estar no título), no espírito de todos os acordos ortográficos e com o objetivo de estabelecer uma regra clara e simples de seguir para resolver os conflitos, opta-se neste caso pela forma aportuguesada em detrimento da forma em língua original (mesmo que esta última tenha uso em português!). Gameiroestá lá? 17h00min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Gameiro, por acaso não tinha sido conflito de edição. Tinha simplesmente editado mas, depois estive a reler tudo e achei que o meu comentário não fazia muito sentido e por isso desfiz a minha edição. Entretanto não tive disponibilidade para pensar com calma e reescrever a questão como deve ser, pois considero o assunto de tal forma importante que se deve pensar e repensar antes de escrever qualquer coisa. De qualquer das formas, obrigado pelo cuidado e pela atenção em me responder na mesma. --João Carvalho deixar mensagem 22h46min de 11 de agosto de 2014 (UTC)

Caro Gameiro, a sua frase Citação: ...opta-se neste caso pela forma aportuguesada em detrimento da forma em língua original (mesmo que esta última tenha uso em português!) escreveu: «Gameiro», parece-me ser um pouco a sua versão ou entendimento da convenção, pois ela não me parece ser assim tão explícita como o é a sua frase. Compreendo o seu ponto de vista mas a questão não me parece assim tão límpida.
Parece-me uma falha da convensão pelo seguinte:
Há duas hipóteses resultantes do ponto " 1 ":
1) Se baseiem em fontes lexicográficas, linguísticas e/ou académicas fiáveis e tenham uso considerável em alguma das versões da língua portuguesa
2) Em todos os outros casos deverá ser usada a forma na língua original
Eu acrescentaria mais uma alínea (pois não está incluída nas anteriores): No caso de haver tradução baseada em fontes lexicográficas, linguísticas e/ou académicas fiáveis e com uso considerável em alguma das versões da língua portuguesa mas, apesar disso existir(em) também exónimo(s) confirmado(s) por fontes lexicográficas, linguísticas e/ou académicas fiáveis e com uso considerável em alguma das versões da língua portuguesa, deverá ser respeitada a regra do primeiro editor (desde que cumpra as exigências anteriores).
--João Carvalho deixar mensagem 23h42min de 11 de agosto de 2014 (UTC)
Parece-me que esta alteração viria tapar uma brecha existente na convenção que, como é evidente, não é perfeita. Todas as normas nunca são 100% perfeitas mas, podemos sempre tentar, melhorá-las. Não quero estar a complicar as discussões mas, parece-me que, já que estamos a falar neste assunto, poderíamos melhorar alguma coisa, apesar de calcular que casos tão específicos como este, não sejam assim tão vulgares.
Outra sugestão: no final da convenção lê-se "Editores mais preocupados com mudanças de títulos verifiquem periodicamente Categoria:!Páginas marcadas para serem renomeadas." ! Não será possível fazer um script ou coisa parecida (sou ignorante no assunto) de forma que as páginas propostas para renomear sejam incluídas numa lista para que quem a vigia desse conta das novas propostas de renomeação ?
Desculpem-me o ter-me alongado no discurso. Abraços --João Carvalho deixar mensagem 23h42min de 11 de agosto de 2014 (UTC)
Não sei se ajuda João, mas recentemente um editor (não me recordo quem), adicionou na categoria algo do tipo no qual são listadas as últimas 10 propostas feitas em ordem cronológica. Talvez aquilo já ajude a exaltar as propostas mais novas.--Rena (discussão) 23h53min de 11 de agosto de 2014 (UTC)
Descobri esta aposta por acaso. Por agora, parabéns pela iniciativa. Gostaria de pedir que me incluíssem neste tipo de propostas, pois é uma questão que me interessa. Depois volto, tendo tempo e oportunidade para analisar com maior atenção. Rui Gabriel Correia (discussão) 20h33min de 12 de agosto de 2014 (UTC)

Há um problema na convençãoEditar

Cheguei à seguinte conclusão, o texto está em parte contraditório, em parte prolixo e em parte redundante. Nós já tínhamos uma convenção para antropônimos nesse estado. Acredito que a regra para topônimos não deveria ser muito diferente da de topônimos. O que faltava nesse texto até então era uma regra para transliterações. Ela começou a ser discutida em Wikipédia:Esplanada/propostas/Convenção sobre nomes próprios (9mar2014), que foi aprovada e eu mesmo me encarreguei de aplicar. Mas teve um problema, falta de atenção minha também, que apliquei, mas também dos participantes, que não se atentaram para o que estavam aprovando. O texto acrescentado, além de regrar os nomes de topônimos (que, como eu disse, não tem motivo pra terem uma regra diferente dos antropônimos) e as transliterações, também regrava o que já era regrado. Ex: o trecho I. Antropónimos e topónimos derivados de línguas grafadas com o alfabeto latino: veio regrar o mesmo que já era regrado por 4. Nomes de personalidades estrangeiras da Antiguidade, Idade Média ou de outros tempos históricos recuados devem ser grafados de acordo com o nome pelo qual são mais conhecidos hoje em dia no país lusófono em cuja variante o artigo foi escrito originalmente (podendo haver referência a como são as outras variantes), seguindo-se uma explicação do nome original/mais conhecido globalmente e a que língua corresponde caso não haja coincidência. Assim, "Abderramão I (árabe: Abd al-Rahman)" e "Nicolau Nasoni (italiano: Niccoló Nasoni)". Se for necessária uma explicação mais longa, então, no lugar de um breve parênteses, desenvolve-se um período próprio (ou recorre-se, especialmente se for uma explicação bastante longa, a <ref>{{Notalingua|tema= }}</ref>). Aplica-se a mesma regra para determinadas personalidades contemporâneas, como papas e membros de famílias reais, constituindo uma ressalva ao ponto 3. Deste modo, "Carlos, Príncipe de Gales (inglês: Charles)", mas "Harry de Gales (aportuguesando: Henrique)" se, como neste último caso, forem mais conhecidos pelo nome verdadeiro.

Também acho que ao falar em "endónimos" e "exónimos", o texto fica desnecessariamente prolixo e pouco didático, podendo ser simplificado, de uma maneira que o torne menos enfadonho para quem quiser entender a regra. Não é um problema existir uma tabela como acima, mas se o texto sofrer algumas adaptações, talvez ela não seja mais necessária. Matheus diga✍ 01h11min de 14 de agosto de 2014 (UTC)

  Discordo de duas mudanças:

  • Na seção "Antropónimos", o trecho 5. Nomes de santos e nobres que possuam correspondência em outros idiomas a princípio devem ser traduzidos, a menos que sejam amplamente conhecidos não deve ser mudado para 5. Nomes de santos e nobres que possuam correspondência em outros idiomas a princípio devem ser traduzidos, a menos que sejam mais conhecidos.
  • Na seção "Topónimos", o trecho 1. No respeito pelo Acordo Ortográfico de 1990 (e seus antecessores), devem ser usadas formas históricas portuguesas, traduções, aportuguesamentos e/ou adaptações [...], quando estes tiverem uso considerável não deve ser mudado para 1. No respeito pelo Acordo Ortográfico de 1990 (e seus antecessores), devem ser usadas formas históricas portuguesas, traduções, aportuguesamentos e/ou adaptações [...], quando estes tiverem uso majoritário

A mudança de "em alguma das versões da língua portuguesa" por "na versão da língua portuguesa presente no artigo" eu acho justa, por adequar o texto à regra do primeiro editor (que sempre será superior, esteja isso no texto, ou não). Ou seja, com exceção dessas duas modificações listadas acima,   Concordo com a mudança. Onjackmsg 00h05min de 30 de setembro de 2014 (UTC) Sock puppets. José Luiz disc 17h48min de 8 de março de 2016 (UTC)

"Ponto de ordem"Editar

Está aqui a haver uma enorme confusão! Como o Gameiro referiu, este template mais não faz do que apresentar sob uma forma esquematizada as regras já aprovadas na erroneamente chamada "convenção para antropônimos", cujo texto foi aprovado por consenso. Erroneamente porquê? Porque, apesar de estar numa página sobre nomes próprios — isso sim poderá estar errado, — os textos de ambas as secções abrem com «Antropónimos e topónimos derivados de línguas [...]». Ou seja: a convenção foi discutida inequivocamente tendo em mente tanto nomes de pessoas como de locais!

Querem discutir um consenso aprovado recentemente? Ou seja: querem abrir e eternizar discussões que, ao contrário do que é hábito por aqui, conseguimos encerrar com uma decisão? Enfim, façam como entenderem, mas este não é o local para isso. Aqui o que está em discussão é se a forma esquematizada elaborada e apresentada pelo Gameiro corresponde ao que já está consagrado como uma recomendação. (alô, João Carvalho...)

Quanto ao texto da convenção aprovada, não vejo qualquer problema nele. Há uma regra repetida? Ok, poderia ter sido evitado, mas não foi. Qual é o problema disso? Há contradição entre os dois trechos? Se não há para quê mexer naquilo que não é problema? Francamente, cada vez sou mais fã do dito brasileiro de "ver pelo em casca de ovo"! --Stegop (discussão) 02h15min de 14 de agosto de 2014 (UTC)

  • Stegop, esclarecendo o meu ponto de vista. Eu disse que o "template estava óptimo" e concordo que está de acordo com o aprovado. A única coisa que referi é, já que estamos a falar deste assunto, poder-se-ia propor alguns acrescentos à Convenção para a melhorar e deixar menos margem para discussões. Eu não pedi para alterar, só pedi para acrescentar um tipo de ocorrência que não me parece contemplada na Convenção. Abraços --João Carvalho deixar mensagem 17h11min de 14 de agosto de 2014 (UTC)
  Concordo, não tenho nada contra o que foi aprovado, apesar te ter lacunas pois em muitos casos sobrepõe-se as regras, resumindo não preve os casos das regras dos 50% e da afinidade linguística, apenas afirmei e repito que se deve alterar o template de maneira a prever as regras, pois em muitas situações as recomendações vão contra as regras (50% e Afinidade) e a experiência aponta que se vai tentar forçar a recomendação (é típico isso acontecer) e se no template as regras ficarem claras evitar-se-á discussões inglórias futuras. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 02h48min de 14 de agosto de 2014 (UTC)
  • Embora esteja um tanto atrasado na discussão, louvo a paciência e a evidente boa intenção do Gameiro ao tentar organizar de maneira tão prática (infelizmente não tão sucinta, hehe) um esquema para este problema que, ao que me parece, tem sido um dos piores focos de conflito na ptwiki atualmente. Espero realmente que sirva para ajudar a melhorar o clima por aqui. De minha parte, tudo que servir para apaziguar o ambiente aqui e conciliar as partes conflitantes contará com o meu apoio.

Infelizmente, tenho visto a convenção de nomenclatura recentemente aprovada (e que contou com o meu voto, pois realmente julguei ser algo positivo) sendo usada para justificar movimentações de título (como se isso fosse uma das prioridades do projeto!) totalmente inadequadas, impositivas e até mesmo preconceituosas. O fato de um livro obscuro publicado no Brasil em 1900 e bolinha utilizar "Mogúncia" ou "Estugarda" jamais deveria servir como prova de que "no Brasil esta forma também se usa"; mas quando um brasileiro tenta explicar que aqui falamos "Mainz" e "Stuttgart", imediatamente somos ignorados, na melhor das hipóteses, ou ridicularizados como burros que só se utilizam de jornais para referenciar suas afirmações. "Nova York" é comum e corriqueiro por aqui, "Malawi" idem, e até mesmo o hediondo "Qatar" já fui obrigado a engolir, por mais que odeie este Q sem o U do lado. É preciso que a tolerância seja uma via de duas mãos aqui. Assim como tantos brasileiros acham que chamar a rainha Elizabeth de "Isabel" é algo ridículo, e vivem tentando mudar seu título (eu mesmo já cansei de revertê-los), alguns portugueses precisam entender que por aqui utilizamos formas e grafias diferentes das que se usam por lá. Somente com o respeito mútuo é que isto aqui poderá crescer e atingir o nível que já deveria, há muito, ter atingido. RafaAzevedo msg 05h07min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

8ago2014

Este é um tópico novo. Se foi você quem o começou, [{{fullurl:{{{3}}}/8ago2014_(Wikipédia:Esplanada/propostas)|action=edit&preload=Predefinição:Discussão2/Preload}} clique aqui] para inserir a sua mensagem.

Na medida em que não somos muitos e por isso nos é impossível vigiar tudo que acontece aqui, e na intenção de proteger a Wikipedia-pt de ataques de prepostos de politicos e governos, proponho que todos os verbetes existentes sobre politicos, seus governos e assemelhados (como jornalistas politicos e profissionais da área), especialmente o de todos os que aqui constam e sejam candidatos nas eleições vindouras, sejam protegidos contra edições de IPs.

A proteção deve valer até 16 de novembro deste ano, dia posterior ao segundo turno das eleições. (em 15 de outubro serão eleitos também senadores e deputados federais mas a eleição presidencial e eleições de governadores estaduais podem ir ao segundo turno, q será em 15 de novembro). Além de já sermos matéria na imprensa por edições feitas de modo tendencioso através de IPs do Palacio do Planalto (ok, isso foi em 2013, eles estão atrasados e explorando isso politicamente contra o governo, mas existiu) há durante o ano centenas dessas edições tendencias feitas por IPs em perfis de politicos de menor expressão. De todos os partidos e tendências ideologicas. (apesar de que, na minha humilde visão, a unica tendencia ideologica de partido politico no Brasil é chegar ao poder para ganhar dinheiro, essa ideologia é de todos)

Conhecedores como são os colegas da minha ojeriza à proibição de edição de IPs aqui, a minha proposta mostra meu grau de preocupação com o que já está acontecendo e ainda virá a acontecer daqui até lá, caso alguma providencia imediata não seja tomada. Volta-se ao normal após o periodo eleitoral.

Se concorda, coloque seu   Concordo aí embaixo, isso precisa de uma decisão rápida. Sds MachoCarioca oi 19h03min de 8 de agosto de 2014 (UTC)

  1.   Concordo Dr. LooFale comigo 04h35min de 24 de agosto de 2014 (UTC)
Não seria melhor ativar a Wikipédia:Validação de páginas nesses casos? Helder 19h52min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Acho que primeiro temos que ter uma lista dos artigos que são mais sensíveis agora no período eleitoral. Ao colocar essa lista em uma página podemos usar o Especial:Alterações relacionadas para acompanhar as mudanças recentes nesses artigos. Essa lista ajudaria a verificar as edições e identificar os artigos mais sensíveis que merecem algum tipo de proteção, e também nos ajudaria a avaliar melhor se é adequada ou não a proposta de proteger tudo. E também teremos que ter a lista de qualquer forma se formos proteger tudo. Danilo.mac(discussão) 23h24min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
Também tinha pensado numa lista. Para já, tenho como ponto de partida:
Artigo -> Eleições gerais no Brasil em 2014
Mudanças relacionadas a patrulhar-> Alterações relacionadas com "Eleições gerais no Brasil em 2014"
Artigo -> Anexo:Lista de jornalistas do Brasil
Mudanças relacionadas a patrulhar-> Especial:Alterações_relacionadas/Anexo:Lista_de_jornalistas_do_Brasil
Tegmen enviar msg 04h25min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
  Concordo. Uma atitude precisa ser feita. A Wikipédia não pode ser usada como ferramenta eleitoral. Érico Wouters msg 20h09min de 9 de agosto de 2014 (UTC)
E deixando claro que obviamente não se trata apenas de IPs do Planalto (PT) trollando contra jornalistas identificados como de "oposição" mas também de servidores do governo de São Paulo (PSDB), no caso a Companhia de Processamento de Dados do Estado de S Paulo (Prodesp) fazendo centenas de alterações em verbetes da wikipedia, um deles de 2011, no verbete de Dilma Rousseff, que deve ter sido tão escandaloso e ofensivo que foi apagado por algum adm. E do mesmo servidor saiu edição no verbete de Raul Seixas chamando-o de homossexual. O governo de Minas Gerais (PSDB) também, através da Companhia de Tecnologia de Informação de Minas Gerais (Prodemge), fez dezenas de mudanças em páginas da Wikipédia especialmente em material da Operação Satiagra, que envolveu o banqueiro Daniel Dantas, citado no verbete da Miriam Leitão na tal edição do Planalto. Ess link abaixo traz materia muito interessante sobre isso. MachoCarioca oi 02h16min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
http://www.ocafezinho.com/2014/08/09/governo-tucano-difama-raul-seixas-na-wikipedia/
  Concordo com a proposta original, apesar de achar que ela foi muito tímida:
todos os verbetes existentes sobre politicos, seus governos e assemelhados (como jornalistas politicos e profissionais da área), especialmente o de todos os que aqui constam e sejam candidatos nas eleições vindouras, sejam protegidos contra edições de IPs. A proteção deve valer até 16 de novembro deste ano.
Eu preferiria simplificar a proposta, para algo como:
todos os verbetes existentes sobre politicos, seus governos e assemelhados (como jornalistas politicos e profissionais da área), especialmente o de todos os que aqui constam e sejam candidatos nas eleições vindouras, sejam protegidos contra edições de IPs. A proteção deve valer até 16 de novembro deste ano de 2114
Mas a proposta é boa como primeiro passo. Albmont (discussão) 15h08min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
Concordo em usar a validação de página nos principais candidatos a presidente e governador, não considerando os de partidos pequenos. Pelo que vi nas listas de alterações relacionas acima parece não haver uma grande quantidade de vandalismo que justifique uma proteção massiva. E se fizermos uma proteção de todos candidatos vamos acabar endossando o alarde que a imprensa está fazendo e contribuindo para que a pŕoxima manchete seja "Wikipédia proíbe edição nos perfis de políticos" (a proteção seria só para autoconfirmados e artigos não podem ser chamados de "perfil", mas a imprensa não tem paciência para entender isso). O principal motivo das matérias na imprensa é a paranoia que tomam a imprensa e os políticos no período eleitoral e a falta de paciência deles em entender que vandalismo é algo que acontece centenas de vezes por dia e que eles são desfeitos a medida que vão sendo identificados, vandalismo revertido não deve ser motivo de notícia, a imprensa que tem que entender isso, não é nós que temos que ficar refém da paranoia deles. Danilo.mac(discussão) 17h41min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
Mas a imprensa está certa em denunciar que a Wikipédia incentiva o vandalismo nos artigos de políticos. Basta vez a timidez com que são tratados os vandalismos que rolam em todos artigos. Enquanto não houver uma política realmente linha-dura de proteção efetiva aos artigos e remoção de tudo que não seja solidamente apoiado por fontes, a Wikipédia continuará sendo motivo de chacota pela imprensa. Albmont (discussão) 18h10min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
Eu concordaria em ter uma política mais dura para biografias de pessoas vivas, como existe por exemplo na anglófona, mas fazer algo muito duro específico para políticos e jornalistas seria dar privilégios de proteção para uma classe e seria também nos deixar pautar pela imprensa. Para não travar a discussão eu coloco minha posição de outra forma: considero mais adequado o uso da validação de páginas nos principais candidatos, mas   Apoio também proteção a nível autoconfirmado para candidatos e jornalistas se essa for a vontade da maioria. Danilo.mac(discussão) 19h04min de 10 de agosto de 2014 (UTC)
A imprensa não denunciou que a Wikipédia incentiva o vandalismo. Até porque isso seria inverdade.—Teles«fale comigo» 00h37min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
Pessoal, alguém é contra? Vamos tentar agilizar nisso, por favor. Cada dia estão explorando mais o assunto e seria ótimo se tomássemos uma atitude logo. Érico Wouters msg 00h27min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
WP:AUDAZ. Se alguém for contra, vai opinar. José Luiz disc 00h47min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
  Concordo com a proposta original para ser aplicada neste período, ninguém de bom senso vai ser contra. A proposta do colega Albmont vai encontrar muitos críticos. -- DARIO SEVERI (discussão) 01h08min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
  • Também   Concordo. Para grandes males, grandes remédios. De qualquer forma uma enciclopédia, sendo atemporal, não tem nada que substituir um jornal, por isso não se perde nada se este ou aquele detalhe sobre um candidato não não puder ser atualizado durante as campanhas e pré-campanhas eleitorais. Essa gente não está minimamente interessada em divulgar conhecimento, pois é raríssimo atualizarem dados após as campanhas e regra geral os textos são copy/paste de material propagandístico. Sendo a Wikipédia um meio com uma audiência como poucos e porque o facto de um artigo por aqui ser um meio super-eficaz de colocar títulos no topo do Google, ainda por cima com a vantagem de ser duplamente grátis, pois nem é preciso pagar ao Google nem é preciso pagar a um exército de gente a encher sites de links para aumentar o score "natural" de indexação do Google, continuarmos a não ter medidas de exceção é equivalente a ter um servidor de email sem anti-spam, coisa impensável há pelo menos uns 10 anos. --Stegop (discussão) 01h15min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
Por norma, sou contra a proibição de edição a IPs, mas este é um caso especial, fora do vulgar. Por esse motivo, concordo com a protecção parcial até ao fim do período eleitoral. --João Carvalho deixar mensagem 10h46min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
Proibir a edição de IPs e permitir somente usuários registrados editar os artigos. Nossa, parece interessante. Mas há alguma prova de que os usuários registrados sabem editar os artifos de política e vão deixá-los imparciais ou melhorar os artigos? Peguem usuários como o Chronos, que entupiu o artigo da Rachel Sherazade de críticas mas não faz o mesmo com nenhum artigo de "socialistas". O que acontece bastante por aqui: esquerdistas enchem artigos de "capitalistas de direita" de críticas e não fazem o mesmo pros integrantes do "time" pelo qual eles "torcem". Nessa base de pensamento, a situação é capaz de piorar ao invés de melhorar. 201.58.145.158 (discussão) 10h51min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
O argumento é ruim, pois ainda que não haja "provas" de usuários registrados "sabem" editar os artigos, é muito mais fácil lidar com estes do que com IPs. Por outro lado, se é fácil citar um ou outro caso de registrados (até por que eles se expõem ao fazer este tipo de edição), há milhares de edições viesadas de IPs. Assim, ainda que com algum risco de alguma injustiça pontual, a situação geral melhora. Aliás, convido você a se registrar... José Luiz disc 11h05min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
Sr.José Luiz, a questão aqui é muito mais profunda do que impedir X ou Y de editar. Analisando 10 anos de Wikipédia, os artigos de política são fraquíssimos e tendenciosos, mesmo com todo esse tempo pra editarem. Editores, sendo registrados ou não, basicamente entram nos artigos ou pra criticar quem eles não gostam, ou pra obter pontinhos pra virar administrador revertendo edições de supostos vândalos. Tem muito pouco artigo sobre política na Wikipédia em português com um nível minimamente aceitável. Querem bloquear IPs parciais de editar esses artigos? Legal, mas e depois? Vão fazer mutirão de revisão em artigos altamente vandalizados por revisionistas históricos e militantes loucos? Bloquear os artigos e deixar eles lá, "estragados", não dá muita credibilidade à ação. Deixar estes artigos na mão de usuários registrados porém mal-intencionados, menos ainda. Você diz que é fácil de controlar os usuários registrados, o que não diz é que esse controle nunca é feito. Procure fuçar históricos de certos usuários registrados que gostam muito de colocar críticas apenas em páginas de "direita" mas que não fazem o mesmo nas páginas de "esquerda" e sequer desenvolvem os artigos de forma decente, não tem diferença nenhuma entre um IP e um usuário registrado nesse caso pois ambos fazem a mesma coisa. 201.5.234.119 (discussão) 11h17min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
A proibição seria para políticos, jornalistas e associados - brasileiros vivos - não incluindo nenhuma outra área e somente até o fim da eleição. DARIO SEVERI (discussão) 11h37min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
Isso. Além disso, o desconforto que tem, caro IP, é inerente ao processo wiki: tudo aqui tem baixa qualidade e precisa ser revisto, não só os artigos sobre política. O que se propõe aqui é uma proibição temporária justamente reconhecendo a nossa incapacidade de realizar a revisão que propõe ou mesmo de vigiar os artigos adequadamente com os poucos interessados. Mal menor... Enfim, já opinei. José Luiz disc 14h31min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
  Concordo com a proposta do MC e por mim, começamos agora! Alex Pereirafalaê 12h33min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
@Érico Júnior Wouters, Albmont, DARIO SEVERI e João Carvalho: poderiam pelo menos explicar porque é que não querem utilizar a validação de páginas em vez da proteção? Pela política de uso da extensão Flagged Revisions, ela parece ser adequada uma vez que tratam-se de "páginas temporariamente muito visadas, como artigos em destaque, eventos recentes e temas de Doodles." Helder 13h11min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
Eu não gosto das flagged revisions muito mais por causa da interface, muito pouco prática e menos pelo conceito. Se fosse "simples" aceitar a revisão (via popups por ex.) eu usaria muito mais. Fora que eu detesto aquele banner que ela coloca nas minhas vigiadas.... Mas parece ser uma opinião pessoal minha. José Luiz disc 14h31min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
A sugestão do Helder também é uma opção que pode ser utilizada, eu tenho preferencia pela citada pelo MCarioca pelo receio da quantidade de validações de páginas que vão ficar em suspenso até serem validadas, mas nada contra a proposta do Helder. DARIO SEVERI (discussão) 14h45min de 12 de agosto de 2014 (UTC)
  Concordo somente para os políticos que forem candidatos, e artigos do tipo "Eleições de ... em 2014". Aliás, já tinha sido consenso em Wikipédia:Esplanada/geral/Mais uma para o período eleitoral... (28jul2014). Prefiro proteger logo, mas validação de páginas também pode ser uma solução. Assim como o DARIO, não sei se é viável colocar tantos artigos assim em validação ao mesmo tempo. Matheus diga✍ 01h25min de 14 de agosto de 2014 (UTC)

Nao acho necessario em todos. Concordo em usar protecao apenas quando houver edicoes parciais. IP tambem insere boa informacao e em epoca de eleicao eh uma oportunidade de inserir conteudo imparcial, corrigir edicoes tendenciosas. IP tambem faz isso. Validacao de paginas nao deve ser usada nesses casos, pois nenhuma delas se encaixa nos criterios, alem de serem muitas paginas, provavelmente mais do que o suportado.—Teles«fale comigo» 02h05min de 14 de agosto de 2014 (UTC)

  Concordo com a proposta inicial. Já não somos muitos e temos a dor de cabeça de ficar horas a fio esperando o vandalismo e inserção de opinião própria, propaganda política e proselitismo, edições tendenciosas e que pouco dizem respeito a uma enciclopédia de conteúdo parcial para revertermos. Agora imaginem isso em época de eleições! Concordo em proteger tudo quanto é artigo de políticos, candidatos políticos, não candidatos, jornalistas políticos, juízes e relacionados de edições de IPs até o dia 16 de novembro. Pelo menos assim teremos uma paz a mais. --Zoldyick (Discussão) 16h50min de 20 de agosto de 2014 (UTC)

Pergunta: Acho que até agora ninguém pensou nisso mais, quem é que vai proteger todos os milhares de artigos em questão??? Vão ter de chamar a atenção dos administradores por que alguém fazer isso sozinho é loucura! Como vão fazer para distribuir a tarefa de tão poucos sysops protegerem tantas páginas?? --Zoldyick (Discussão) 16h53min de 20 de agosto de 2014 (UTC)

@Zoldyick: no que diz respeito a parte técnica, só é preciso fornecer a lista de páginas a ser protegida e executar um comando com o "protect.py" do Pywikibot. Helder

  Opinião Bom...tal como o MachoCarioca, desagrada-me limitar a participação de IP's, mas tenho de concordar com a proposta, de uma forma geral. Isto porque ainda estamos em Agosto e observo que as edições (IP's e contas registadas, juntos) parciais e destrutivas estão a crescer. Nas listas que patrulhei/analisei

Artigo -> Eleições gerais no Brasil em 2014

Mudanças relacionadas a patrulhar-> Alterações relacionadas com "Eleições gerais no Brasil em 2014" (  Notar que esta lista abrange edições/artigos não relacionados com as eleições)

Artigo -> Anexo:Lista de jornalistas do Brasil

Mudanças relacionadas a patrulhar-> Alterações relacionadas com "Anexo:Lista de jornalistas do Brasil" (  Notar que esta lista abrange edições/artigos não relacionados com as eleições)

verifico que relativamente aos jornalistas, após a protecção de artigos mais concorridos, entrou na normalidade; mas na que abrange partidos, políticos e mais directamente relacionados, regista-se um crescendo de edições, proporcionalmente acompanhado de adições parciais/destrutivas/difamatórias.

  Concordo, mas não sei como querem definir, na prática, a abrangência da proposta. Na sequência do alerta do Zoldyick, talvez pudessem os patrulhadores identificar, caso a caso, artigos a proteger e assinalar no pedido de protecção que este é feito ao abrigo desta proposta. Por exemplo, acrescentando um link à mesma, ficando dessa forma o administrador responsável a saber que deve analisar um pedido que solicita a protecção até 16 de Novembro. Tegmen enviar msg 20h06min de 20 de agosto de 2014 (UTC)

  Concordo Só para dar uma forcinha; tenho visto a imprensa brasileira relatar diversos abusos. Eu apoio a iniciativa apesar do seu lado negativo que é limitar a edição construtiva de IPs nesses artigos. Acredito que ela será mais benéfica que o contrário e aproveito para saudar o proponente bem como vocês todos que continuam firmes e devotos no trabalho enciclopédico. Abraços ! Kim ®i©hard oi 23h16min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

ListaEditar

Meus caros, isso foi proposto aqui já há longos 12 dias atrás. Pelo visto, há um consenso para agirmos. Assim, creio que que está mais que na hora de começarmos a proteger estes artigos. Fica minha primeira pequena lista de verbetes a serem protegidos (quem faz isso ou como ,não sei, creio q qualquer adm, eu é q não posso):

Já é um bom começo, pra ontem. Sds MachoCarioca oi 23h19min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Fiz, mas sugiro que revise os artigos. Alguns, principalmente os dos colunistas, estão uma mer... Sei lá se não protegia a "versão errada".... José Luiz disc 01h19min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

OK, depois vou dar uma olhada em alguns deles. Vou ver se levanto governadores pra vc proteger tbem, ao menos os mais conhecidos, mas de cabeça, já podemos proteger Geraldo Alckmin   Já estava, Anthony Garotinho   Já estava, Beto Richa   Já estava, Paulo Skaf   Já estava, Alexandre Padilha   Já estava, Luiz Fernando Pezão   Já estava, Lindberg Farias   Já estava, Pimenta da Veiga   Já estava, Clésio Andrade   Já estava, Gleisi Hoffman   Já estava, Fernando Pimentel   Já estava, Tarcísio Delgado   Já estava, José Roberto Arruda   Feito, Agnelo Queiroz   Feito, Tarso Genro   Já estava, Iris Rezende   Feito, Marconi Perillo   Já estava e urna eletrônica   Feito. MachoCarioca oi 01h29min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

Marcelo Crivela   Já estava, Lídice da Mata   Feito, Paulo Souto   Feito, Rui Costa   Feito, Roberto Requião   Feito. MachoCarioca oi 01h38min de 22 de agosto de 2014 (UTC)
Boa. Vê se arruma um tempo pra voltar, MC... Não vou ler esses artigos, pois eu detesto o tema.... José Luiz disc 02h23min de 22 de agosto de 2014 (UTC)
No momento é isso. À medida que ver outros verbetes diretamente ligados às eleições ou de assuntos correlatos que mereçam proteção, vou colocando aqui, é só bater olho de vez quando. Outros editores q tbém notarem verbetes ligados às eleições com vandalismos ou edições estranhas solicito que vão listando aqui (ou lá em Pedidos de Proteção, no mesmo pedido feito por mim na seção) e o Zé o Lord Mota - e demais adms, ajudem os dois - vão protegendo, são muitos mais. MachoCarioca oi 02h28min de 22 de agosto de 2014 (UTC)
[conflito de edição] Macho; durante esta discussão, o Érico e eu já havíamos protegido vários artigos dos principais candidatos a senador e governador, mas ainda faltaram muitos... Lord MotaFala 02h32min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

Notar que o José Luiz está a aplicar protecções, não até 16 de Novembro, mas por tempo indefinido. Tegmen enviar msg 02h37min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

Sem dúvida. Depois disso, podemos desfazer, no doubt. José Luiz disc 02h40min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

Favor proteger: todos os juizes do STF: Dias Toffoli Presidente do TSE, extremamente visado por extremistas de direita e esquerda, Joaquim Barbosa, Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Luiz Fux, Teori Zavascki, Luís Roberto Barroso, e todos os partidos politicos: Partido Comunista Brasileiro, Partido Trabalhista Nacional, Partido Trabalhista Brasileiro, Partido Socialista Brasileiro, Partido Comunista do Brasil, Partido do Movimento Democrático Brasileiro, Partido Democrático Trabalhista, Partido dos Trabalhadores, Partido da Mobilização Nacional, Democratas, Partido Social Cristão, Partido Trabalhista Cristão, Partido Verde, Partido da Social Democracia Brasileira, Partido Trabalhista do Brasil, Partido Republicano Progressista , Partido Popular Socialista, Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado, Partido Social Liberal, Partido Renovador Trabalhista Brasileiro, Partido Social Democrata Cristão, Partido Humanista da Solidariedade, Partido Progressista, Partido da Causa Operária , Partido Republicano Brasileiro, Partido Socialismo e Liberdade , Partido da República, Partido Pátria Livre, Partido Republicano da Ordem Social, Partido Social Democrático, Partido Ecológico Nacional e Solidariedade.   Feito por Lord Mota e Érico.MachoCarioca oi 23h19min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

As principais revistas de informação do pais: IstoÉ, Veja, Época e Carta Capital. E mais Serpro, Datafolha e IBOPE. Jornalistas Ali Kamel, Otávio Frias Filho, Cristiana Lôbo, Luiz Carlos Azenha, Diogo Mainardi, o banqueiro Daniel Dantas e os deputados Protógenes Queiroz, Jair Bolsonaro, Cidinha Campos, Tiririca e a propria pagina do TSE. MachoCarioca oi 03h02min de 22 de agosto de 2014 (UTC)   Feito por DARIO SEVERI MachoCarioca oi 23h19min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

PS Zé, qdo proteger use a mesma justificativa do Lord Mota, é mais exata.

 ::Mais dois candidatos à Presidencia da República: Levy Fidélix e José Maria Eymael, e o jornalista Kennedy Alencar. MachoCarioca oi 18h12min de 22 de agosto de 2014 (UTC)
  • Pessoal, estão gerando trabalho desnecessário pro futuro ao colocar o tempo infinito. Na determinação do tempo, basta selecionar "outra duração" e no campo abaixo digitar "16 november 2014" e será protegido até a data estipulada aqui. Abraço.—Teles«fale comigo» 01h57min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

@Teles:, é que alguns editores levantaram a possibilidade de ter uma segunda votação no dia 29 de novembro. Eu coloquei dia 22 porque inicialmente pensei que esta votação fosse uma semana depois do dia 15. DARIO SEVERI (discussão) 02h04min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

@DARIO SEVERI: Se tiver uma mudança por votação, então altera a proteção após o resultado. Se não teve votação ainda, por que proteger agora? Esta discussão decidiu por proteger algumas páginas até o dia 16 de novembro. Nada além disso está decidido. Se proteger em infinito, obrigatoriamente terá que alterar a proteção. Se proteger até 16 de novembro, existe a possibilidade de não ter que alterar outra vez.—Teles«fale comigo» 02h10min de 23 de agosto de 2014 (UTC)
Exatamente. Mas não seria ruim para mim se alguns deles ficassem semi-protegidos pra sempre.... José Luiz disc 02h12min de 23 de agosto de 2014 (UTC)
  Feito Mudei a proteção para 16 de novembro de 2014 conforme combinado na discussão. DARIO SEVERI (discussão) 10h41min de 24 de agosto de 2014 (UTC)
  Concordo com o que o Zé disse acima: não faria mal algum alguns desses artigos ficassem semi-protegidos pra sempre... --Zoldyick (Discussão) 22h18min de 28 de agosto de 2014 (UTC)

  Concordo com a proposta, e com o que o Zé disse acima... RafaAzevedo msg 04h43min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

proteção em cascata durante o período eleitoralEditar

Estava eu pensado com o meus botões: Por que não criamos uma lista, no domínio anexo, com todos todas as paginas que possam se alvo de manipulação politica. (e.g. Miriam Leitão, Partido dos Trabalhadores, Delcídio do Amaral, etc) Assim poderemos utilizar a proteção em cascata durante períodos eleitorais somente nesta pagina e qualquer editor sem os privilégios de administrador poderá proteger estas paginas sensíveis. A questão é: A proteção em cascata poderia ser usada desta forma? É uma ideia valida? Que tal anexo:artigos politicamente sensiveis? Algum Burocratas sabe programar uma MediaWiki, com uma lista de artigos politicamente sensíveis, que será automaticamente protegida a cada 2 anos? --Econt (discussão) 18h24min de 30 de agosto de 2014 (UTC)

A ideia parece boa e acho que é factível. Poderíamos inclusive colocar numa categoria de manutenção para que o anexo não seja visível. José Luiz disc 18h37min de 30 de agosto de 2014 (UTC)


Artigos marcados como VDA ou com Suspeitos de VDA

Proponho que se invertam os prazos para eliminação de artigos cujo conteúdo foi marcado como VDA ou como suspeito de VDA, passando os artigos cujo conteúdo foi marcado como VDA a serem eliminados após 15 dias, se conteúdo livre não for adicionado a eles, e os artigos cujo conteúdo é suspeito de VDA seriam eliminados em 30 dias. Não faz sentido o prazo de eliminação para artigos cujo conteúdo constitui VDA ser mais longo do que o prazo para eliminação de artigos cujo conteúdo é suspeito de constituir VDA--Leon saudanha 16h00min de 18 de agosto de 2014 (UTC)

@Leon saudanha: penso que há uma confusão aí. As páginas com suspeita de VDA devem ser eliminadas após 15 dias de fato, conforme foi decidido nessa votação. Por outro lado, as páginas sem histórico que sejam flagrantes casos de VDA devem ser removidas imediatamente pela regra ER #13, de acordo com essa votação. Ambas são votações históricas que estão devidamente citadas nas instruções de eliminação por problemas de direitos autorais. A confusão surgiu quanto, em algum momento da história, a predefinição {{VDA}} foi criada com esse prazo esdrúxulo de 30 dias (não sei se decidido por votação ou não) e ela passou a ser utilizada até hoje. Penso que a solução agora seja depreciar {{VDA}} ou simplesmente corrigir o prazo da predefinição, considerando a votação que permite a eliminação desse tipo de conteúdo por ER. --Diego Queiroz (discussão) 06h00min de 9 de setembro de 2014 (UTC)
Concordo com você Diego Queiroz 30 dias para se eliminar uma página que constitua VDA evidente é um prazo absurdo,levando-se em conta a possibilidade do criador do artigo remover a marcação,o que torna o prazo ainda mais longo,além da possibilidade do o autor do documento cujos direitos autorais foram violados acabar encontrando a página ainda por aqui e processar a wikipédia.--Leon saudanha 15h26min de 9 de setembro de 2014 (UTC)
Só fico em dúvida se esse prazo longo não teria algo a ver com a necessidade de dar um prazo hábil para avaliação de um eventual pedido pelo OTRS. --Diego Queiroz (discussão) 15h38min de 9 de setembro de 2014 (UTC)
Bem Diego Queiroz na wikipédia anglófona,tais artigos se encaixam na regra,devido à importância do assunto,peço que os administradores se manifestem Alchimista,Alexanderps,Alexg,Belanidia,Biologo32,Castelobranco,Daimore,Dédi's,Eamaral,Eric Duff,Érico Júnior Wouters,EuTuga,Fabiano Tatsch,Francisco Leandro,FSogumo,Gean,HVL,Helder.wiki,Hermógenes Teixeira Pinto Filho,Jo Lorib,Jbribeiro1,João Carvalho,Lechatjaune,Lijealso,Lord Mota,Matheus Faria,MelM,Opraco,OTAVIO1981,Rjclaudio,Ruy Pugliesi,Sturm,Teles,ThiagoRuiz,Willy Weazley,Waldir peço que se manifestem e digam se apoiam ou não a redução do prazo de eliminação de artigos marcados com a predefinição {{VDA}} de 30 dias para ER ou a depreciação dela,substituindo-a por outra que estabeleça um prazo de eliminação mais curto.--Leon saudanha 15h26min de 9 de setembro de 2014 (UTC)
Lembro apenas que não são os administradores que decidem ou dão aval a tais alterações, mas sim toda a comunidade. Embora a participação deles seja importante em qualquer discussão (pois são usuários experientes cuja atribuição foi concedida pela comunidade), ela não deve ser considerada de maior ou menor importância. --Diego Queiroz (discussão) 16h32min de 9 de setembro de 2014 (UTC)
Bem Diego Queiroz pedi a opinião deles por que dos demais usuários apenas você parece ter considerado a proposta importante--Leon saudanha 17h33min de 9 de setembro de 2014 (UTC)
Peço que não voltes a fazer isso, Leon, isso é praticamente a definição de spam (correio não solicitado) -- e ainda por cima sem justificação, pelas razões que o Diego apontou acima. De qualquer forma, aproveitando que já estou a escrever, concordo com o que o Diego disse em relação à proposta. --Waldir msg 23h14min de 9 de setembro de 2014 (UTC)

VDA declarado (copy e past) deve ser eliminado por ER. Parece-me que isso será consensual. VDA suspeito deve levar uma tag de suspeição mas não deve ser eliminado a não ser que se prove mesmo ser VDA (assumir a boa fé). Na minha opinião "suspeito" não é suficiente para eliminar e a tag de "suspeito de VDA" deve ser retirada ao fim de um certo tempo, mantendo-se o artigo. --João Carvalho deixar mensagem 19h02min de 9 de setembro de 2014 (UTC)

  • Acredito que o prazo foi estimado para ser aplicado a um conteúdo evidentemente enciclopédico ou que existe a possibilidade do autor permitir o uso. Por acaso está havendo mau uso ou remoção indevida de tais marcações? Se não há evidências disso, o sistema está funcionando normalmente, por mais que pareça estranho à primeira vista o prazo utilizado.OTAVIO1981 (discussão) 19h57min de 9 de setembro de 2014 (UTC)
  • Não acho que seja spam, e fico agradecido ao Leon por ter me chamado, pois não tinha visto essa discussão ainda. Ainda não tenho opinião, mas vou tentar acompanhar e pensar melhor até chegar numa conclusão. Matheus diga✍ 01h04min de 10 de setembro de 2014 (UTC)

Eu já tinha comentado sobre esse tempo aqui. O prazo é necessário para que o texto seja corrigido ou a autorização de uso seja enviada via OTRS. Ainda assim, acho que 30 dias é muito tempo e podemos usar apenas 15 sem prejuízo.—Teles«fale comigo» 23h49min de 25 de setembro de 2014 (UTC)

PropostaEditar

Para resumir a discussão acima, vou compilar uma proposta para apreciação da comunidade:

O que acham? A princípio, não houve grandes mudanças, apenas organizei o procedimento e defini os prazos que antes haviam sido estabelecidos de forma arbitrária. --Diego Queiroz (discussão) 01h50min de 10 de setembro de 2014 (UTC)

  Concordo Com a proposta do Diego Queiroz,e Waldir não acho que convidar usuários para opinar nesse tipo de discussão seja Spam,isso só seria verdade se eu estivesse candidato a algum estatuto--Leon saudanha 12h59min de 10 de setembro de 2014 (UTC)

Podes chamar por outro nome se quiseres, mas inquestionavelmente foi correio não solicitado e portanto algo a evitar, a meu ver -- caso contrário seria legítimo solicitar a participação dos admins (ou outro grupo de editores) em qualquer uma das dezenas de discussões que ocorrem no projeto. O facto de que não é hábito fazer-se isso sugere que a comunidade entende que tal não seria desejável. --Waldir msg 17h15min de 10 de setembro de 2014 (UTC)

  Concordo com a proposta --João Carvalho deixar mensagem 15h44min de 10 de setembro de 2014 (UTC)

  Concordo com a redução do prazo para VDA, mas   Discordo da ampliação do prazo para suspeita. Ambos devem ficar nos 15 dias. Yanguas diz!-fiz 15h32min de 12 de setembro de 2014 (UTC)

ComentáriosEditar

Dúvida: Em "A predefinição {Suspeito} deve ser utilizada para marcar artigos sem histórico relevante onde haja alguma suspeita de VDA. Nesse caso, o motivo da suspeita DEVE ser apresentado na página de discussão do artigo e, se não esclarecido no prazo de 15 dias, o artigo pode ser eliminado" . Eliminar porque há uma suspeita ? Se eu começar a marcar os artigos sem histórico relevante como suspeitos de VDA, vão ser todos eliminados ? "Não há crime até se provar a culpabilidade". Parece-me que estamos a inverter as coisas.--João Carvalho deixar mensagem 13h14min de 10 de setembro de 2014 (UTC)
Tudo o resto, tem o meu apoio completo. --João Carvalho deixar mensagem 13h14min de 10 de setembro de 2014 (UTC)
@João Carvalho: Note que essa proposta não sugere alterações no uso da tag {Suspeito} (apenas repete o que já anda sendo feito), portanto, ela já estava sendo utilizada dessa forma e não acho que isso ande causando problemas. No mais, penso que sempre cabe ao eliminador verificar se o motivo da suspeita é cabível e decidir a melhor ação a ser tomada (talvez remarcando para EC). --Diego Queiroz (discussão) 15h26min de 10 de setembro de 2014 (UTC)
OK Diego Queiroz. Se por qualquer motivo começar a haver problemas, volta-se a falar no assunto. Abraço --João Carvalho deixar mensagem 15h44min de 10 de setembro de 2014 (UTC)
  • Também concordo com a proposta de reduzir o tempo para a eliminação de um VDA. BelanidiaMsg 19h21min de 10 de setembro de 2014 (UTC)
  • Concordo e endosso a proposta para redução do tempo para eliminação de artigo que VDA. --- HTPF discussão 20h13min de 11 de setembro de 2014 (UTC)

Pra mim a proposta não deixa claro como diferenciar os casos flagrantes de VDA que podem ou não vir a receber autorização via OTRS, pra definir entre ER13 e VDA. Hoje, uso ER13 se a página, além de ser flagrante VDA, tem poucas chances de ser aproveitada em um artigo (seja pelo assunto, seja pela forma do conteúdo). E reservo o VDA pros casos em que o texto seria um bom artigo se não fosse pelo problema de ser VDA. Sei que isso não vinha escrito em lugar nenhum.

Sobre a discussão quanto ao "suspeito", houve essa votação. Eu concordo que uma suspeita bem fundamentada pode justificar uma eliminação. Eamaral (discussão) 11h13min de 13 de setembro de 2014 (UTC)

Lista de títulos oficiais

Eu já estou cansado de reverter este tipo de parcialidade nos artigos. Cegas pelo fanatismo, algumas pessoas usam a Wikipédia como forma de oficializar coisas que não são reconhecidas pelas entidades promotoras dos eventos. Como finalmente resolver isso?

A minha idéia era a criação de uma página (ou recomendação etc.) contendo uma relação com todas as competições oficiais realizadas pelas entidades, amparadas por links que comprovassem a oficialidade. Eu comecei a fazer isso em minha página de rascunho.

Também abro a discussão se os títulos deveriam mesmo ser separados em oficiais e não-oficiais, ou agrupados todos juntos. Que acham? Robertogilnei (discussão) 13h04min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

  Discordo. É complicado. Como os títulos intercontinentais não foram padronizados até 2005, todas as equipes juram que têm algum título intercontinental, seja a Copa Intercontinental, a Copa Rio, ou outros torneios. Cada um deles se dizia intercontinental e até a cobertura na imprensa ou declarações de confederações podem corroborar isto. A própria FIFA fica no meio do caminho, reconhecendo a importância deles, mas não dando caráter de internacional (http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/2014/08/fifa-ve-titulo-de-51-do-verdao-como-de-nivel-mundial-mas-separa-campeoes.html). Dizem que até o fim deste mês a FIFA vai reconhecer numa solenidade todos os campeões mundiais antes de 2000, mas nada parece muito fiável vindo da organização do futebol, que continua sendo uma bagunça. Eu acho que manter o status quo, qual seja, chamar de intercontinentais e colocar que isto é um status em litígio já funciona. Beegeesfan (discussão) 16h19min de 20 de agosto de 2014 (UTC)
A questão é que esse termo "intercontinentais" é um complicador. Eu nunca concordei com a adoção disso aqui na Wikipédia. A divisão por localidade deveria ficar apenas em "internacionais", "nacionais", "estaduais" e "municipais". Essa história de intercontinental começou na briga Mundial de Clubes x Copa Intercontinental x Copa Rio. E o fato de ter essa categoria intercontinental vai gerar sempre discussão.
Mas o objetivo dessa proposta é levantar a discussão sobre o que fazer com esses artigos sobre títulos, que estão entre os mais problemáticos da Wikipédia? Tem gente que acha que esses artigos pertencem aos respectivos clubes e, pra não deixar o seu time do coração para trás, acabam inventando títulos ou aumentando eles. Veja o caso do Bangu. Editores parciais consideram honrarias acima de títulos conquistados dentro de campo e um torneio amistoso como sendo um "mundial". Por isso que eu propus criar uma lista contendo os títulos que as federações (FIFA, Conmebol, CBF etc.) consideram como oficiais. Qualquer título que não se enquadrasse nessa relação apareceria nos artigos como não-oficiais. Robertogilnei (discussão) 16h54min de 20 de agosto de 2014 (UTC)

Também concordo em separa os títulos em oficiais e outros que não valem muita coisa. Leo YV (discussão) 17h12min de 20 de agosto de 2014 (UTC)